Os segredos da Cadeira Barcelona de Mies van der Rohe e outras mobílias do arquiteto

Sofisticado, prático e funcional, são as palavras que definem o trabalho do arquiteto alemão Ludwing Mies van der Rohe. Foi professor da Bauhaus de 1930 a 1933 (renomada escola de arquitetura Alemã) e teve como referência em seus principais trabalhos o racionalismo e as formas geométricas.

Embora suas peças de mobiliário – dentre elas a famosa cadeira Barcelona Mies van der Rohe – se caracterizem por uma proposital simplicidade ao se tratar da matéria prima, são reconhecidas pela sofisticação e design cosmopolita.

Nesta postagem, você vai saber mais detalhes sobre a criação da icônica cadeira Barcelona por Mies van der Rohe, além de outros móveis projetados por esse ilustre pioneiro da arquitetura moderna.

Para conhecer mais da obra deste arquiteto e designer de mobiliário, leia também em nosso blog: Mies van der Rohe: vidro, aço e arquitetura

O estilo de Mies van der Rohe

 

A concepção de leveza, de linhas claras e de fluidez tornam Mies van der Rohe um dos arquitetos de referência na atualidade e inspiração para profissionais da área até hoje.

Em suas criações arquitetônicas, Mies van der Rohe gostava de aplicar antigas tecnologias artesanais alemãs, inspiradas na concepção medieval, em conjunto com o uso de materiais contemporâneos, como o aço e o vidro.

Em suas obras de estruturas puras sustentadas por pilares metálicos, planos verticais e horizontais em contraponto são sempre exploradas por ele. Frases como “menos é mais” e “Deus está nos detalhes” foram expressões marcantes de Mies van der Rohe, um dos arquitetos mais consagrados do século XX.

Menos, na concepção de Mies van der Rohe, não é sinônimo de pouco ou pobre, pelo contrário, significa mais conhecimento técnico, mais praticidade e funcionalidade em tudo o que se cria. Esse conceito permite, por exemplo, que o espaço externo seja uma extensão do interno, pois há menos estruturas e elementos impedindo essa integração.

O termo funcionalidade é outra característica marcante do arquiteto Mies van der Rohe e que o torna extremamente importante para a concepção da arquitetura moderna. Ao desenvolver o projeto de um edifício, ou mesmo ao criar uma cadeira ou mesa, o primeiro fator relevante para o artista é entender as pessoas que vão fazer parte do ambiente ou utilizar esses móveis.

Confira a vida e a obra de outro arquiteto que também se destacou pelo design de móveis: Frank Gehry, curvas que desconstroem a arquitetura

Móveis de Mies van der Rohe: estilo, elegância e praticidade

 

O móveis de Mies van der Rohe não se restringiram às suas famosas cadeiras. Este arquiteto também projetou mesas de centro e laterais, chaise longue, puffs e divãs, todos como variantes de suas cadeiras, sempre empregando couro e aço.

moveis-de-mies-van-der-rohe-mesas-de-centro

moveis de mies van der rohe: mesas de centro

moveis-de-mies-van-der-rohe-chaise-longs

moveis de mies van der rohe: chaise longue

moveis-de-mies-van-der-rohe-puffs

moveis de mies van der rohe: puffs

moveis-de-mies-van-der-rohe-diva

moveis de mies van der rohe: divã

O banco Capri, por exemplo, é outro destaque dos móveis de Mies van der Rohe, assim como as mesas que fazem parte linha Barcelona, feitas de aço inox e vidro sobreposto. O design é minimalista, clean e com formas geométricas valorizadas pela combinação do vidro com o metal.

moveis-de-mies-van-der-rohe-banco-capri

moveis de mies van der rohe: banco capri

Cadeiras de Mies van der Rohe

 

cadeiras-de-mies-van-der-rohe-cadeira-barcelona

cadeiras de mies van der rohe: cadeira barcelona

Além da cadeira Barcelona, muitas outras cadeiras de Mies van der Rohe ganharam notoriedade, como a Cadeira MR, que sem dúvida você já deve ter visto na forma de inúmeras imitações.

cadeiras-de-mies-van-der-rohe-cadeira-mr

cadeiras de mies van der rohe: cadeira mr

Essa cadeira de Mies van der Rohe é produzida com inox cromado e possui ângulos retos e curvas com estrutura tubular. Para garantir o conforto, o assento e o encosto são revestidos com materiais sintéticos. Existem as opções com ou sem braço de apoio.

A cadeira Brno, por sua vez, chama atenção pela contemporaneidade e expressa com firmeza as características dos projetos de Mies, como a praticidade e a elegância.

moveis-de-mies-van-der-rohe-cadeira-brno

moveis de mies van der rohe: cadeira brno

Construída em aço cromado, a estrutura da barra é achatada. Sem dúvida essa peça ou réplicas fazem parte da decoração de escritórios e salas de visita que prezam pelo estilo contemporâneo e minimalista.

Outra característica de Mies van der Rohe são as inúmeras formas com que modula o aço em suas peças, com acabamento limpo e impecável. A cadeira Brno foi produzida especialmente para integrar a casa Tugendhat, por volta de 1930, em Brno, na República Tcheca.

A Cadeira Barcelona de Mies van der Rohe

 

cadeira-barcelona-de-mies-van-der-rohe

cadeira barcelona de mies van der rohe

A cadeira Barcelona de Mies van der Rohe foi desenvolvida com exclusividade, em 1929, ao apresentar o seu projeto para o pavilhão alemão na Exposição Universal de Barcelona.

Mies van der Rohe não só projetou o Pavilhão Alemão, como também a mobília do espaço. Mais tarde, por conta do enorme sucesso da poltrona, surgiu a Coleção Barcelona, agora com puff, poltrona, mesa e couch.

colecao-barcelona-de-mies-van-der-rohe

colecao barcelona de mies van der rohe

A inspiração para a criação da cadeira Barcelona de Mies van der Rohe foi idealizar uma poltrona que remetesse ao conforto da realeza, tendo como das principais características a elegância monumental, algo que marcasse presença e importância, mas levando em consideração o extremo conforto e, é claro, a simplicidade da solução.

O conforto das cadeiras de Mies van der Rohe se deve ao fato do aço ser flexíveis ao peso do ocupante, ajustando-se e moldando-se ao corpo de quem ali estiver sentado.

O acabamento da cadeira Barcelona de Mies van der Rohe pode ser encontrado na versão de couro ecológico ou natural, com a opção de variadas cores, como: preto, marrom, bege, branco, azul, vermelho, entre outras.

Sempre prezando pela excelência em cada detalhe, pela beleza das formas e pela precisão das proporções, Mies van der Rohe conjugava tudo isso com o uso de materiais modernos, para conseguir um efeito único de simplicidade que transmite extrema elegância e imponência.

O resultado de sua equação criativa, onde o menos é sempre mais, foi uma das cadeiras mais imitadas do mundo e, com certeza, também uma das mais belas e confortáveis em que você já se sentou.

Se você quer conhecer detalhes das obras de outros arquitetos, não deixe de ler em nosso blog: