O Que é Arco Ogival? Entenda Sua Importância Para a Arquitetura

O arco ogival é um elemento estrutural formado por duas partes de círculo iguais que se cortam no ponto equidistante do centro, formando um ângulo agudo. Fortemente representado pela arquitetura gótica, o arco ogival foi criado para substituir o arco de volta perfeita muito usado na arquitetura românica

Quer descobrir o motivo? Então, atente-se aos próximos tópicos. Neste post, vamos explicar o conceito de arco ogival, sua importância para a arquitetura, bem como, inúmeros projetos no Brasil e no mundo que fazem uso dele. Confira!

O arco ogival se destaca na fachada da Catedral de Cahors, na França. Fonte: Pinterest

1. O arco ogival se destaca na fachada da Catedral de Cahors, na França. Fonte: Pinterest

O que é arco ogival?

O arco ogival, também conhecido como arco quebrado, é formado por duas partes de círculo iguais, que se cortam no ponto equidistante do centro, formando um ângulo agudo.

A criação do arco ogival de fato representou um marco para a história da arquitetura, já que esse elemento estruturante fortemente representado pela arquitetura gótica foi criado para substituir o arco de volta perfeita muito usado na arquitetura românica.

Veja também: O Que é Partido Arquitetônico? Entenda Sua Importância e Como Fazer

Conheça os diferentes tipos de arcos usados na arquitetura. Fonte: Pinterest

2. Conheça os diferentes tipos de arcos usados na arquitetura. Fonte: Pinterest

Veja também: Patrimônio Histórico – O Que É +14 Construções Históricas que Ficam no Brasil

Para que serve o arco ogival?

O arco ogival, apesar de ser geometricamente mais difícil de projetar, permitiu construir catedrais e demais monumentos cada vez mais altos, uma vez que seu formato distribui melhor as forças, tornando-se mais fácil de suportar o peso da construção.

O arco ogival se destaca na porta de entrada da Catedral de Pedra, localizada em Canela, Rio Grande do Sul - Brasil. Fonte: Esse Mundo é Nosso

3. O arco ogival se destaca na estrutura da Catedral de Pedra, localizada em Canela, Rio Grande do Sul – Brasil. Fonte: Esse Mundo é Nosso

Dentre as grandiosas obras com arcos ogivais realizadas no Brasil e no Mundo, podemos destacar: a Catedral de Pedra (Rio Grande do Sul – Brasil); a Catedral de Colônia (Alemanha); a Catedral da Sé (São Paulo – Brasil); a Catedral de Saint-Denis (França); a Catedral de Notre Dame (Paris – França) e o Aqueduto das águas livres (Lisboa – Portugal).

Os arcos ogivais marcam presença no aqueduto das águas livres, em Lisboa. Fonte: Pinterest

4. Os arcos ogivais marcam presença no aqueduto das águas livres, em Lisboa. Fonte: Pinterest

Arco ogival gótico: arquitetura gótica

A arquitetura gótica marcou a história e foi responsável por conectar as práticas religiosas, especialmente o catolicismo, em igrejas e catedrais. Neste período, o altíssimo era visto como o centro do mundo para as pessoas.

Não à toa que a verticalidade da arquitetura gótica era um elemento muito visível, já que estava associada à proximidade com o céu. Fato que realça o motivo das torres das igrejas e catedrais serem tão esguias e pontiagudas.

Dessa forma, para ampliar as dimensões das obras da arquitetura gótica, no que se refere principalmente a altura, os arquitetos da época desenvolveram o arco ogival gótico, juntamente com as famosas abóbadas ogivais.

Arquitetura gótico arco ogival e abóbadas usadas no período. Fonte: Pinterest

5. Arquitetura gótico arco ogival e abóbadas usadas no período. Fonte: Pinterest

Enquanto o arco ogival marcava a estrutura das portas, janelas e vitrais, as abóbadas ogivais eram usadas como elementos de sustentação, arcadas e arcobotantes.

Veja também: Mercado Municipal de SP: História, Arquitetura e +5 Motivos Para Visitá-lo

Arco ogival gótico e demais elementos que formam a estrutura de uma catedral gótica. Fonte: Pinterest

6. Arco ogival gótico e demais elementos que formam a estrutura de uma catedral gótica. Fonte: Pinterest

A Catedral de Notre Dame, localizada em Paris, na França, retrata fortemente os elementos da arquitetura gótica. Sua estrutura apresenta 127 metros de comprimento, 48 metros de largura e 35 metros de altura.

A fachada da Catedral de Notre Dame é dividida em três níveis horizontais e três verticais. Observe que em ambos os pavimentos a estrutura em arco ogival se repete em vários pontos.

O arco ogival marca a fachada da Catedral de Notre Dame, em Paris. Fonte: Pinterest

7. O arco ogival marca a fachada da Catedral de Notre Dame, em Paris. Fonte: Pinterest

Arquitetura gótica no Brasil

No Brasil, não foram construídas arquiteturas góticas durante a Idade Média. Em nosso país, pode-se dizer que houve uma manifestação tardia. Isso porque, todo esse conhecimento estético chegou aqui por meio dos portugueses, entre os séculos XV e XVI. Período na Europa, em que o neogótico incentivava o uso de elementos góticos (arco ogival, abóbadas ogivais…) novamente nas construções. 

Logo, quando se fala em “estilo gótico brasileiro” estamos na verdade nos referindo ao “neogótico”. Dentre as inúmeras obras podemos destacar a grandiosa Catedral da Sé, localizada em São Paulo.

O arco ogival gótico está presente na estrutura da Catedral da Sé, em São Paulo - Brasil. Fonte: Pinterest

8. O arco ogival gótico está presente na estrutura da Catedral da Sé, em São Paulo – Brasil. Fonte: Pinterest

Exemplos de arquitetura com arco ogival no Brasil

  • Palácio da Ilha Fiscal (Rio de Janeiro)

O arco ogival faz parte da arquitetura do Palácio da Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro - Brasil. Fonte: Catraca Livre

9. O arco ogival faz parte da arquitetura do Palácio da Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro – Brasil. Fonte: Catraca Livre

  • Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem (Minas Gerais)

Arco ogival: Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, em Minas Gerais - Brasil. Fonte: Pinterest

10. Arco ogival: Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, em Minas Gerais – Brasil. Fonte: Pinterest

  • Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais (Curitiba)

A arquitetura com arco ogival se destaca na Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Curitiba - Brasil. Fonte: Pinterest

11. A arquitetura com arco ogival se destaca na Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Curitiba – Brasil. Fonte: Pinterest

Exemplos de arquitetura com arco ogival no Mundo

  • Monumento Sé Catedral da Guarda (Portugal)

Retrato do arco ogival na Sé Catedral da Guarda, em Portugal. Fonte: TripAdvisor

12. Retrato do arco ogival na Sé Catedral da Guarda, em Portugal. Fonte: TripAdvisor

  • Catedral de Cahors (França)

O arco ogival se faz presença em vários pontos da construção da Catedral de Cahors, na França. Fonte: Pinterest

14. O arco ogival se faz presença em vários pontos da construção da Catedral de Cahors, na França. Fonte: Pinterest

  • Cozinha do Palácio de Sintra (Portugal)

O arco ogival se destaca na estrutura da cozinha do Palácio de Sintra, em Portugal. Fonte: Pinterest

15. O arco ogival se destaca na estrutura da cozinha do Palácio de Sintra, em Portugal. Fonte: Pinterest

  • Catedral de Saint-Denis (França)

Arco ogival e vitrais da Catedral de Saint-Denis, na França, a primeira a ser construída seguindo a arquitetura gótica. Fonte: Pinterest

16. Arco ogival e vitrais da Catedral de Saint-Denis, na França, a primeira a ser construída seguindo a arquitetura gótica. Fonte: Pinterest

  • Igreja Santa Maria delle Grazie (Itália)

A arquitetura da igreja Santa Maria delle Grazie, na Itália, também usa o arco ogival na fachada. Fonte: Pinterest

17. A arquitetura da igreja Santa Maria delle Grazie, na Itália, também usa o arco ogival na fachada. Fonte: Pinterest

Agora que você já sabe o que é um arco ogival e entende a sua importância para arquitetura, te convido a ler o texto “Arquitetura do Divino: tudo sobre a relação da arquitetura com a arte sacra” para que assim você possa se aprofundar ainda mais na temática sobre arquitetura gótica.