Conheça os projetos de arquitetura de museu mais inspiradores do mundo!

Os museus são espaços valiosos onde podemos conhecer mais sobre diferentes culturas, história, arte e os mais variados tipos de assuntos.

Além de representar um espaço de conhecimento, alguns também ficaram marcados pela sua arquitetura ousada e inovadora.

Sem dúvida, a forma como essas obras foram projetadas contribui diretamente para a experiência dos visitantes e a interação com o local.

E já que a arquitetura é uma forma de arte, nada mais natural que existam museus voltados a contar a sua história, não é mesmo?

Neste artigo, vamos mostrar os museus que se destacam por características únicas e aqueles que ajudam a contar a história da arquitetura. Acompanhe!

Gosta de história da arquitetura? Aproveite para ler também:

Projetos de arquitetura de museu

 

Riverside Museum – Zaha Hadid

 

O Riverside Museum é o Museu de Transportes da cidade de Glasgow, na Escócia. Projetado por Zaha Hadid, foi construído às margens do Rio Clyde para funcionar como ligação entre o canal fluvial e a cidade.

Sua fachada tem um formato ondulado e tanto ela como o fundo do museu são fechados com vidro. As aberturas no teto e nas paredes facilitam a entrada da luz natural.

Para proteger os objetos de possíveis danos causados pela luz do sol, existe um sistema de controle que pode até mesmo escurecer todo o ambiente se necessário.

museu-arquitetura-riverside-museum-zaha-hadid

Arquitetura de museu: Museu de Riverside

museu-arquitetura-Riverside-Museum-Zaha-Hadid-2

Arquitetura de museu: Museu de Riverside (vista aérea)

Royal Ontario Museum – Daniel Libeskind

 

Essa bela obra fica localizada em Toronto, no Canadá. O museu foi inaugurado em 1914 e passou por três ampliações (1933, 1978 e 2005). A terceira reforma, finalizada em 2017, contou com um projeto do arquiteto Daniel Libeskind.

Inspirado na galeria de mineralogia do próprio museu, ele criou 5 volumes de metal e vidro que foram incorporados à arquitetura antiga do local. Essa mistura, além de impactar os visitantes, mostra que é possível modernizar prédios históricos com elementos futuristas.

O museu tem exposições relacionadas à arte, cultura e natureza.

museu-arquitetura-museu-real-de-ontario-studio-libeskind

Arquitetura de museu: Museu Real de Ontário

Museum Guggenheim – Frank Gehry

 

Localizado em Bilbao, na Espanha, esse museu chama a atenção logo de cara pelas formas curvilíneas e a sua estrutura metálica, revestida de titânio. A aparência industrial harmoniza com a cidade, que sempre teve na indústria uma das principais fontes de renda.

A obra parece uma flor se vista de cima, mas aparenta mais um barco quando observada do solo – uma alusão à extensa movimentação portuária da cidade no passado.

Criado em 1997 pelo arquiteto Frank Gehry, esse projeto também se destaca pelo uso da tecnologia. Para calcular tantas curvas sinuosas, foi usado um software de design 3D chamado CATIA, uma inovação para a época.

museu-arquitetura-Guggenheim-por-Frank-Gehry

Arquitetura de museu: Museu Guggenheim

museu-arquitetura-Museu-Guggenheim-vista-aerea

Arquitetura de museu: Museu Guggenheim (vista aérea)

Museu Soumaya – Fernando Romero

 

O museu fica localizado na Cidade do México e foi criado para abrigar o acervo pessoal do empresário Carlos Slim, presidente do grupo Carso e presença constante na lista de pessoas mais ricas do mundo.

O que começou como uma coleção familiar se expandiu com a aquisição de outras obras, e hoje é um dos maiores museus de história da arte da América Latina.

Sua sede foi construída em 1994, mas em 2011 grande parte do seu acervo foi transferido para um outro edifício, que se destacou por sua arquitetura de formas assimétricas. O projeto é do arquiteto Fernando Romero, genro de Carlos Slim.

Sua fachada é revestida por 16.000 pastilhas de alumínio e sua estrutura é suportada por um exoesqueleto feito de sete grandes pilares e 28 colunas de aço.

Uma curiosidade é que o próprio Carlos Slim, engenheiro de formação, também colaborou na criação do projeto.

museu-arquitetura-Museu-Soumaya-por-FR-EE

Arquitetura de museu: Museu Soumaya

Museu Hanoi – GMP Architekten

 

Esse museu, localizado na capital do Vietnã, tem o formato curioso de uma pirâmide invertida. Os visitantes que vão até a parte superior têm a sensação de estar flutuando sobre a paisagem.

A locomoção entre os andares superiores e inferiores acontece por meio de uma rampa em formato de espiral localizada no centro do museu.

Outra característica dessa estrutura “invertida” é que a luz do sol não chega com intensidade ao andares inferiores. Por esse motivo, esses espaços são dedicados às exposições.

