Carlos Motta: o designer que usa a madeira sem agredir a natureza

Alguns designers focam na funcionalidade quando criam móveis e objetos. Já outros dão atenção especial à estética.

No caso do designer Carlos Motta, o foco principal é enaltecer a natureza e trazer reflexões sobre o uso de um dos seus elementos mais preciosos: a madeira.

É a partir dela que ele criou peças que ficaram conhecidas no Brasil e no mundo, como a cadeira São Paulo. Além de encantar com suas linhas simples e funcionais, o designer também se destaca por valorizar a sustentabilidade e a responsabilidade social.

Ficou curioso para saber mais sobre ele? Neste artigo, vamos contar a história de Carlos Motta e mostrar seus principais projetos. Boa leitura!

Gosta de design de móveis e objetos? Aproveite para conferir também:

Biografia de Carlos Motta

 

Carlos Motta

Carlos Motta

Carlos Motta nasceu em 1953 na cidade de São Paulo. Ele sempre gostou de estar próximo da natureza e do mar, apreciando os elementos naturais e praticando o surf.

Em 1976, ele se formou em arquitetura em Mogi das Cruzes e, no mesmo ano, viajou para Califórnia (EUA).

Lá o designer se encantou pela forma como os americanos trabalhavam com a madeira e conseguiam comercializar seus produtos. Foi então que ele decidiu iniciar seus estudos sobre o material e fazer um curso técnico de marcenaria.

Ao retornar ao Brasil, em 1978, ele abriu o seu atelier e passou a projetar e executar móveis e objetos. Diante do sucesso de suas peças, em 1985 Carlos Motta inaugurou a sua própria fábrica de cadeiras, expandindo seu negócio e consolidando de vez sua marca no mercado.

Também quer abrir seu próprio escritório? Receba nosso material e descubra os 6 pontos que podem mudar sua carreira:

6ps

O reconhecimento de Carlos Motta veio por meio de vários prêmios. Alguns deles:

  • Prêmio do Museu da Casa Brasileira
  • Concurso Nacional de Desenho Industrial FIESP (Premio Aloísio Magalhães)
  • Prêmio Planeta Casa
  • Prêmio Hors Concours Museu da Casa Brasileira

A estética brasileira e a preocupação do design com a sustentabilidade chamou a atenção do mundo, levando seu trabalho para exposições em vários países. Hoje, suas peças são distribuídas no Brasil, EUA e Europa.

Exposições internacionais do designer Carlos Motta

 

  • Atelier Carlos Motta: 40 anos – Espasso Inc, NY – Setembro de 2015
  • Brazilian Design: Modern & Contemporary Furniture – Londres 2014
  • Em Louvor da Diversidade: Bancos do Brasil – Amsterdã
  • Brazilian Design – Modern & Contemporary Furniture – Berlim 2012
  • Galerie Mandalian Paillard, Paris – Maio 2007
  • Bijenkorf – Amsterdan, Março 2007

Além de mobiliário e objetos de decoração, o designer também faz projetos comerciais e residenciais. Entre 2001 e 2004, ele teve uma breve passagem pelas salas de aula como professor do curso de Desenho Industrial da FAAP, em São Paulo.

E já que estamos falando sobre mobiliário brasileiro, aproveite também para inspirar-se com as obras dos irmãos Campana, cheias de brasilidade e sem clichês.

Características dos projetos de Carlos Motta

 

Ele usa diversos materiais em seus projetos, como o ferro, a pedra e o vidro, mas o principal é a madeira.

O que me interessa mesmo na madeira é a vida, a textura, o cheiro. O convívio com ela é uma coisa muito agradável.

– Carlos Motta

Seu trabalho é muito intuitivo e, ao mesmo tempo, coerente. Existe muita preocupação com a ergonomia das peças e com a origem do material para que haja o menor impacto possível na natureza.

A produção das peças é feita com madeira de redescobrimento – árvores caídas, madeira de demolição ou encontradas no mar e em rios, além de madeiras certificadas pelo F.S.C (Forest Stewardship Council).

Quando falamos sobre suas influências, uma das principais é a cultura Caiçara e todas as suas construções (remos, barcos e casas).

O designer tem um profundo respeito pela natureza e exalta o fato de que a madeira é um material renovável.

Claro que, para isso, deve existir a conscientização das pessoas, e é por isso que ele sempre faz questão de destacar a importância da arquitetura sustentável e da responsabilidade social.

