Gustavo Penna: o arquiteto brasileiro que criou o melhor projeto comercial do mundo

O arquiteto mineiro Gustavo Penna é defensor da arquitetura em prol da solução de problemas e da utilidade pública.

Grande parte de seus projetos, construídos em sua maioria em Minas Gerais, são um retrato dessa filosofia de trabalho. Seu estilo é muito próximo à arquitetura moderna, mas algumas obras se destacam por detalhes mais contemporâneos.

Comandando o escritório Gustavo Penna Arquiteto e Associados há mais de 40 anos, ele já ganhou prêmios nacionais e internacionais, inclusive o de melhor projeto de arquitetura comercial do mundo.

Quer saber mais sobre a trajetória desse talento da arquitetura brasileira? Nesse artigo, você vai conferir a biografia de Gustavo Penna, as características de suas obras e principais projetos. Acompanhe!

Leia mais sobre arquitetura brasileira:

Gustavo Penna: biografia

 

Gustavo Penna

Gustavo Penna

Gustavo Penna nasceu em Belo Horizonte, no dia 17 de abril de 1950.

Desde pequeno, ele já começou a observar a importância da arquitetura na construção da memória e bem-estar das pessoas.

A casa onde ele passou sua infância, projetada pelo arquiteto Rafael Berti, marcou muito a sua história. Era um espaço muito amplo, cercado pela natureza.

Mas esse não foi o único lugar que encantou Gustavo Penna na infância. Seu avô tinha uma casa na Pampulha, região de Minas Gerais que, na época, ainda estava em expansão.

Observar o surgimento de novas obras também chamava a sua atenção.

Mas houve um episódio que despertou de vez a sua vontade de ser arquiteto: uma viagem à Brasília, quando ele tinha 12 anos.

Anos depois, em 1973, o mineiro se formou em arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais. No mesmo ano, o arquiteto abriu seu escritório, o Gustavo Penna Arquiteto & Associados.

Seu nome ganhou destaque pela primeira vez em 1979, na edição de lançamento da Revista Pampulha.

A publicação trazia uma seleção de projetos de arquitetos mineiros. Eles foram escolhidos por um grupo composto por profissionais que implantaram ideias pós-modernistas no Brasil.

Já em 1982, Gustavo Penna venceu o concurso para a Sede da Casa do Jornalista de Belo Horizonte. A obra chamou a atenção do poeta Carlos Drummond de Andrade, que chegou a escrever uma crônica para o Jornal do Brasil falando sobre ela.

A partir daí, seu trabalho passou a ganhar visibilidade em Minas Gerais e, posteriormente, no país todo.

Seus projetos já foram expostos em países como França, Itália, Sérvia e Argentina. O arquiteto também é membro do Conselho Curador da Fundação Oscar Niemeyer e da Fundação Dom Cabral.

Além disso, é sócio-fundador da Academia de Escolas de Arquitetura e Urbanismo de Língua Portuguesa (AEAULP).

Já são mais de 40 anos realizando projetos institucionais, culturais, urbanos, residenciais e comerciais.

Além de atuar em seu escritório, ele também deu aula na mesma faculdade onde se formou entre 1977 e 2009.

Gustavo Penna é um arquiteto brasileiro que conseguiu destaque internacional devido a sua criatividade e talento. Assim como ele, outros nomes da arquitetura nacional também tiveram esse reconhecimento. Saiba mais sobre eles:

Características de Gustavo Penna

 

Na época em que recebeu destaque na Revista Pampulha, seus projetos podiam ser comparados às megaestruturas do grupo inglês Archigram e dos Metabolistas Japoneses.

Com o tempo suas obras se afastaram um pouco desse estilo, mas uma característica permaneceu: o modo de projetar independente do meio arquitetônico local.

O uso de curvas também está presente em vários projetos do arquiteto. Uma de suas principais influências é o trabalho de Álvaro Siza.

Ao analisar toda a trajetória de Gustavo Penna, é possível afirmar que ele tem um desejo genuíno de contribuir com a história das pessoas por meio de suas obras e, ao mesmo tempo, deixar a sua marca registrada.

A construção é um ser vivo que respira, abre janelas e as pessoas passam por ela e ela vai ganhando a pátina do tempo, acumulando histórias, referências e simbologias

Se você fizer uma arquitetura e ela não for interpretada, incorporada e assumida como verdadeira, não adianta você ter feito a coisa mais bonita do mundo – ela deixou de ter validade

– Gustavo Penna

Prêmios recebidos por Gustavo Penna

 

O arquiteto Gustavo Penna já ganhou vários prêmios nacionais e internacionais. Entre os principais estão o Prix Versailles (2018), principal prêmio mundial de arquitetura comercial, e o World Architecture Festival Award (2014).

Veja abaixo os projetos vencedores:

  • Ateliê Wäls (Prix Versailles)
Gustavo Penna: Ateliê Wäls

Gustavo Penna: Ateliê Wäls

Gustavo Penna: Ateliê Wäls (interior)

Gustavo Penna: Ateliê Wäls (interior)

  • Monumento à Liberdade de Imprensa (World Architecture Festival)
Gustavo Penna: Monumento a Liberdade de Imprensa

Gustavo Penna: Monumento a Liberdade de Imprensa

Gustavo Penna: projetos

 

Durante os mais de 40 anos de profissão, Gustavo Penna realizou diversos projetos significativos em Minas Gerais, como o Expominas e a Sede da Rede Globo Minas.

Sem dúvida, seu trabalho contribuiu muito para o crescimento urbano e cultural do Estado. Veja alguns projetos:

  • Capela de Todos os Santos
Gustavo Penna: Capela de Todos os Santos

Gustavo Penna: Capela de Todos os Santos

  • Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas)
Gustavo Penna: Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas)

Gustavo Penna: Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas)

Gustavo Penna: Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas)

Gustavo Penna: Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas)

  • Edifício Renaissance
Gustavo Penna: Edifício Renaissance

Gustavo Penna: Edifício Renaissance

  • Escola Guignard
Gustavo Penna: Escola Guignard

Gustavo Penna: Escola Guignard

Gustavo Penna: Escola Guignard (vista aérea)

Gustavo Penna: Escola Guignard (vista aérea)

  • Fundação Zerrenner
Gustavo Penna: Fundação Zerrenner

Gustavo Penna: Fundação Zerrenner

  • Memorial da Imigração Japonesa no Brasil
Gustavo Penna: Memorial da Imigração Japonesa no Brasil

Gustavo Penna: Memorial da Imigração Japonesa no Brasil

  • Museu de Congonhas
Gustavo Penna: Museu de Congonhas

Gustavo Penna: Museu de Congonhas

  • Museu de Sant’ Ana
Gustavo Penna: Museu de Sant' Ana

Gustavo Penna: Museu de Sant’ Ana

  • Sede da Rede Globo Minas
Gustavo Penna: Sede da Rede Globo Minas

Gustavo Penna: Sede da Rede Globo Minas

  • Sumisura
Gustavo Penna: Sumisura

Gustavo Penna: Sumisura

Gustavo Penna: casas

 

Além de projetos comerciais e institucionais de grande importância, Gustavo Penna também encanta os clientes com projetos residenciais de alto padrão.

É possível conferir várias obras de sua autoria na serra mineira.

As fachadas de vidro e os ambientes integrados são os destaques na residências projetadas por ele. Confira algumas:

  • Casa Belvedere
Gustavo Penna: Casa Belvedere

Gustavo Penna: Casa Belvedere

  • Casa Feliciano
Gustavo Penna: Casa Feliciano

Gustavo Penna: Casa Feliciano

  • Casa Lagoa Santa
Gustavo Penna: Casa Lagoa Santa

Gustavo Penna: Casa Lagoa Santa

  • Casa Lincon
Gustavo Penna: Casa Lincon

Gustavo Penna: Casa Lincon

Gustavo Penna: Casa Lincon (sacada)

Gustavo Penna: Casa Lincon (sacada)

  • Casa Morumbi
Gustavo Penna: Casa Morumbi

Gustavo Penna: Casa Morumbi

  • Casa Tiradentes
Gustavo Penna: Casa Tiradentes

Gustavo Penna: Casa Tiradentes

Gustavo Penna: Casa Tiradentes (interior)

Gustavo Penna: Casa Tiradentes (interior)

Gustavo Penna surpreendeu a todos com suas obras, não é mesmo? Você também pode encantar seu cliente com um projeto incrível! Receba nosso material e confira dicas que vão dar um UP na sua carreira: