Casa das Canoas: Descubra 5 curiosidades sobre o lar de Oscar Niemeyer

A Casa das Canoas, localizada em São Conrado, no Rio de Janeiro, é um daqueles projetos que colocam o Brasil em destaque na arquitetura mundial.

Falar que é uma das obras mais importantes de Oscar Niemeyer é lugar comum, afinal o arquiteto tem uma lista de projetos icônicos.

Mas essa consegue ser ainda mais emblemática, já que foi a moradia do arquiteto durante 10 anos.

Mesmo alvo de tantos elogios, a Casa das Canoas desagradou um dos nomes mais importantes da arquitetura mundial.

Quer descobrir quem foi esse crítico? No post de hoje, vamos contar a história da Casa das Canoas e 6 curiosidades sobre a incrível residência de Niemeyer. Acompanhe!

Casa das Canoas: a história de uma das obras mais icônicas de Oscar Niemeyer

A Casa das Canoas foi projetada em 1951 por Oscar Niemeyer e construída em 1953.

O imóvel, que serviu de moradia para o arquiteto, é considerado um dos principais projetos da arquitetura moderna brasileira.

E como nasceu a ideia de projetar a Casa das Canoas?

Oscar Niemeyer se encantou pelo local ao passar certa vez pela Estrada das Canoas. Foi aí que ele decidiu comprar o terreno e projetar uma casa que valorizasse o entorno e se destaca-se pela simplicidade e conforto.

Oscar Niemeyer residiu na Casa das Canoas com sua família até 1959, quando se mudou para Brasília.

Era na Casa das Canoas que o arquiteto reunia sua família e amigos, como o ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Casa das Canoas: área externa

Casa das Canoas: área externa

Casa das Canoas: Oscar Niemeyer e a família

Casa das Canoas: Oscar Niemeyer e a família

A beleza da arquitetura orgânica da Casa das Canoas

A Casa das Canoas de Oscar Niemeyer tem 95,8 m² no pavimento inferior e 112,5 m² no superior.

O espaço comum da Casa das Canoas é composto pela sala de estar e jantar, cozinha e lavabo. No espaço privativo são 4 quartos.

Para começar a falar sobre a arquitetura da Casa das Canoas, nada melhor do que destacar uma das suas principais características: a integração com a natureza.

Minha preocupação foi projetar essa residência com inteira liberdade, adaptando-a aos desníveis do terreno, sem o modificar, fazendo-a em curvas, de forma a permitir que a vegetação nelas penetrasse, sem a separação ostensiva da linha reta. E criei para as salas de estar uma zona em sombra, para que a parte envidraçada evitasse cortinas e a casa ficasse transparente como preferia

– Oscar Niemeyer

Casa das Canoas: planta original desenhada por Niemeyer (fonte: Fundação Oscar Niemeyer)

Casa das Canoas: planta original desenhada por Niemeyer (fonte: Fundação Oscar Niemeyer)

A Casa das Canoas consegue integrar-se perfeitamente com a natureza ao redor e, ao mesmo tempo, se destaca no entorno.

A presença de uma grande rocha incrustada na Casa das Canoas faz o projeto girar em torno dela, tornando a natureza parte essencial do ambiente.

Para quem está no lado de fora da Casa das Canoas, parece que a rocha sai de dentro dela, criando uma paisagem surpreendente.

Casa das Canoas: piscina e rocha

Casa das Canoas: piscina e rocha

Casa das Canoas: detalhe da rocha

Casa das Canoas: detalhe da rocha

As famosas curvas da cobertura da Casa das Canoas

O uso do concreto armado e de formas livres e sinuosas é mais uma das características marcantes de Oscar Niemeyer presente na Casa das Canoas.

O arquiteto já tinha usado esse conceito em obras anteriores, como no conjunto de Pampulha, em Belo Horizonte (1940/42) e na marquise no Parque do Ibirapuera em São Paulo (1951/54).

A laje branca do pavimento principal da Casa das Canoas fica sobre finos pilotis, entrelaçando-se com projeção no contorno livre do espelho d’água e da piscina.

Casa das Canoas: vista aérea

Casa das Canoas: vista aérea

Casas das Canoas: detalhe pilotis

Casas das Canoas: detalhe pilotis

As curvas da Casa das Canoas contornam perfeitamente a natureza. A pintura verde da fachada e o uso da janela de vidro deixam a obra ainda mais leve e integrada com a linda paisagem.

Casa das Canoas: fachada verde e estátua

Casa das Canoas: fachada verde e estátua

Casa das Canoas: interior simples e surpreendente

A Casa das Canoas tem dois pavimentos, sendo o interior semienterrado. Essa característica deu total privacidade a Niemeyer, que recebia seus convidados no pavimento superior.