A natureza é generosa e muito nos tem oferecido. Mas nosso planeta está cansado, exaurido. Temos a obrigação de reconsiderar o que é importante e vital para o homem. É necessário propor um design objetivo, básico. Desvincular a felicidade do bem material

– Carlos Motta

Suas poltronas e cadeiras são famosas e objeto de desejo de muitas pessoas. Além de toda funcionalidade e estética, os objetos também representam a valorização da identidade brasileira.

Carlos Motta: poltronas

 

  • Poltrona Tim
Carlos Motta poltrona tim

Carlos Motta: Poltrona Tim

  • Poltrona Saquarema
Carlos Motta poltrona saquarema

Carlos Motta: Poltrona Saquarema

  • Poltrona Parati
Carlos Motta poltrona parati

Carlos Motta: Poltrona Parati

  • Poltrona Java
Carlos Motta poltrona Java

Carlos Motta: Poltrona Java

  • Poltrona Braz
Carlos Motta Poltrona Braz

Carlos Motta: Poltrona Braz

  • Poltrona Astúrias
Carlos Motta Poltrona Astúrias

Carlos Motta: Poltrona Astúrias

Carlos Motta: cadeiras

 

Cadeira São Paulo

 

A cadeira São Paulo é uma das peças mais famosas de Carlos Motta. O nome é em homenagem a sua terra natal.

Carlos Motta Cadeira São Paulo

Carlos Motta: Cadeira São Paulo

Seu conceito é bem simples: um banquinho com um encosto espetado no assento. Com uma técnica construtiva muito característica, ela acabou se tornando uma referência do design brasileiro e ganhou vários prêmios.

Cadeira Rio

 

Outro destaque é a cadeira Rio. De linhas básicas, ela tem uma aparência arejada, forte e duradoura. Seu encosto e assento tem duas versões: de madeira e de acrílico.

Carlos Motta Cadeira Rio

Carlos Motta: Cadeira Rio

Carlos Motta Cadeira Rio de Acrílico

Carlos Motta: Cadeira Rio versão acrílico

Cadeira Maresias

 

A cadeira Maresias recebeu esse nome em homenagem à praia de mesmo nome, localizada no litoral Paulista.

Sua linha de peças foi pensada tanto para o uso externo como interno. No primeiro caso, o assento e o encosto são feitos de percintas especiais. Já para as áreas internas são usados os tradicionais trançados de couro.

Carlos Motta Cadeira Maresias

Carlos Motta: Cadeira Maresias

Cadeira Estrela

 

A principal característica da Cadeira Estrela é o conforto do seu assento e a flexibilidade do encosto, feito de réguas de madeira de Amendoim. Seu nome é devido ao pequeno detalhe presente no topo da peça.

Carlos Motta Cadeira Estrela

Carlos Motta: Cadeira Estrela

Carlos Motta: projetos institucionais

 

  • Sofá redondo da recepção da Pinacoteca de São Paulo
Carlos Motta: Sofá redondo da recepção da Pinacoteca de São Paulo

Carlos Motta: Sofá Redondo da Recepção da Pinacoteca de São Paulo

  • Mesas e bancos da Briquedoteca do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e a Criança com Câncer)
Carlos Motta Briquedoteca do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e a Criança com Cancer)

Carlos Motta: Mesas e bancos da Briquedoteca do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e a Criança com Câncer)

  • Bancos da Basílica de Nossa Senhora Aparecida
Carlos Motta Bancos da Basílica de Nossa Senhora de Aparecida

Carlos Motta: Bancos da Basílica de Nossa Senhora Aparecida

  • Banco em “S” no Sesc Tatuapé
Carlos Motta Banco em S no Sesc Tatuapé

Carlos Motta: Banco em “S” no Sesc Tatuapé

Carlos Motta: projetos residenciais

 

  • Residência Gonçalves
Carlos Motta Residência Gonçalves

Carlos Motta: Residência Gonçalves

  • Residência São Manoel
Carlos Motta Residência São Manoel

Carlos Motta: Residência São Manoel

  • Residência Beira Rio
Carlos Motta Residência Beira Rio

Carlos Motta: Residência Beira Rio

  • Residência Barra do Sahy
Carlos Motta Residência Barra do Sahy

Carlos Motta: Residência Barra do Sahy

  • Apartamento em São Paulo
Carlos Motta Apartamento em São Paulo

Carlos Motta: Apartamento em São Paulo

Assim como Carlos Motta, você também gosta de utilizar a madeira em seus projetos? Então aproveite para conferir nossas dicas: