O Que é Vidro Refletivo? Tudo Que Você Precisa Saber!

Vidro refletivo, também conhecido como vidro espelhado, é um material desenvolvido com tecnologia para garantir o controle da intensidade da luz solar e conforto térmico para o ambiente interno. Ele pode ser usado em fachadas de casas e prédios, portas, janelas e móveis.

O uso do vidro começou a aparecer com destaque na arquitetura moderna. Também não podemos esquecer dos enormes edifícios High Tech, que começaram a popularizar a estética do vidro refletivo em prédios comerciais.

O material tem várias vantagens que contribuem para a sustentabilidade do projeto, mas é preciso estar atento(a) à sua principal desvantagem. Quer descobrir qual é? No post de hoje, vamos explicar com mais detalhes o que é vidro refletivo e como usá-lo do jeito certo. Acompanhe!

O que é vidro refletivo?

Vidro refletivo, também conhecido como vidro espelhado, é um material desenvolvido com tecnologia para garantir o controle da intensidade da luz solar e conforto térmico para o ambiente interno. Ele pode ser usado em fachadas de casas e prédios, portas, janelas e móveis.

Vidro refletivo em prédio na Faria Lima - São Paulo (foto: Hersil Condomínios)

1. Vidro refletivo em prédio na Faria Lima – São Paulo (foto: Hersil Condomínios)

O material é produzido a partir de um vidro float, que recebe em uma de suas faces uma camada metalizada.

Existem 4 tipos de vidro refletivo no mercado:

  • laminado
  • insulado
  • serigrafado
  • temperado

Agora que você já sabe o que é vidro refletivo, vamos detalhar como ele funciona na prática.

Como o vidro refletivo funciona?

Quando falamos sobre vidro refletivo, logo vem à mente sua estética diferenciada. Além da aparência moderna, o material também traz muitas vantagens que veremos ao longo do texto. Mas, antes de falarmos sobre elas, é importante destacar como funciona o vidro refletivo.

Em um dos seus lados, ele tem uma camada refletiva metalizada que interage diretamente com os raios solares. Também são adicionados óxidos ou sais que não se desprendem do vidro. São eles que proporcionam a capacidade de reflexão do vidro refletivo.

Vidro refletivo: exemplo prático de absorção do calor (foto: Engenharia 360)

Vidro refletivo: exemplo prático de absorção do calor (foto: Engenharia 360)

O vidro refletivo também absorve parte do calor do sol e o transmite tanto para o interior como para o exterior da edificação. Quanto mais refletivo for o vidro, menos calor será transferido para o interior do ambiente. Consequentemente, menor será a necessidade do uso de sistemas de resfriamento.

Quando usar vidro refletivo em projetos?

O vidro refletivo pode ser usado em:

  • fachadas;
  • portas;
  • janelas;
  • sacadas;
  • coberturas;
  • móveis.
Vidro refletivo em divisória de sala comercial (foto: Red Square Arquitetura)

2. Vidro refletivo em divisória de sala comercial (foto: Red Square Arquitetura)

Ele é ideal para edifícios e estabelecimentos comerciais que buscam uma estética moderna, soluções sustentáveis e fácil manutenção. O vidro refletivo também pode ser usado em projetos de design de interiores para o revestimento de móveis.

Trata-se de uma dica interessante para clientes que querem ampliar o espaço com uma solução moderna. No exemplo abaixo, o vidro refletivo foi utilizado na porta de um armário.

Vidro refletivo em porta de armário (foto: Concept Engenharia + Design Amanda Pagliarini Macedo)

3. Vidro refletivo em porta de armário (foto: Concept Engenharia + Design Amanda Pagliarini Macedo)

Nesse outro projeto residencial, o vidro refletivo bronze foi usado no closet.

Vidro refletivo bronze em closet (foto: PS do Vidro)

4. Vidro refletivo bronze em closet (foto: PS do Vidro)

É importante lembrar que os raios solares incidem numa maior intensidade em regiões do norte e nordeste do Brasil. Por isso, nesses locais, recomenda-se o uso de vidro refletivo de média intensidade. Já na região sudeste, o indicado é o vidro refletivo de baixa intensidade.

