Projetos de casas adaptadas para idosos: 10 dicas para criar ambientes seguros

Uma das certeza que temos na vida é que todos vamos envelhecer, não é mesmo?

Com a idade, chegam algumas limitações e necessidades que são naturais.

No dia a dia, os idosos precisam tomar cuidado com quedas e acidentes no geral, principalmente no ambiente doméstico. E é aí que vemos a importância de uma casa adaptada.

Com algumas mudanças, é possível trazer mais qualidade de vida para aqueles que precisam de segurança nessa fase tão importante da vida.

Ainda não sabe como fazer projetos de casas adaptadas para idosos? Não se preocupe, neste post, trouxemos 10 dicas práticas. Acompanhe!

Alguns perfis de clientes exigem mais cuidado na hora de projetar. Veja nossas dicas:

Projetos de casas adaptadas para idosos: 10 dicas práticas!

 

1- Portas largas

Nossa primeira dica para projetos de casas adaptadas para idosos é a inclusão de portas largas. Elas ajudam na transição entre os ambientes quando os moradores são cadeirantes ou usam outros objetos para se locomover, como andadores ou muletas.

Projetos de casas adaptadas para idosos: portas grandes

Projetos de casas adaptadas para idosos: portas grandes

Veja também: Pivotante, sanfonada e mais – veja 12 tipos de portas e como escolher a melhor

 2- Sensor de presença de iluminação

Muitos idosos têm doenças que afetam a memória ou até mesmo a locomoção. Para evitar que eles se esqueçam de acender as luzes e sofram algum acidente, é interessante instalar sensores de presença de iluminação.

Esse recurso detecta a presença de pessoas no ambiente por meio de um sensor infravermelho que reconhece fontes de calor.

Projetos de casas adaptadas para idosos: sensor de presença de iluminação

Projetos de casas adaptadas para idosos: sensor de presença de iluminação

3- Rampas e elevadores de escada

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: rampas

Projetos de casas adaptadas para idosos: rampas

Outra dica para projetos de casas adaptadas para idosos é eliminar os degraus e obstáculos. Uma alternativa para substituir escadas pequenas é o uso de rampas com materiais antiderrapantes.

Já no caso de sobrados, é necessário adaptar o uso das escadas. Existe no mercado um corrimão para idosos que é utilizado em conjunto com uma barra. Ao utilizá-lo, o idoso consegue pegar impulso e se apoiar com segurança no objeto.

Veja no vídeo:

 Você também pode incluir no projeto um elevador de escada para cadeirantes.
Projetos de casas adaptadas para idosos: elevador de escada para cadeirantes

Projetos de casas adaptadas para idosos: elevador de escada para cadeirantes

 4- Automação residencial

A automação residencial é o uso da tecnologia para facilitar tarefas que são feitas manualmente. No caso de projetos de casas adaptadas para idosos, essa ferramenta é uma aliada para garantir a segurança dos moradores.

Pessoas próximas podem monitorar o que acontece dentro e fora da casa por meio de aplicativos. Além disso, o sistema de uma casa automatizada permite ajustar o clima, iluminação, irrigação do jardim e várias outras atividades de forma remota.

Projetos de casas adaptadas para idosos: automação residencial

Projetos de casas adaptadas para idosos: automação residencial

 5- Banheiro adaptado

O banheiro é um dos principais pontos de atenção em projetos de casas adaptadas para idosos. Devido ao contato com a água, é lá que podem acontecer a maior parte dos acidentes.

Por isso, os primeiros cuidados devem ser incluir pisos antiderrapantes, barras de apoio e banquinhos dentro do box. Para facilitar a higiene de cadeirantes, também é interessante incluir espelhos inclinados, que facilitam a visualização.

Projetos de casas adaptadas para idosos: banheiro com barras e sem box

Projetos de casas adaptadas para idosos: banheiro com barras e sem box

Projetos de casas adaptadas para idosos: fitas incolores antiderrapantes

Projetos de casas adaptadas para idosos: fitas incolores antiderrapantes

Outro ponto de atenção é a porta, que deve abrir para fora.

Esse cuidado é necessário porque caso o idoso caia, o peso do seu corpo não vai impedir que outra pessoa entre para ajudá-lo.

Veja também: Banheiro acessível – 8 pontos que você não pode deixar passar!

6- Tapete antiderrapante

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: tapetes antiderrapantes

Projetos de casas adaptadas para idosos: tapetes antiderrapantes

Tapetes podem escorregar e causar acidentes, por isso o ideal é evitá-los em todos os cômodos. Se não for possível, inclua aqueles com cerdas baixas e use fitas antiderrapantes para fixá-los.

7- Móveis com cantos arredondados

 

Devido a dificuldade de locomoção ou de visão, alguns idosos podem esbarrar em móveis e se machucar.

Para evitar acidentes, aposte em mobiliário com cantos arredondados. Uma outra dica é fixar alguns objetos na parede ou no chão, como cômodas e mesas.

Dessa forma, caso o idoso sofra alguma tontura, ele pode se apoiar sem correr o risco de cair.

Projetos de casas adaptadas para idosos: cadeira com cantos arredondados

Projetos de casas adaptadas para idosos: cadeira com cantos arredondados

O arquiteto ou designer de interiores também deve estar atento ao sofá. Aqueles que “afundam” quando sentamos podem ser muito confortáveis, mas prejudicam os idosos na hora de levantar.

Por isso, é interessante incluir na decoração um sofá com estrutura firme, que ofereça segurança e apoio. Almofadas mais rígidas também podem ajudar na hora de se acomodar.

Projetos de casas adaptadas para idosos: sofá rígido

Projetos de casas adaptadas para idosos: sofá rígido

 8- Sensor de fumaça e fogão por indução

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: fogão por indução

Projetos de casas adaptadas para idosos: fogão por indução

Além do banheiro, a cozinha também é um ambiente que pode ser perigoso para os idosos caso não haja alguns cuidados.

Incluir um fogão por indução e um sensor de fumaça ajuda na prevenção de incêndios, além de evitar queimaduras.

9 – Armários e bancadas com altura adaptada

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: armários e bancadas com altura adaptada

Projetos de casas adaptadas para idosos: armários e bancadas com altura adaptada

No caso de projetos de casas adaptadas para idosos também é importantes pensar na disposição dos objetos na cozinha. As bancadas devem ficar na altura dos olhos, facilitando a visualização e manuseio dos objetos.

O ideal é que as bancadas e pias tenham uma altura entre 80 a 95 cm. Dessa forma, é possível fazer as atividades da cozinha sentado(a).

Para ajudar os idosos com Alzheimer, uma dica é incluir etiquetas nos armários informando os objetos que estão dentro.

Devido as dificuldades com a memória, eles podem ficar bastante tempo tentando lembrar onde colocaram os objetos. Por isso, esse simples ajuste pode poupar tempo e estresse.

9- Quarto com telefone e campainha

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: telefone no lado da cama

Projetos de casas adaptadas para idosos: telefone no lado da cama

Inclua do lado da cama do idoso um telefone e campainha para que ele peça socorro rapidamente em caso de emergência.

Além desse cuidado, é importante que a cama tenha um colchão firme e que os pés possam ser apoiados no chão para evitar quedas.

10 – Área verde

 

Projetos de casas adaptadas para idosos: área verde

Projetos de casas adaptadas para idosos: área verde

Com o avanço da idade, é comum que alguns idosos precisem ficar mais recolhidos em casa por questão de saúde. Para deixar o ambiente mais agradável, nossa dica é criar uma área verde externa.

Além de deixar o ambiente mais bonito, cuidar das plantas ajuda a manter a mente ativa e até mesmo a melhorar o sono e reduzir o estresse.

Se interessa por paisagismo? Veja como montar um projeto de paisagismo incrível e encantar o cliente!

Agora que você viu nossas dicas para projetos de casas adaptadas para idosos, que tal aprender a conquistar mais clientes? Conheça nosso curso e dê um up na sua carreira: