Conselho de Arquitetura e Urbanismo: saiba como aproveitar os benefícios do seu órgão representativo

Você já deve ter ouvido falar do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, certo? Mas sabe como ele funciona?

Jovem, muito jovem, o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil foi fundado em 15 de dezembro de 2011. Sua criação foi considerada uma conquista pelos arquitetos e urbanistas, que antes eram representados pelo CREA  (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) de seu estado.

Ao contrário do que muitos pensam, não se trata de uma mera instituição burocrática para que você possa exercer sua profissão. O CAU presta diversos serviços tanto à população quanto a seus associados e é importante que você conheça o conheça melhor.

Neste post, vamos explicar o que é o CAU Brasil, como tirar seu registro de arquiteto e outras informações úteis para o exercício de sua profissão.

Você sabia que também existe uma Associação Brasileira dos Arquitetos e Paisagistas – ABAP? Ela foi fundada em 1975 pela paisagista Rosa Kliass, saiba mais sobre essa arquiteta brasileira nestas duas postagens de nosso blog:

O que é o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo)?

 

conselho-de-arquitetura-e-urbanismo-duvida

conselho de arquitetura e urbanismo: dúvida

Desde o final dos anos 50, os profissionais da arquitetura buscam um conselho próprio. Arquitetos, designers de interiores, paisagistas e urbanistas sentiam a necessidade de serem representados por uma instituição mais dinâmica e ágil, voltada para as demandas específicas de sua profissão.

Assim, depois de muita luta e engajamento, o CAU, Conselho de Arquitetura e Urbanismo, foi criado pela Lei nº 12.378 em 31 de dezembro de 2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo no país, dando mais autonomia e representatividade para a profissão no Brasil.

Veja, segundo a definição oficial, o que é CAU:

O CAU é uma autarquia federal dotada de personalidade jurídica de direito público e possui a função de “orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de arquitetura e urbanismo, zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe em todo o território nacional, bem como pugnar pelo aperfeiçoamento do exercício da arquitetura e urbanismo”

Ou seja, o CAU tem, oficialmente, a função de “orientar, disciplinar e fiscalizar” o exercício da profissão, ele busca o aperfeiçoamento constante dessa atividade e defende os direitos de seus integrantes, mas, na prática, seu papel é bem mais amplo:

Princípios do CAU:

 

  • Promover Arquitetura e Urbanismo para todos.
  • Ser reconhecido como referência na defesa e fomento das boas práticas em Arquitetura e Urbanismo.
  • Impactar significativamente o planejamento e gestão do território e valorizar a Arquitetura e o Urbanismo.

Para atuar no mercado, os profissionais de arquitetura devem se registrar no conselho e assim estarão aptos para executar projetos e coordenar construções e reformas de espaços internos e externos.

Como consigo meu registro de arquiteto?

 

conselho-de-arquitetura-e-urbanismo-registro

conselho de arquitetura e urbanismo: registro

Depois de estudar, fazer estágios, apresentar projetos e trabalhos acadêmicos para se formar, sua jornada em busca da atuação profissional ainda não acabou. É preciso tomar algumas providências junto ao CAU.

O arquiteto e urbanista deverá providenciar seu registro profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo de seu estado, o que permite que ele atue em todo o país.

E isso é muito fácil, basta acessar o SICCAU (Sistema de informação e Comunicação do CAU) e iniciar seu cadastro no sistema enviando as cópias digitais dos seguintes documentos:

  1. Carteira de Identidade
  2. CPF
  3. Portaria de reconhecimento do curso
  4. Comprovante de quitação com o Serviço Militar
  5. Comprovante de residência (água, luz ou telefone)
  6. Prova de regularidade com a Justiça Eleitoral
  7. Histórico escolar do 3º grau
  8. Diploma ou certificado de conclusão do curso

Observações importantes:

  • O Diploma de conclusão do curso de Arquitetura e Urbanismo torna o registro definitivo.
  • O Certificado de conclusão do curso de Arquitetura e Urbanismo torna o registro provisório.

Além disso, quem tem o curso de técnico em edificações, que muitos arquitetos e urbanistas costumam fazer, se quiser exercer essa atividade também, precisará fazer outro registro profissional, esse, no CREA.

Use este link para fazer seu registro de arquiteto no CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo, depois no menu, do lado esquerdo da tela, clique em Solicitar Registro Profissional.

Está começando sua carreira de arquiteto, designer de interiores ou paisagista? Veja algumas dicas profissionais e sobre o mercado de trabalho de arquitetura que podem ajudar bastante:

O que fazer para registrar meu escritório de arquitetura no CAU Brasil?

 

As empresas de arquitetura e urbanismo também deverão registrar-se no CAU para atuação no mercado.

Da mesma forma, o registro pode ser feito online, seguindo estes procedimentos:

  • No menu do lado esquerdo, clique em “Solicitar Registro de Empresa”.
  • Preencha o requerimento de pessoa jurídica e anexe os documentos necessários para o registro em formato digital, conforme as instruções.

Veja nesta artigo de nosso blog como está o Mercado nacional: conheça e inspire-se nos 10 maiores escritórios de arquitetura do Brasil

Quanto custa o CAU?

 

conselho-de-arquitetura-e-urbanismo-preco

conselho de arquitetura e urbanismo: preço

Na data desta postagem, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo cobra uma anuidade dos profissionais cadastrados no valor de R$ 350,00.

Mas há algumas vantagens para recém-formados e veteranos:

  • Os profissionais formados há menos de 2 anos e acima de 30 anos de formados, pagarão metade do valor da anuidade.
  • A anuidade deixará de ser devida após 40 (quarenta) anos de contribuição da pessoa.

O valor total poderá ser parcelado, sem desconto, em 3 vezes.

As multas para quem não realizar os pagamentos em dia variam de 2 a 20%, dependendo do período do atraso no pagamento.

O cadastro e pagamento da anuidade traz alguns benefícios, por meio de parcerias com diversas empresas:

  • Graphisoft: Desconto de até 40% no ArchiCAD e curso com certificado
  • Totalcad: Descontos de até 22,6% no SketchUp Pro 2017 e curso básico por 3 meses
  • Banco do Brasil: Financiamento de até R$ 30.000 para clientes com necessidades especiais adaptarem suas residências
  • ABNT: Desconto de 50% na aquisição de normas técnicas e 15% nos cursos da ABNT

Descubra mais sobre os melhores programas para arquitetura e aproveite os descontos que o CAU oferece.

Além desses benefícios, é possível contar com descontos em cursos, planos de saúde e aquisição de medicamentos. Confira em mais detalhes tudo que o registro de arquitetos no CAU Brasil pode proporcionar, acessando este link: Benefícios CAU

O mercado de trabalho para o profissional formado em arquitetura encontra-se em expansão no país, em especial no setor de construção civil.

É importante manter-se atento aos benefícios de ser um profissional regularizado: busque as informações necessárias para isso. Desta forma, você valoriza a arquitetura brasileira e exerce as atividades da profissão da maneira correta, levando em consideração a sua importância para país.

Agora que você fez seu registro de arquiteto no CAU, que tal continuar se capacitando cada vez mais? Veja só esta dica de nosso blog: Intercâmbio de arquitetura no exterior: pago ou com bolsa de estudos?