Quais são as cores de vidro refletivo?

As cores do vidro refletivo não influenciam apenas na estética. Elas também causam uma variação no conforto térmico e passagem dos raios UV.

Vidro refletivo bronze, prata e cinza (foto: PS do Vidro)

Vidro refletivo bronze, prata e cinza (foto: PS do Vidro)

Veja as tonalidades mais comuns:

  • vidro refletivo champanhe
Vidro refletivo: Habitat Champanhe na Casa do Jardim, do Arquiteto Luís Fábio Rezende de Araújo, na Casa Cor MG 2013

5. Vidro refletivo: Habitat Champanhe na Casa do Jardim, do Arquiteto Luís Fábio Rezende de Araújo, na Casa Cor MG 2013

  • vidro refletivo prata
Vidro refletivo prata em fachada de casa (foto: Lie Kimura)

6. Vidro refletivo prata em fachada de casa (foto: Lie Kimura)

  • vidro refletivo bronze
Vidro refletivo bronze em fachada comercial (foto: PS do Vidro)

7. Vidro refletivo bronze em fachada comercial (foto: PS do Vidro)

  • vidro refletivo verde
Vidro refletivo verde (foto: Vidraçaria Ideal)

8. Vidro refletivo verde em fachada residencial (foto: Vidraçaria Ideal)

Quais são as vantagens e desvantagens do vidro refletivo?

 

Vantagens

 

Traz privacidade

O vidro reflexivo impede que as pessoas que estão do lado de fora tenham uma visão do interior da edificação. Isso acontece por causa da reflexão da luz, que faz com que se veja apenas os reflexos da rua ou das pessoas na fachada.

Trata-se de um material que traz privacidade sem atrapalhar quem está do lado de dentro, já que as pessoas conseguem visualizar o exterior normalmente.

Vidro refletivo em apartamento traz privacidade (foto: Archglass Brasil)

9. Vidro refletivo em apartamento traz privacidade (foto: Archglass Brasil)

Ajuda a garantir a segurança do local

Falando ainda sobre a reflexão da luz, esse efeito também proporciona mais segurança ao local. Por isso, o vidro refletivo é bastante indicado para revestir guaritas, quartéis policiais ou outros tipos de estabelecimentos que têm contato direto com a rua.

É de fácil manutenção

Fachadas com revestimentos, pedras, ecogranito ou até mesmo pintadas exigem uma manutenção e limpeza constante, não é mesmo? Ainda mais quando falamos das metrópoles, que sofrem com a poluição.

Já o vidro refletivo raramente precisa de substituição ou reparo. Para retornar ao seu aspecto original, uma rápida limpeza já é o suficiente.

É um isolante térmico

Materiais que garantem o conforto térmico são essenciais na arquitetura e o vidro refletivo é um deles. Ao refletir os raios de sol, ele reduz a passagem de calor para os ambientes e torna os espaços mais agradáveis.

Vale destacar que, diante desse contexto, o vidro refletivo também é uma solução sustentável. Como ele ajuda no conforto térmico, reduz a necessidade de uso de aparelhos como ar condicionado e ventiladores.

Controla a luminosidade

O vidro refletivo ajuda na iluminação natural do ambiente sem causar um excesso de luminosidade. Devido às suas tonalidades, ele oferece conforto visual e deixa o ambiente iluminado na medida certa durante o dia.

Desvantagens

 

Pode causar acidentes com pássaros

As aves enxergam as cores de um modo totalmente diferente do ser humano e, por isso, não conseguem distinguir o que é real e o que é uma imagem refletida. Diante desse contexto, elas acabam colidindo com a fachada e esses acidentes podem ser fatais.

Uma forma de diminuir os impactos é colocando barreiras visuais que ajudem as aves a detectar a presença de um obstáculo à frente. Fitas, tintas, decalques ou redes de proteção são alguns exemplos de soluções usadas nesse caso.

Vidro refletivo em fachada de edifício (foto: Sorttie Marketing & Conteúdo)

10. Vidro refletivo em fachada de edifício (foto: Sorttie Marketing & Conteúdo)

Já usou vidro refletivo em algum projeto? Compartilhe com a gente nos comentários!