Alvenaria: Saiba Tudo Sobre o Sistema Construtivo Mais Usado No Brasil

Alvenaria é um conjunto de pedras, tijolos ou blocos que formam a estrutura de uma edificação. O objetivo é oferecer resistência, vedar espaços e fornecer proteção acústica e térmica.

Trata-se do sistema construtivo mais usado no Brasil, mas porquê?

De acordo com uma pesquisa realizada pela CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil), apenas 15% dos brasileiros que já construíram ou reformaram uma casa contrataram um arquiteto.

Diante desse contexto, construir com alvenaria é a opção mais econômica e viável, já que é mais fácil encontrar mão de obra.

Por isso, todo arquiteto precisa conhecer com detalhes como esse sistema construtivo funciona. Para tirar todas suas dúvidas, no post vamos mostrar os materiais utilizados e principais vantagens e desvantagens da alvenaria. Acompanhe!

O que é alvenaria?

Alvenaria é um conjunto de pedras, tijolos ou blocos que formam a estrutura de uma edificação. O objetivo é oferecer resistência, vedar espaços e fornecer proteção acústica e térmica.

Parede de alvenaria de cerâmica

Parede de alvenaria de cerâmica

Mesmo com o aumento de obras com sistemas construtivos pré-moldados, como o Steel Frame, a casa de alvenaria continua sendo o tipo de moradia mais presente no Brasil.

Questões como o custo, o fácil acesso aos materiais e a ampla disponibilidade de mão de obra são alguns fatores que explicam a preferência dos brasileiros pela alvenaria.

Alvenaria tem ampla mão de obra disponível

Alvenaria tem ampla mão de obra disponível

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é necessário que haja a presença de argamassa para classificar uma estrutura de blocos como alvenaria.

Existem, por exemplo, piscinas e churrasqueiras de alvenaria. Mas os materiais usados nesse sistema construtivo são bem característicos e falaremos mais sobre eles ao longo do texto.

Churrasqueira de alvenaria

Churrasqueira de alvenaria

História da alvenaria: breve resumo

A alvenaria é um dos tipos de construções mais antigas da história. Não é possível dizer com precisão quando ela surgiu, mas especialistas apontam que tudo começou no Oriente Médio, na Mesopotâmia, entre 8.000 a 4.000 a.C.

Os primeiros materiais usados para a execução de alvenaria estrutural foram o adobe, o barro queimado, a argila seca ao sol e os blocos de arenito.

Estudos apontam que as pirâmides de Queóps, Quéfren e Miquerinos, no Egito, utilizaram pela primeira vez na história uma espécie de concreto entre os blocos.

A muralha da China e o Coliseu de Roma são outros exemplos de obras que marcaram o avanço da alvenaria ao longo da história.

Alvenaria: Pirâmides do Egito

Alvenaria: Pirâmides do Egito

Durante o século XX, diversas pesquisas trouxeram desenvolvimento para a construção civil.

Modelos matemáticos de cálculos e programas de arquitetura e engenharia permitiram a criação de novos materiais.

Diante desse contexto, a alvenaria tornou-se cada vez mais precisa e eficiente.

Veja também: Descubra os fatos mais curiosos sobre as 7 maravilhas do mundo

Quais são os materiais usados em casa de alvenaria?

 

  • Tijolo de Cerâmica
Alvenaria: tijolo cerâmico

Alvenaria: Tijolo Cerâmico

  • Tijolo de Vidro
Alvenaria: tijolo de vidro (foto: Mercado Livre)

Alvenaria: Tijolo de Vidro (foto: Mercado Livre)

  • Tijolo de Concreto
Alvenaria: Tijolo de Concreto

Alvenaria: Tijolo de Concreto

  • Tijolo de Concreto Celular
Alvenaria: Tijolo de concreto celular

Alvenaria: Tijolo de Concreto Celular

  • Tijolo de Adobe
Alvenaria: tijolo de adobe

Alvenaria: Tijolo de Adobe

  • Pedras
Alvenaria de pedra em muro

Alvenaria de pedra em muro

Qual é a função da argamassa na alvenaria?

A argamassa é uma mistura de cimento, areia, cal e água. Sua principal função é servir como uma espécie de cola e ajudar na aderência dos blocos de alvenaria.

Ela também é utilizada em outras etapas da obra, como na colocação de revestimentos.

Uma das características da argamassa é o traço, que consiste na proporção de cada material de acordo com a finalidade do uso.

Alvenaria: argamassa é usada no assentamento dos blocos

Alvenaria: argamassa é usada no assentamento dos blocos

Essa mistura costuma ser feita diretamente no canteiro de obra, mas nos últimos anos o mercado começou a oferecer argamassas prontas, o que agiliza o início da construção e diminui os erros de traço.

Vale lembrar que a argamassa usada em alvenaria é diferente daquela aplicada na colocação de revestimentos.

Veja também: Guia completo – como escolher o piso ideal para cada ambiente do seu projeto

Quais são os tipos de alvenaria?

 

Alvenaria estrutural

Como o próprio nome diz, alvenaria estrutural é o tipo de sistema construtivo que usa técnicas de alvenaria na infraestrutura da casa.

O objetivo da alvenaria estrutural é dar suporte ao peso das paredes, da laje, dos móveis e, claro, das pessoas que ocuparão o espaço.

Ela pode ser feita com blocos cerâmicos, ecológicos, de concreto, concreto celular ou adobe.

O projeto da casa de alvenaria é feito pelo arquiteto, que em conjunto com profissionais de elétrica e hidráulica deve determinar as melhores soluções de acordo com as necessidades do cliente.

Ainda tem dúvidas sobre como é feito um projeto de arquitetura? Temos as respostas aqui: As 7 etapas de um projeto de arquitetura: da primeira reunião até o final da obra

Alvenaria estrutural de concreto

Alvenaria estrutural de concreto

As paredes de uma edificação podem ser de alvenaria estrutural ou de vedação.

No primeiro caso, é proibido derrubá-las em uma reforma sem uma análise prévia da necessidade de elementos de apoio à laje.

Por isso, sempre que um arquiteto reformar uma casa ou apartamento de alvenaria, é essencial ter a planta do imóvel em mãos.

No caso de apartamentos, as paredes estruturais são mais comuns em edificações antigas, já que obras recentes são feitas com estruturas de concreto e paredes apenas de vedação.

Em edificações com mais de 4 pavimentos, é necessário o uso de barras de aço junto com os blocos de alvenaria estrutural.

Alvenaria de concreto com mais de 4 pavimentos (foto: Total Construção)

Alvenaria de concreto com mais de 4 pavimentos (foto: Total Construção)

Alvenaria de vedação

A alvenaria de vedação é feita para suportar apenas o seu próprio peso e a carga das portas e janelas instaladas nela.

Ou seja, ela não tem função estrutural na edificação, apenas funciona para separar os ambientes. Diante desse contexto, a alvenaria de vedação necessita de vigas e pilares para a sua execução.

Alvenaria de vedação de cerâmica (foto: Guia Obra)

Alvenaria de vedação de cerâmica (foto: Guia Obra)

Outra função importante da alvenaria de vedação é proporcionar conforto térmico e acústico aos moradores.

A alvenaria de vedação por ser feita com blocos cerâmicos, ecológicos, de concreto, concreto celular ou adobe.

Alvenaria: vantagens e desvantagens

Vantagens

 

Normatização consolidada

Por tratar-se do sistema construtivo mais usado no Brasil, a alvenaria tem diversas regulamentações que oferecem segurança e praticidade para profissionais e clientes.

Só para citar dois exemplos, há duas normas que regem a fabricação e o controle de qualidade dos blocos de concreto. São elas:

  • ABNT NBR 6136/2014 – Blocos de Concreto para Alvenaria Estrutural
  • ABNT NBR 12118/2013 – Blocos Vazados de Concreto Simples para Alvenaria – Método de Ensaio

Rapidez na obra

Obras de alvenaria costumam ser rápidas, já que há uma facilidade na compatibilização de projetos (arquitetônico, hidráulico e elétrico).

Custo

A alvenaria é o método construtivo com melhor custo, pois os materiais e mão de obra são de fácil acesso.

Além disso, não há o gasto excessivo com a madeira e aço, como acontece em obras de concreto armado, por exemplo.

Alvenaria: custo é menor em relação a outros sistemas construtivos

Alvenaria: custo é menor em relação a outros sistemas construtivos

Outro exemplo de economia: em obras de alvenaria de concreto, como o bloco é maior do que o de cerâmica, existe também uma redução no uso de argamassa.

Vale lembrar que o custo-benefício é bem relativo para o cliente, e obras com infraestrutura pré-moldada podem representar um ganho maior futuramente em alguns casos.

Desvantagens

 

É pesada

Os materiais usados em alvenaria são pesados, o que exige uma fundação mais resistente e demorada.

Além disso, o peso também impacta o transporte dos materiais e pode provocar atrasos na obra quando feito de forma desorganizada.

Dificulta futuras reformas

Conforme explicamos ao longo do texto, não são todas as paredes que podem ser derrubadas em uma edificação de alvenaria.

Diante desse contexto, futuras reformas podem ser limitadas ou gerar mais trabalho e custo para o cliente.

Alvenaria: reformas são mais difíceis e caras (foto: simulaimob)

Alvenaria: reformas são mais difíceis e caras (foto: simulaimob)

Não é um sistema construtivo sustentável

O mercado da construção civil é um dos segmentos que mais gastam água no mundo.

De acordo com o Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), a construção civil é responsável por grande parte do consumo de água potável do mundo, chegando a ser responsável por 50% do consumo de água em áreas urbanas.

A água é usada principalmente em alvenaria de concreto e cerâmica. Além disso, os blocos não são reaproveitáveis como em outros sistemas construtivos, por exemplo nas casas de isopor.

A boa notícia é que o próprio mercado da construção civil está propondo soluções para esse problema como os tijolos ecológicos ou de concreto celular.

Todo arquiteto precisa conhecer com detalhes o sistema construtivo de alvenaria. Veja outras dicas que vão dar um UP na sua obra: