Bauhaus: a escola que revolucionou a arquitetura moderna

A Bauhaus foi uma das mais importantes precursoras do modernismo na arquitetura do século XX, servindo como referência obrigatória para artistas de todos os campos em várias partes do mundo.

Todo arquiteto e designer de interiores sabe que boa parte do que é desenvolvido na arquitetura e na área de design em geral é fortemente influenciado por uma escola da década de 20.

A Bauhaus foi criada pelo arquiteto Walter Gropius, em 1919. O artista era inspirado pelas vanguardas modernistas da Europa, o que o instigava ainda mais a tornar a escola a principal referência do movimento modernista.

Conheça mais sobre a importância da escola Bauhaus para a arquitetura e suas principais características, ideias e conceitos.

Le Corbusier foi outra das grandes influências do modernismo e definiu alguns aspectos importantes da arquitetura contemporânea, confira mais neste post: Os 5 pontos da arquitetura moderna de Le Corbusier e sua influência nas construções atuais

Bauhaus: mais que uma escola, um movimento que marcou a arquitetura e o design

Considerada uma das principais precursoras do modernismo no que diz respeito a arquitetura, design e artes plásticas, a Bauhaus foi a primeira escola de design do mundo e de extrema importância para o desenvolvimento dessa arte aplicada.

Fundada no ano de 1919 por Walter Gropius, na Alemanha, seu principal objetivo era tornar-se uma combinação de arquitetura, artes e design, o que acabou gerando muitos conflitos externos e internos, na época.

Bauhaus Arquitetura: Pôster

Bauhaus Arquitetura: Pôster

No início da criação da Bauhaus, Walter Gropius analisou o tipo de design que os holandeses e os russos estavam desenvolvendo, e acrescentou a tecnologia ao objetivo inicial da Escola Bauhaus.

Segundo ele, os desenhos arquitetônicos deveriam ser produzidos em grande escala e para todo o tipo de público.

Entre as principais características da escola Bauhaus, destacam-se:

  • A utilização de materiais como aço, vidro e madeira;
  • A junção do artesanato e da arte;
  • A arquitetura integrada ao urbanismo;
  • A funcionalidade dos produtos;
  • A influência do construtivismo.

A Escola Bauhaus era formada por profissionais de diferentes áreas. Além de designers e arquitetos, também faziam parte da equipe engenheiros, pintores e artistas industriais, representando tendências inovadoras de cada setor.

Paul Klee e Wassily Kandinsky são alguns dos destaques da Bauhaus.

Conheça alguns arquitetos que também se tornaram referência para a arquitetura:

  • Conheça Oscar Niemeyer: as sutis e poéticas curvas que mudaram a arquitetura nacional

Contexto histórico da arquitetura da escola Bauhaus

O design e a arte moderna surgiram principalmente no final da Primeira Guerra Mundial (1918), expandindo-se para diversas partes do mundo e exercendo forte influência sobre a escola de arquitetura Bauhaus.

A forma segue a função

Bauhaus Arquitetura: Dessau

Bauhaus Arquitetura: Dessau

Bauhaus Arquitetura: Alunos da Escola

Bauhaus Arquitetura: Alunos da Escola

Bauhaus Arquitetura: Alunas da Escola

Bauhaus Arquitetura: Alunas da Escola

Mesmo sendo fortemente influenciada pela frase de Louis Sullivan, é importante notar que apesar de pregar um design funcional e que atendesse de forma objetiva as necessidades humanas, a Bauhaus também mostrou que a funcionalidade não deve ter ligação alguma com o tedioso, o burocrático e o sistemático.

Bauhaus Arquitetura: Bancos Marcel Breuer

Bauhaus Arquitetura: Bancos Marcel Breuer

Bauhaus Arquitetura: Chaleira Marianne Brandt

Bauhaus Arquitetura: Chaleira Marianne Brandt

Após modificações no governo alemão, em 1925 – até então, a escola era financiada pela República de Weimar -, a Bauhaus mudou-se para a cidade de Dessau, onde, na época, o governo era considerado de esquerda.

Por conta da perseguição promovida com ascensão do governo nazista, a Bauhaus é obrigada a se mudar novamente, em 1932, para Berlim.

No entanto, no ano seguinte, o governo ordenou o fechamento da escola Bauhaus. Os nazistas eram contra qualquer instituição que não estivessem de acordo com sua orientação política, e a Bauhaus era uma delas.

A instituição era tida como comunista, principalmente porque havia muitos russos entre seus alunos e funcionários.

Após seu encerramento, alunos e professores foram perseguidos pelo Estado alemão.

Nomes importantes e arquitetos da Bauhaus

Apesar de seu quadro de colaboradores ser repleto de excelentes artistas e profissionais dos mais variados campos, alguns deles em específico fizeram a diferença na Bauhaus e se tornaram verdadeiros ícones do século XX.

Entre os arquitetos da Bauhaus, destaque para Mies van der Rohe, além, é claro, do Próprio Walter Gropius.

Veja mais nomes importantes da escola Bauhaus:

  • Gerhard Marks | Escultor alemão (1889-1981);
  • Johannes Itten | Pintor e escritor suiço (1888-1967);
  • Josef Albers | Designer alemão (1888-1976);
  • Laszlo Moholy-Nagy | Design e pintor húngaro (1895-1946);
  • Marcel Breuer | Designer e arquiteto húngaro (1902-1981);
  • Oskar Schlemmer | Pintor alemão (1888-1943);
  • Paul Klee | Pintor e poeta suíço  (1879-1940);
  • Wassily Kandinsky | Artista plástico russo (1866-1944).

Móveis famosos da Bauhaus

Mesmo com o fechamento da Bauhaus, na década de 30, a escola seguiu – e segue – influenciando o design e a arquitetura moderna. O olhar futurista, o uso de materiais diferenciados e a composição visual são algumas das características da escola Bauhaus de Arquitetura que são facilmente encontradas nos dias de hoje em diversas peças de mobiliário.

Conheça alguns dos móveis desenvolvidos na Bauhaus:

  • Abajur: a peça, criada por William Wagenfeld, é feita de metal e vidro cortado. É um dos produtos que mais representam a fase tecnológica da Bauhaus;
Bauhaus Arquitetura: Abajur William Wagenfeld

Bauhaus Arquitetura: Abajur William Wagenfeld

  • Berço Bauhaus: criado no início da abertura da escola por Peter Keler, o Berço Bauhaus tem o design simples, porém, suas cores e formatos dão a ele a identidade do modernismo;
Bauhaus Arquitetura: Berço Peter Keler

Bauhaus Arquitetura: Berço Peter Keler

  • Cadeira Barcelona: desenvolvida na Bauhaus em 1929 por Ludwig Mies van der Rohe e Lily Reich, a conhecida cadeira Barcelona foi uma das pioneiras no que diz respeito à mobília moderna.
Bauhaus Arquitetura: Cadeira Barcelona

Bauhaus Arquitetura: Cadeira Barcelona

  • Cadeira Presidente Bauhaus: entre todas as cadeiras da escola Bauhaus, talvez essa seja uma das mais famosas. Desenvolvida por Marcel Breuer, o design da Cadeira Presidente (também conhecida como cadeira Wassily) se tornou tão conhecido que é utilizado como inspiração até os dia de hoje. Originalmente feita com couro e aço, o intuito do produto é aliar conforto e design únicos;
Bauhaus Arquitetura: Cadeira Wassily Breuer

Bauhaus Arquitetura: Cadeira Wassily Breuer

  • Maçaneta Bauhaus: desenvolvida pelo fundador da instituição alemã, Walter Gropius, a famigerada maçaneta Bauhaus é caracterizada pelas formas industriais e geométricas que tanto representam a escola.
Bauhaus: maçaneta gropius

Bauhaus: maçaneta gropius

Como você pode ver, grandes arquitetos se inspiraram ou mesmo se capacitaram na escola Bauhaus.

E você? Além de seu conhecimento técnico e artístico sobre arquitetura e design de interiores, existe outra área em que acha que deveria se capacitar? Conheça as 10 melhores áreas da arquitetura e descubra qual combina com você!

Confira agora curiosidades sobre a Bauhaus no infográfico seguinte:

Infográfico - Bauhaus

Infográfico – Bauhaus

Copie o código abaixo e compartilhe este infográfico no seu site