O que é possível fazer em projetos de casas com drywall? 5 exemplos que irão mudar a sua obra

Agilidade e praticidade são qualidades conhecidas do drywall quando se fala do uso desse material em projetos de interiores e arquitetura. Além disso, outras vantagens que vem fazendo com que cada vez mais profissionais e consumidores optem pelo sistema drywall em suas casas é a qualidade do acabamento, menor desperdício de material e a limpeza e organização na obra.

Porém, o que provavelmente ainda é desconhecido para você profissional arquiteto ou designer de interiores, é a grande versatilidade de usos do drywall num projeto, que vai muito além de forros, sancas e divisórias. São inúmeras as possibilidades e soluções que se podem aplicar explorando a criatividade, criando projetos exclusivos e personalizados.

Procurando inspiração? Confira o catálogo da Knauf e se surpreenda com todas as possibilidades de uso do Drywall.

cta-lp-catalogos-knauf

Para inspirar, listamos aqui algumas aplicações inovadoras do drywall, provando que se trata de um material flexível e versátil. Agora só depende de você e da sua imaginação!

Não conhece esse material ainda? Descubra o que é drywall e veja como ele realmente funciona.

Casa com drywall: 5 provas da flexibilidade do sistema drywall

 

1 – Cabeceiras de cama de drywall

 

casa-com-drywall-cabeceira-de-cama-de-drywall

casa com drywall: cabeceira da cama em drywall com nichos

 

As cabeceiras de cama, além de contribuírem para a estética do projeto e proporcionarem mais aconchego, também são muito úteis para proteger as paredes de sujeiras e arranhões e aumentar a durabilidade do espaço.

Com o surgimento de modelos de cama sem cabeceiras, as chamadas camas box, a cabeceira se tornou um elemento importante de um dormitório e também merece um projeto especial. Recebendo formas e revestimentos variados, a cabeceira pode se tornar a peça ícone do seu projeto, totalmente exclusiva e personalizada.

Um dos materiais mais inovadores para cabeceiras é o drywall. Resistente e muito limpo, o drywall permite criar painéis de cabeceira em diferentes formatos e que podem receber todos os tipos de revestimentos, desde estofados até madeira. É possível utilizar somente o drywall pintado, sem revestimento, o que confere um design bastante diferenciado ao projeto.

As cabeceiras de drywall permitem também incorporar os criados-mudos à peça, tendo-se como resultado a unificação de todos os elementos. Outra vantagem é que é possível embutir iluminação no drywall, trabalhando com iluminação indireta e criando um ambiente ainda mais aconchegante.

2 – Estante e nicho de drywall

 

Estantes e nichos são elementos muito utilizados em projetos porque além de muito funcionais, valorizam os ambientes. Porém, muitas vezes arquitetos e designers deparam-se com o problema do custo de execução desse tipo de mobiliário, pois exige um acabamento refinado e mão de obra especializada, o que acaba por onerar o custo da obra.

Nessa situação, o drywall é indicado como uma ótima solução, em termos econômicos e em questões de durabilidade e resistência (além das questões de rapidez na instalação e limpeza, já citados anteriormente). Os móveis podem ser desenhados a critério do projetista, com formas e dimensões variadas, podendo receber revestimento ou pintura.

A iluminação embutida também é uma ótima estratégia nesse tipo de mobiliário em drywall,  pois vai valorizar ainda mais os objetos de decoração ali expostos. Os nichos  e estantes também podem servir como divisória entre ambientes, como por exemplo entre uma sala de estar e uma sala de jantar.

Além de nichos e estantes, outros mobiliários podem ser feitos em drywall, como painéis para TV, prateleiras, e balcões. Representando uma significativa  economia (de tempo e dinheiro), o orçamento do mobiliário pode ser reduzido de 40 a 60% e ainda é possível se manter a funcionalidade e a beleza dos ambientes.

Ficou interessado? Confira outras vantagens do drywall.

3 – Guarda-roupa e closet em drywall

 

Outro item bastante oneroso em um projeto residencial é o closet e os guarda-roupas. Essa é mais uma situação em que o drywall se apresenta como uma ótima solução: tendo um custo geralmente bem menor que a marcenaria tradicional, pode-se fazer em drywall guarda-roupas e closets totalmente planejados e sob medida para atender especificamente todas as necessidades do cliente.

