4 dicas valiosas para projetar um banheiro comercial bem feito!

Filas inesgotáveis, falta de privacidade e localização inadequada são alguns dos itens mais apontados pelas pessoas quando questionadas sobre a qualidade de um banheiro comercial, como os de shoppings e edifícios de escritórios.

Mesmo sendo um lugar frequentado por todos os usuários, algumas empresas e estabelecimentos ainda apresentam certa resistência em investir em seus banheiros, o que se trata de um grande erro, já que esses ambientes podem ser uma boa oportunidade para reforçar uma boa experiência do cliente no local.

Vale lembrar que um banheiro eficiente e bem apresentado demonstra preocupação, respeito e zelo pelo frequentador. Por isso é importante que os projetos desses espaços sejam criteriosos.

Pensando nisso, reunimos quatro dicas valiosas para você, arquiteto ou designer de interiores, aplicar no projeto de banheiros comerciais.

Está projetando o banheiro de um escritório compartilhado? Confira 8 pontos essenciais a se considerar na hora do projeto de banheiro de coworking.

Projeto de banheiro comercial

 

banheiro-comercial

banheiro comercial

1 – Dimensionamento e medidas do banheiro comercial

 

Uma das principais críticas de usuários de estabelecimentos comerciais são as desagradáveis filas para utilização dos banheiros. Nada mais desconfortável que uma longa espera, principalmente numa situação de urgência.

Para evitar essa situação e assegurar conforto dos usuários, os projetos de banheiros de uso público devem prever o fluxo de pessoas para um correto dimensionamento do ambiente e equipamentos a serem instalados.

No caso de empreendimentos como shopping centers, deve-se considerar o movimento de pessoas em cada piso.

De acordo com a NR – 24 Norma Regulamentadora 24 – Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho, todo estabelecimento deve ser dotado de instalações sanitárias, constituídas por vasos sanitários, mictórios, lavatórios e chuveiros, na proporção mínima de um conjunto para cada grupo de 20 trabalhadores ou fração.

Os estabelecimentos localizados em shopping centers ou centros comerciais podem ser dispensados de instalações sanitárias próprias, desde que o local possua sanitário de uso comum separado por gênero.

O dimensionamento dos banheiros de estabelecimentos comerciais deve estar de acordo com Código de Obras e Edificações estabelecido por cada município, de acordo com o fluxo de usuários e em função da atividade desenvolvida.

As instalações sanitárias devem ser dimensionadas em razão do tipo de peças que contiverem, conforme a tabela:

dimensionamento-banheiro

tabela de dimensionamento do banheiro

A quantidade de equipamentos sanitários deve seguir a tabela:

quantidade-banheiro

tabela de quantidade de aparelhos sanitários

Portanto, para estabelecimentos comerciais e de serviços com ao acesso ao público e circulação horizontal com largura superior a 1,50m, deve-se acrescentar 1 bacia a cada 100 pessoas.

Já escolheu as louças e metais que irá usar? Inspire-se com os catálogos da Deca:

cta-lp-catalogos-deca

2 – Localização

 

Outra questão muito criticada por usuários de estabelecimentos comerciais é a localização inadequada dos banheiros.

É muito comum a seguinte situação: você está em um shopping e, de repente, sente vontade de ir ao banheiro. Busca informação de onde ficam os banheiros, tenta seguir as indicações das placas, mas ao final elas não levam a lugar nenhum. Esse é um típico caso de localização inadequada ou de má sinalização, aspectos muito importantes a serem considerados no projetos dos banheiros.

As instalações sanitárias devem estar situadas em locais de fácil e seguro acesso, com sinalização específica e de preferência próximas às circulações verticais (escadas rolantes e elevadores).

Corredores muito longos e cheios de portas confundem os usuários e prejudicam sua orientação no espaço.

Para espaços de trabalho como escritórios, a NR 24 estabelece que os banheiros estejam localizados de forma a evitar deslocamento superior a cento e cinquenta metros do posto de trabalho.

Veja também:

3 – Privacidade e higiene

 

 

banheiro-comercial-moderno

banheiro comercial moderno

Privacidade e higiene são palavras de ordem quando o assunto é banheiro de uso público. De acordo com a NR 24, as instalações sanitárias devem ser separadas por sexo e ser construídas com portas de modo a manter o resguardo conveniente.

Ainda de acordo com a Norma, os compartimentos das cabines sanitárias devem ser individuais, dotados de portas independentes com sistema de fechamento que impeça o devassamento.

Os lavatórios devem ser providos de material para a limpeza e secagem das mãos, proibindo-se o uso de toalhas coletivas.

Podem ser utilizados secadores de mão elétricos, que poluem menos e reduzem custos. Porém, há que se considerar que alguns modelos são bastante barulhentos, e podem tornar o espaço desagradável. O uso desse tipo de equipamento também costuma resultar em mais água respingada no piso, o que prejudica a limpeza do ambiente.

Alguns shoppings disponibilizam bebedouros com água potável dentro dos banheiros, o que nem sempre é um solução prática e higiênica. Situar as máquinas nos corredores de acesso pode ser uma alternativa mais adequada, desde que possível.

Antes de colocar na mão na massa, confira nosso post sobre os pontos de atenção na hora da instalação dos produtos para o banheiro.

4 – Os detalhes fazem a diferença

 

banheiro-comercial-detalhes

Banheiro comercial – detalhes que fazem a diferença

Considerar pequenos detalhes no projeto pode ser a diferença para uma boa experiência dos usuários de banheiros de uso público.

No caso de banheiros femininos, assento descartável para o vaso, espelhos de corpo inteiro e espaços adaptados para o retoque da maquiagem são soluções bem-vindas.

Outro ponto interessante é prever apoio para a bolsa na hora de lavar as mãos, evitando que ela seja apoiada em bancadas molhadas. Esse inconveniente também pode ser evitado utilizando-se cubas mais altas, que evitem respingos.

Outra solução interessante para banheiros de shopping, principalmente os localizados nas praças de alimentação, é prover áreas específicas para a higiene bucal. Buscando um diferencial, alguns banheiros de shoppings já disponibilizam serviços mais específicos, como maquiador nos banheiros femininos e engraxate nos masculinos.

Uma iluminação ideal para banheiro é outro item capaz de criar uma boa impressão. Banheiros bem iluminados aumentam a sensação de limpeza e segurança.

No que diz respeito aos materiais, esses devem ter características de fácil limpeza, para que a equipe de manutenção consiga manter os banheiros sempre com a melhor aparência.

Banheiros charmosos, claros e limpos são detalhes muito valorizados pelos usuários e devem ser perseguidos nos projetos de banheiros de estabelecimentos comerciais.

Para que a experiência do usuário seja positiva, o banheiro, além de beleza, deve combinar funcionalidade e praticidade. O ponto fundamental é ter sensibilidade para entender a necessidade específica dos usuários e contemplá-las nos projetos.

Quer valorizar seu projeto através da iluminação? Confira o curso gratuito de Light Design:

curso-light-design

Este post foi escrito pela Deca, maior fabricante de louças e metais sanitários do Hemisfério Sul.