4 perguntas para se fazer ao escolher um ponto comercial para o seu negócio

Abrir um negócio no Brasil não é nada fácil: são quase 30 os processos pelos quais você tem que passar para formalizar seu negócio! Mas antes de tudo isso é preciso saber como escolher ponto comercial para não sair no prejuízo mais tarde.

Além disso, a taxa de sobrevivência de negócios no país não é das melhores: estima-se que após 2 anos de atividade, quase 25% das micro e pequenas empresas, que respondem pela maior parte do PIB, fecham as portas. Ao se observar o horizonte de cinco anos, a mortalidade aumenta para 40%.

Esteja preparado: Veja os 3 erros mais comuns que destroem a lucratividade de arquitetos – e como resolvê-los.

Empreendedores fazem de tudo para que seu negócio não caia nessa estatística. Detalhes que nem sempre recebem a atenção merecida fazem a diferença nessa missão!

Quer empreender? Confira nossas dicas de como montar um escritório de design de interiores.

Encontrar a melhor loja para alugar é uma delas. O local onde a empresa funciona pode fazer milagres por sua rentabilidade e, consequentemente, seu sucesso.

Você está no processo de procurar o ponto perfeito para o seu negócio? Então esse post muito te interessa! Separamos 4 perguntas para se fazer antes de fazer a escolha do ponto comercial, para acertar em cheio! Confira:

1. Ponto comercial à venda ou para alugar?

 

como-escolher-ponto-comercial-alugar-ou-comprar

como escolher ponto comercial: alugar ou comprar

Tal qual no caso do orçamento doméstico, escolher entre um ponto comercial para alugar ou comprar é uma questão que exige muita reflexão.

Independentemente do tipo de imóvel adquirido, você se verá às voltas com um financiamento longo, caro e que pesará bastante no seu orçamento, principalmente se a sua empresa tiver pouco tempo de atividade.

Portanto, se o seu negócio ainda é jovem, o melhor é encontrar um ponto comercial para alugar. Menos burocrático, o aluguel permite que você estabeleça sua empresa antes de dar o passo seguinte, que é ter o ponto próprio.

Além disso, se você é um empreendedor de primeira viagem, é natural que você cometa alguns erros. Um deles pode ser, justamente, a escolha do ponto comerical. Se você notar que outro local seria melhor, pode simplesmente rescindir o contrato de aluguel e procurar outro imóvel que satisfaça melhor as suas necessidades.

Nossas dicas de planejamento financeiro para profissionais autônomos podem te ajudar!

Agora, se o seu negócio já está maduro e estabilizado, e você já sabe qual é a localização que melhor funciona para a empresa, você pode procurar pontos comerciais à venda.

Ainda assim, escolha com cuidado: é uma escolha praticamente definitiva!

Essa também também é uma boa aquisição para garantir uma renda extra a seu negócio. Por exemplo: você pode adquirir duas lojas contíguas, ocupar apenas uma e alugar a outra.

2. Como escolher ponto comercial? Qual é a melhor localização?

 

como-escolher-ponto-comercial-localizacao

como escolher ponto comercial: localização

Não há uma forma de afirmar, taxativamente, qual é a melhor localização para o seu negócio. Essa é uma decisão que você deve tomar de acordo com o posicionamento estratégico do seu negócio. Em outras palavras, você deve estar onde o seu público está!

Se a sua empresa tem uma segmentação mais popular, a melhor loja para alugar será em bairros com esse perfil. Locais muito movimentados, no centro da cidade, também são uma boa opção – especialmente se houver uma grande oferta de transporte público na região.

Agora, se ele pender para o lado premium, a localização ideal é totalmente diferente. É essencial que ele esteja em um bairro nobre, ou em um local por onde passem pessoas de alto poder aquisitivo, como shoppings ou condomínios com esse perfil.

Nesse caso, vale a pena investir em um local diferenciado, com decoração elegante e, de preferência, com estacionamento. Não se esqueça de arrematar com uma equipe exaustivamente treinada, preparada para fazer mais do que vender, mas prestar uma verdadeira consultoria a seus clientes.

Confira as maiores tendências de móveis para escritório de arquitetura e tenha uma decoração diferenciada!

Caso você esteja com um orçamento mais folgado, vale a pena investir em uma loja para alugar em um shopping. Fique atento: além do aluguel fixo, há muitos shoppings que cobram um valor extra variável, proporcional ao volume de vendas do seu negócio.

Se, por um lado, o custo é mais alto, por outro o fluxo de pessoas tende a ser maior e você conta com mais segurança para o seu estabelecimento.

3. Quanto eu devo gastar?

 

como-escolher-ponto-comercial-gastos

como escolher ponto comercial: gastos

Novamente, não é possível apontar, taxativamente, uma quantia ideal para você gastar com a compra ou o aluguel do seu ponto comercial.

Por exemplo: no caso de franquias, geralmente o conselho é que não se comprometa mais de 15% do faturamento com o ponto. Porém, dependendo do negócio, a cifra pode cair para 7%.

Entretanto, independente do ramo e do posicionamento da sua empresa, comece com os pés no chão. Se a sua empresa é jovem, não comece procurando por pontos comerciais à venda nem por imóveis enormes e luxuosos. É melhor começar pequeno, alugando um espaço, e, à medida que o negócio crescer, ir expandindo.

Contudo, se você pretende montar um negócio de posicionamento premium, saiba que o ponto não vai sair barato. Do mesmo modo que acontece com imóveis residenciais, pontos comerciais em bairros nobres têm um preço por metro quadrado bem acima da média.

Saiba também que você pode usar a crise a seu favor. Isso mesmo! Com ela, muitos proprietários estão mais flexíveis e dispostos a negociar tanto o valor quanto às condições do contrato do aluguel. Use isso a seu favor!

Você também aproveitar e fechar mais projetos na crise.

4. No que devo prestar atenção ao procurar lojas para alugar ou vender?

 

como-escolher-ponto-comercial-infiltracao

como escolher ponto comercial: infiltração

Prepare-se para gastar as solas dos sapatos: a procura pelo ponto comercial perfeito é longa! Não descanse até achar exatamente o que procura: lembre-se de que ele pode ser crucial para o desempenho do seu negócio, principalmente nos primeiros meses!

Há algumas coisas para ficar de olho durante a visita. Confira:

  • O estado das paredes: paredes mofadas ou com a pintura descascando podem significar problemas de infiltração, o que vai te render uma bela dor de cabeça. Fuja disso!
  • Os arredores: se o ponto que você está visitando fica em um mini shopping ou conjunto de lojas, observe os outros estabelecimentos ao redor. Eles têm um público-alvo parecido com o seu? Podem se transformar em seus concorrentes?
  • Pontos comerciais vazios nas redondezas: se houver muitas lojas para alugar vazias nas redondezas, sinal amarelo! Isso pode significar que essa não é uma boa localização para o seu comércio.
  • A segurança: o imóvel já possui estruturas como sensores de presença, câmeras de segurança e alarme? Sim? Pontos para ele! Ainda pensando na segurança, é importante estar em uma rua bem iluminada, para o bem de funcionários e clientes.

Não tenha preguiça de procurar bastante, analisar cada cantinho dos imóveis visitados nem de pedir a opinião de outras pessoas. Isso tudo é fundamental para encontrar o melhor local para alugar!

Tem mais alguma dica? Compartilhe nos comentários!