Além de muito resistente, o drywall permite a fixação das barras de cabideiro e outros acessórios que facilitam a organização das peças. Pode-se utilizar também gaveteiros móveis na composição desses elementos.

Outros materiais como vidro e madeira também podem ser utilizados juntamente ao drywall, como por exemplo no caso de portas e divisórias, desde que se tenha um sistema reforçado de fixação desses elementos.

Mais uma vez, também é possível utilizar o recurso da iluminação embutida no drywall, contribuindo para maior visibilidade das peças.

Além das vantagens de custo e facilidade de execução, trabalhar com o drywall é também uma alternativa que permite mais versatilidade aos espaços, que podem ser facilmente pintados e revestidos.

Quer saber mais sobre iluminação? Confira:

4 – Formas curvas e redondas em drywall

 

casa-com-drywall-formas-curvas-em-drywall

casa com drywall: parede curva em drywall

Uma característica do sistema drywall bastante desconhecida por arquitetos e designers de interiores é que ele permite a obtenção, com facilidade, de formas diferenciadas, proporcionando ainda mais liberdade de criação nos projetos.

O drywall facilita inclusive um resultado muito difícil de ser obtido em alvenaria tradicional: a montagem de paredes e formas curvas. O material permite uma curvatura uniforme, assegurando a qualidade do acabamento.

Desde a aplicação em mobiliários redondos até painéis artísticos e paredes curvas, são inúmeras as soluções que podem ser desenvolvidas, porém é preciso atentar-se para a correta montagem da estrutura dos perfis metálicos, que geralmente são dispostos a distâncias inferiores a 60 cm. De acordo com o raio de curvatura, os montantes devem ser distanciados em 30, 20 e até 15 cm.

Recomenda-se também que em paredes curvas as chapas de drywall sejam colocadas na horizontal e não na vertical. A chapa deve ser curvada lentamente e parafusada em cada montante, garantindo uma curvatura uniforme.

Já estão disponíveis no mercado guias e montantes flexíveis, que facilitam a instalação e proporcionam melhor acabamento. Vale lembrar também que é indispensável que a execução seja feita por profissionais especializados e o material utilizado seja de qualidade.

Confira também outras maneiras de usar drywall:

cta-blog-lp-drywall-knauf

5 – Planta livre e drywall: flexibilidade de layout e fácil manutenção

 

casa-com-drywall-planta-flexivel

casa com drywall: planta com soluções de layout flexível são tendência no mercado de arquitetura e interiores

Legenda: planta com soluções de layout flexível são tendência no mercado de arquitetura e interiores

Uma das grandes tendências atuais do mercado de arquitetura e design de interiores é a procura dos clientes por espaços, elementos e materiais que permitam uma maior flexibilização dos ambientes.

A demanda é tão grande que foi inclusive absorvida pelo próprio mercado imobiliário, que recentemente busca atender as necessidades específicas de cada cliente lançando empreendimentos de imóveis com planta livre, em que os próprios usuários escolhem a disposição dos ambientes de acordo com suas prioridades e desejos.

Na busca pela personalização e flexibilidade dos espaços, o drywall se apresenta como a melhor solução construtiva: a facilidade e rapidez de construção e demolição permitem que uma parede de uma edificação seja facilmente construída ou remanejada, sem gerar entulho, pó e outros transtornos de obra.

Além disso, outra vantagem do drywall é a facilidade de manutenção em dutos de passagem de tubulação, shafts, e outros locais em que podem ser necessários acesso para manutenção. A previsão de janelas de verificação ou mesmo alçapões evitam que seja necessário quebrar a superfície no caso de necessidade de acesso. Ainda assim, mesmo que haja a quebra, o drywall permite total reintegração ao estado original.

Convencido de que o drywall tem muito mais possibilidades de uso do que você imaginava? Agora é correr pra prancheta e aproveitar todas as vantagens que esse material tão versátil pode oferecer!

banner knauf

Este texto foi escrito pela Knauf, referência mundial em sistemas de construção a seco.