Uma curva mais fechada forma a sala de estar, outra a de jantar e outra a da cozinha. Essa disposição faz com que os espaços pareçam ora abertos e ora fechados na Casa das Canoas.

A iluminação zenital faz um jogo de claro e escuro no ambiente, criando contrastes e deixando de lado a necessidade de usar cortinas ou brises. Tudo que se vê é a transparência do vidro e a bela natureza ao redor.

Casa das Canoas: sala

Casa das Canoas: sala

Casa das Canoas: pavimento inferior com piso de taco (foto: Leonardo Finotti)

Casa das Canoas: pavimento inferior com piso de taco (foto: Leonardo Finotti)

Casa das Canoas: escada para acesso ao pavimento inferior

Casa das Canoas: escada para acesso ao pavimento inferior

Casa das Canoas: entrada (foto: Leonardo Finotti)

Casa das Canoas: entrada (foto: Leonardo Finotti)

Casa das Canoas: cozinha

Casa das Canoas: cozinha

6 curiosidades sobre a Casa das Canoas

 

1- Não agradou nomes famosos

Hoje a Casa das Canoas é um ícone da arquitetura moderna brasileira, mas no início ela desagradou muitos nomes famosos.

O suíço Max-Bill afirmou que “a forma livre não se justifica. Só em situações excepcionais da arquitetura. A casa de Niemeyer é um mero capricho puramente decorativo e não é obra válida ou digna de qualquer interesse”.

Já Walter Gropius, fundador da Bauhaus, alegou que tratava-se de “uma casa muito bonita mas que não era multiplicável”.

2- Tombada pelo IPHAN

No ano do centenário de Oscar Niemeyer (2007), o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) tombou 27 obras do arquiteto, entre elas a Casa das Canoas.

3- Obra escaneada com tecnologia 3D

Em 2014, a Casa das Canoas foi escaneada com tecnologia 3D. O objetivo foi ajudar na reforma realizada em 2015, já que a exigência era de que toda a memória arquitetônica fosse preservada.

Diante da importância da Casa das Canoas, o material passou a fazer parte do acervo de 500 patrimônios da arquitetura mundial, servindo de objeto de estudo de arquitetura e design.

4- Paisagismo de Roberto Burle Marx

O paisagismo da Casa das Canoas foi feito por Roberto Burle Marx, o maior paisagista brasileiro de todos os tempos. Oscar Niemeyer e ele já haviam trabalhado juntos no projeto da Pampulha.

5- Confunde visitantes

No início da mesma rua da casa de Oscar Niemeyer, existe uma casa de festas chamada Casa das Canoas.

Devido ao mesmo nome, é comum que muitos visitantes que vão conhecer a obra clássica do arquiteto peguem o táxi ou o uber e desçam no lugar errado.

Por isso, se um dia você visitar a Casa das Canoas original, cuidado para não errar o endereço.

O triste abandono da Casa das Canoas

A Casa das Canoas esteve aberta para a visitação do público durante 20 anos, mas há mais de um ano não recebe visitantes e está em estado de abandono.

Entre os problemas encontrados na Casa das Canoas está a piscina sem água e o azulejo trincado, infiltrações nas paredes e móveis originais retirados.

Casa das Canoas: parede com infiltração (foto: Carlos Eduardo Niemeyer)

Casa das Canoas: parede com infiltração (foto: Carlos Eduardo Niemeyer)

Casa das Canoas: piscina sem água e com rachaduras (foto: Carlos Eduardo Niemeyer)

Casa das Canoas: piscina sem água e com rachaduras (foto: Carlos Eduardo Niemeyer)

A responsabilidade pela manutenção da Casa das Canoas é da Fundação Oscar Niemeyer, que afirma estar em busca de recursos para a realização da reforma. O valor necessário estimado é de R$ 2,7 milhões.

Segundo a família do arquiteto, a falta de verba para a Casa das Canoas é um reflexo do mau planejamento da fundação.

Já a fundação coloca a culpa do problema da piscina no próprio Niemeyer que, segundo eles, tratou com remendos e soluções paliativas os vazamentos que começaram a acontecer na Casa das Canoas década de 80.

Independentemente de quem é o responsável, a torcida é que a Casa das Canoas de Oscar Niemeyer seja aberta novamente para a contemplação de seus admiradores.

Endereço da Casa das Canoas

Estrada das Canoas, nº 2310 São Conrado, Rio de Janeiro, RJ –  CEP.: 22610-210

E aí, gostou de conhecer mais sobre a Casa das Canoas de Oscar Niemeyer? Aproveite para conferir outros projetos icônicos do arquiteto: