O Que é Shaft? Veja Quando Usar em Obras + Cuidados Essenciais

Shaft, também chamado de mocheta ou duto, é uma abertura vertical na parede criada para o acesso a tubulações hidrossanitárias e de ventilação. Em alguns casos, ele também é usado para a passagem de eletrocalhas (fiação elétrica). Trata-se de uma solução que facilita manutenções e evita a quebra de paredes.

Esse é um assunto que gera muitas dúvidas, principalmente sobre os melhores materiais e instalação correta. Pensando nisso, no post de hoje, vamos explicar com mais detalhes o que é shaft e os principais cuidados na hora da execução do projeto. Acompanhe!

O que é Shaft?

Shaft, também chamado de mocheta ou duto, é uma abertura vertical na parede criada para o acesso a tubulações hidrossanitárias e de ventilação. Em alguns casos, ele também é usado para a passagem de eletrocalhas (fiação elétrica). Trata-se de uma solução que facilita manutenções e evita a quebra de paredes.

O que é shaft (foto: iStock)

Veja também: ArchiCad ou Revit? Confira nossa análise e descubra qual software é melhor para suas necessidades

Quando um ambiente precisa de um Shaft?

Um dos principais objetivos do shaft é facilitar o acesso a tubulações elétricas e hidrossanitárias (esgoto, água fria/quente ou águas pluviais) para manutenção ou verificação periódica. Além disso, ele também é usado de forma estratégica em reformas quando é preciso abrir novas passagens de tubulações.

O profissional pode esconder as novas ligações com shafts e, assim, não prejudicar a estética do ambiente. Existe também o shaft para iluminação e ventilação, nos locais onde não se tem luz e entrada de ar direta (como os banheiros sem janela, por exemplo).

Quando falamos de prédios, o shaft faz a ligação das tubulações do prédio entre todos os andares. Ele pode ficar tanto no corredor como na parte interna dos apartamentos.

Shaft (foto: Art Casa)

Shaft na construção (foto: Art Casa)

Shaft: materiais

O shaft usado na construção civil pode ter diversos acabamentos. É possível encontrar no mercado shafts pré-fabricados e até mesmo kits completos que agilizam o processo na obra. A escolha do melhor material vai depender do ambiente e tipo de instalação.

Quando falamos de shaft, o drywall é um dos materiais mais usados. Apesar de bastante resistente, ele pode ser quebrado com facilidade e, nesse contexto, trata-se de uma vantagem.

Devido a essa característica, o drywall facilita a manutenção do shaft, pois permite um manuseio rápido e mais limpo. A madeira ou outros materiais leves como EPS, plástico, fibra de vidro ou acrílico também podem ser aplicados nessa situação.

Shaft em EPS (foto: RCV Vedação)

Shaft em EPS (foto: RCV Vedação)

Em áreas molhadas, como cozinha e banheiro, é comum utilizar shafts de alvenaria revestidos com cerâmica. Dependendo do local da instalação, ele também pode ser vedado com uma porta de plástico.

Onde usar o Shaft?

O shaft é uma solução que pode ser usada em todo ambiente que tem tubulações, seja elétricas, hidrossanitárias ou até mesmo de ar condicionado, Diante desse contexto, ele é instalado em banheiros, áreas de serviço, cozinhas, quartos ou salas.

O mais comum é encontrar shafts na cozinha ou banheiro, já que esses ambientes têm mais tubulações e demandam mais manutenção.

Shaft modular (foto: Thórus Engenharia)

Shaft modular (foto: Thórus Engenharia)

Shaft no banheiro: uma solução prática e econômica

Quando falamos de shaft na construção civil, o banheiro é um dos ambientes que mais utilizam essa solução. Como trata-se de um ambiente com muitas tubulações que exige uma manutenção mais recorrente, o shaft traz algumas vantagens importantes.

A primeira delas é a facilidade da manutenção, já que não é necessário quebrar a parede toda quando for preciso acessar a tubulação. Além disso, o shaft evita furos no encanamento por acidente, pois as tubulações estão em um lugar definido.

Como camuflar o Shaft no banheiro?

Sem dúvida, o shaft é uma solução prática e bem-vinda, mas essa abertura com tubulações compromete a estética do ambiente. Felizmente, existem algumas formas de camuflá-la e garantir um espaço elegante.

Além de revesti-lo com os acabamentos usados no banheiro, outra dica é acrescentar um nicho na frente do shaft. Mas lembre ao cliente que no caso de manutenção, esse nicho será quebrado. Outra dica é fazer uma portinha, que pode ser de drywall ou plástico (como nos exemplos abaixo).

Shaft no banheiro com porta de plástico (foto: Entenda Antes)

Shaft no banheiro com porta de plástico (foto: Entenda Antes)

Shaft na arquitetura: cuidados

Agora que você já sabe o que é shaft na construção, é importante destacar quais são os cuidados na hora de dimensioná-lo. Esse estudo é feito no projeto hidráulico, que começa a ser realizado no anteprojeto junto com outros projetos complementares. Primeiramente, é importante definir pra que ele servirá e qual será sua demanda.

Shaft na planta baixa (foto: ew7)

Shaft na planta baixa (foto: ew7)

Além disso, o projeto de um shaft precisa ter, pelo menos:

  • o detalhamento dimensional de todas as tubulações, instalações e dispositivos contidos no seu interior (tanto em planta como em vista).
  • a especificação das formas de fixação.
  • condições de acesso.
  • eventuais dispositivos de ventilação.
  • detalhamento de perfurações em laje.

Vale lembrar que é essencial que o shaft fique em um posicionamento adequado para abrigar as tubulações e ofereça o espaço necessário para comportá-las com segurança.

A execução do shaft deve seguir à risca as indicações do projeto, pois erros de furação geram muita dor de cabeça e retrabalho. Caso aconteça, é preciso vedar essas aberturas e fazer novos furos. Problemas na execução da vedação causam ainda mais transtorno, pois é necessário derrubar a parede e criar outra abertura.

Não existe tamanho padrão para o shaft, pois cada instalação necessita de um determinado tipo de cano. A tubulação usada em condomínios, por exemplo, é diferente daquela indicada para projetos residenciais.

Shaft em EPS aberto (foto: RCV Vedação)

Shaft em EPS aberto (foto: RCV Vedação)

Outro ponto de atenção do shaft na arquitetura é a vedação, principalmente em áreas molhadas. É preciso cuidado para não deixar nenhuma fresta que permita a entrada de água ou vapor. Em alguns casos, recomenda-se uma impermeabilização para garantir maior segurança.

No caso de instalações elétricas, é importante estar atento às normas de proteção. Nesse contexto, não é indicado o uso da espuma de poliuretano para vedação, pois os circuitos elétricos são mais propensos a incêndios. Além de inflamável, o material libera gases tóxicos ao entrar em contato com o fogo.

Vale lembrar que como os shafts têm aberturas na laje para a passagem de tubulações, devem apresentar vedação adequada, caso contrário as chamas podem se propagar verticalmente com facilidade.

Shaft hidráulico (foto: Mix Molduras)

Shaft hidráulico (foto: Mix Molduras)

Gostou de aprender mais sobre o shaft? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais 🙂