Pedro Ramirez Vázquez: o polêmico arquiteto dos Jogos Olímpicos de 1968, no México

pedro-ramirez-vazquez-teatro

Pedro Ramirez Vazquez: Teatro de Piedras Negras

Pedro Ramírez Vázquez é um dos importantes nomes da arquitetura mundial. Ele foi responsável pela construção dos edifícios modernistas mais emblemáticos da Cidade do México.

Mas, apesar de um currículo repleto de grandes conquistas profissionais, ele também foi uma personagem da história alvo de duras críticas.

Se os arquitetos não fizerem política, os políticos farão arquitetura.

(…) Na arquitetura estamos acostumados a seguir conceitos e respeitar programas, somos artistas, não é ‘ver o que vem à mente’. Não. Qual é o conceito e qual é o propósito? as condições em que vivo? É isso (…).

– Pedro Ramírez Vázquez.

Veja mais frases de arquitetos famosos em nosso blog:

Pedro Ramírez Vázquez e os Jogos Olímpicos do México

 

Pedro Ramírez Vázquez foi presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Verão de 1968.

Esse evento foi marcado pela morte – por mãos militares, até onde se sabe – de dezenas de pessoas que manifestavam contra certos sistemas governamentais.

Isso ocorreu poucos dias antes da cerimônia oficial de abertura.

Nunca houve evidências que comprovassem a participação de Pedro no massacre.

Mas muitos acreditam em sua culpa por ele ter, na época, defendido tal repressão em declarações para jornalistas internacionais.

Entretanto, sua contribuição artística é, sim, incontestável.

O design para o Estádio Azteca, por exemplo, fez tanto sucesso que, mais tarde, foi palco para o final da Copa do Mundo de Futebol de 1970 e 1986.

Conheça a biografia de Pedro Ramírez Vázquez

 

Pedro Ramírez Vázquez nasceu em 1919. Quando jovem, ele estudou na Universidade Nacional Autônoma do México.

Depois que se formou, em 1943, praticou arquitetura em empresas privadas, mas também trabalhou em diversos cargos no governo.

Ele também foi mestre honorário em diversas universidades, como na de Colina e o fundador e primeiro reitor da Universidade Autônoma Metropolitana.

Pedro foi o arquiteto responsável pelo projeto do pavilhão mexicano em várias feiras mundiais, como a do Queens, em 1964.

Também foi membro do Comitê Organizador dos XIX Jogos Olímpicos, em 1968, secretário de Assentamentos Humanos e Obras Públicas, de 1976 a 1982, e membro do Comitê Olímpico Internacional, de 1972 a 1995.

Além disso, publicou diversos livros, como o ‘4000 anos de arquitetura mexicana’.

Aproveite e confira também nossas dicas de melhores livros para arquitetos.

Ao longo de sua carreira, Pedro Ramírez Vázquez recebeu muitas honrarias.

Várias instituições lhe concederam o título de Doutor Honoris causa.

Ele também recebeu o prêmio Nacional de Arte, o Olimpiat, o Vida e Obra pelo Cemex Works, e o Especial IDSA.

Mas, infelizmente, sua vida chegou ao fim no ano de 2013.

Características dos projetos de Pedro Ramírez Vázquez

 

Pedro Ramírez Vázquez foi um importante representante do movimento moderno internacional.

Porém, as suas obras também sofreram influência das culturas latino-americanas e pré-colombianas.

O resultado disso foi o desenvolvimento de um design extremamente único, sensível e monumental – mesmo colocando certas discrepâncias tectônicas nos diálogo visuais.

Certamente, o concreto foi o material que ele mais empregou em suas obras – e com maestria.

As grandes massas cinzentas de seus edifícios eram quebradas pela transparência do vidro.

Parece que cada elemento determinado por Vázquez não era por acaso.

Ele, realmente, parecia entender o que as pessoas queriam. Por isso, fez de sua prática arquitetônica um serviço dedicado às necessidades dos usuários.

Esse fato mostra a importância de todo arquiteto e designer de interiores que deseja empreender se capacitar em outras áreas, como o marketing.

Visite a Viva Decora Pro Academy e conheça o curso do Ciclo do Encantamento, comunicar-se melhor com seus clientes e fechar mais projetos.

curso ciclo do encantamento

Trabalhe com eficácia e honestidade… essa disciplina tem que cumprir a função de servir aqueles que ocuparão esses espaços.

A nobreza de nossa disciplina está na própria tarefa que exige que não destruamos nosso ambiente vital ou ignoremos a justa demanda por equilíbrio social.

– Pedro Ramírez Vázquez.

Pedro Ramírez Vázquez: obras em destaque

 

Vázquez foi autor de vários trabalhos icônicos.

Entre suas obras mais representativas estão o sistema de escolas e casas pré-fabricadas de baixa renda para áreas rurais, que até a UNICEF utilizou e aquelas feitas especialmente para os Jogos Olímpicos de 1968, incluindo instalações esportivas e peças gráficas.

Projetos emblemáticos

 

  • O Museu de Arte Moderna de Juárez;
pedro-ramirez-vasquez-museu-juarez

Pedro Ramirez Vazquez: Museu de Arte Moderna de Juárez

  • O Museu de Antropologia e História do México;
pedro-ramirez-vasquez-museo-de-antropologa

Pedro Ramirez Vazquez: Museu de Antropologia e História do México

  • A Nova Basílica de Guadalupe;
pedro-ramirez-vasquez-basilica

Pedro Ramirez Vazquez: Nova Basílica de Guadalupe

  • O Palácio Legislativo de San Lázaro;
pedro-ramirez-vasquez-sanlazaro-congrso

Pedro Ramirez Vazquez: Palácio Legislativo de San Lázaro

  • O Cuauhtemoc Stadium na cidade de Puebla;
pedro-ramirez-estadio-cuauhtemoc

Pedro Ramirez Vazquez: Cuauhtemoc Stadium na cidade de Puebla

  • O Centro Cultural Tijuana.
pedro-ramirez-vasquez-centro-cultural

Pedro Ramirez Vazquez: Centro Cultural Tijuana

Pedro Ramírez Vázquez notabilizou-se não somente como arquiteto, mas também como gestor.

Gostou? Aproveite e veja mais sobre arquitetura mexicana – colonial e modernista – em nosso post.