Já nos andares superiores ficam localizados os escritórios, a biblioteca, salas de conferência e de pesquisa.

museu-arquitetura-Museu-Hanoi-por-GMP-Architekten

Arquitetura de museu: Museu Hanoi

museu-arquitetura-Museu-Hanoi-por-GMP-Architekten-2

Arquitetura de museu: Museu Hanoi

Museu de História Qujing – Atelier Alter e Hordor Design Group

 

Esse museu, localizado na cidade de Qujing, na China, se destaca por suas linhas geométrica fortes.

Ele se parece com uma escada de cabeça para baixo e a forma do telhado é espelhada pela paisagem abaixo dela.

Apesar da aparência fora do comum, seu formato passa seriedade aos visitantes. Além da arquitetura, outro ponto de destaque é o seu acervo com relíquias arqueológicas, com a presença de um fóssil de peixe de 4 bilhões de anos.

museu-arquitetura-Museu-de-Historia-Qujing-por-Atelier-Alter-e-Hordor-Design-Group

Arquitetura de museu: Museu de História Qujing

Museu de Montanha Messner – Zaha Hadid

 

Construções em montanhas sempre chamam a atenção pelo nível de dificuldade e a sua integração com a natureza.

O Museu de Montanha Messner faz parte de um grupo de seis empreendimentos do montanhista Reinhold Messener, o primeiro a escalar o monte Everest sem um tanque de oxigênio. Ele fica localizado no Mount Kronplatz, na Itália.

A obra, projetada pela arquiteta Zaha Hadid, foi construída dentro da montanha a 7 mil pés acima do nível do mar.

O concreto é o material utilizado em todo o ambiente porque, além de ser de fácil utilização, também combina perfeitamente com a paisagem. Outra característica é que a maior parte do museu foi construída no subsolo para invadir o mínimo possível o cenário natural.

museu-arquitetura-Museu-de-Montanha-Messner-por-Zaha-Hadid

Arquitetura de museu: Museu de Montanha Messner

museu-arquitetura-Museu-de-Montanha-Messner-por-Zaha-Hadid-3

Arquitetura de museu: Museu de Montanha Messner (interior)

Esses arquitetos conseguiram encantar clientes e visitantes com trabalhos marcantes. Se você também quer se destacar no mercado, conheça nosso curso no Viva Decora Pro Academy e conquiste mais clientes:

curso ciclo do encantamento

Museus de arquitetura

 

Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) – Amanda Levete Architects

 

O MAAT fica localizado em Lisboa, Portugal, e tem como proposta ser um espaço de debate das áreas de arquitetura, arte e tecnologia. Ele recebe exposições nacionais e internacionais de vários artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos.

Sua ampla fachada reflete a luz do sol e o brilho do rio, integrando a obra ao local e oferecendo uma bela paisagem aos visitantes.

O ângulo e a posição dos mosaicos foram calculados para criar esses efeitos luminosos de acordo com os períodos do dia ou do ano. Outra referência ao clima litorâneo são as curvas suaves.

A fachada do lado norte, em vidro, possui um sistema de controle de transparência que pode ser alterado de acordo com os diferentes usos do espaço.

É possível notar que houve uma atenção especial em relação a orientação solar no projeto

museu-arquitetura-Maat-Museu-de-Arte-Arquitetura-e-Tecnologia-Amanda-Levete-2

Arquitetura de museu: Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT)

museu-arquitetura-Maat-Museu-de-Arte-Arquitetura-e-Tecnologia-Amanda-Levete-redimensionado

Arquitetura de museu: Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT)

Museu Cité de l’Architecture et du Patrimoine: O museu de arquitetura da França

 

Já imaginou um museu que contasse toda a história da arquitetura do Brasil? Infelizmente não temos essa sorte, mas se você quer conhecer a história da arquitetura francesa, precisa visitar o Museu Cité de l’Architecture et du Patrimoine.

Seu acervo é organizado em três galerias que descrevem o panorama da arquitetura e do patrimônio francês da Idade Média até hoje.

É possível conferir várias maquetes, desenhos, documentos, pinturas, fotos e filmes que ajudam a entender como aconteceu o crescimento urbano do país.

Além de conhecer o acervo, os visitantes também podem acessar a biblioteca e um arquivo em que o museu coloca a disposição documentos sobre a arquitetura contemporânea francesa.

museu-arquitetura-Museu-Cite-de-l-Architecture-et-du-Patrimoine

Arquitetura de museu: Museu Cite de l’Architecture et du Patrimoine

museu-arquitetura-Museu-Cite-de-l-Architecture-et-du-Patrimoine

Arquitetura de museu: Museu Cite de l’Architecture et du Patrimoine

museu-arquitetura-Museu-Cite-de-l-Architecture-et-du-Patrimoine-2

Arquitetura de museu: Museu Cite de l’Architecture et du Patrimoine

Quando falamos em espaços públicos, uma questão que deve ser levada em consideração é a acessibilidade. Para saber mais sobre o assunto, confira: Acessibilidade na arquitetura – como criar ambientes práticos e acessíveis para todos.