Como pintar drywall: confira o passo a passo e 7 dicas práticas!

Como pintar drywall

Como pintar drywall

É inquestionável a praticidade do sistema drywall, devido à sua versatilidade, fácil instalação, limpeza e economia.

Como se sabe, as chapas de gesso para drywall são constituídas de um miolo de gesso revestido nos dois lados por cartão duplex (próprio para drywall). Portanto, a superfície dos elementos construtivos – paredes, forros e revestimentos – não é constituída de gesso, e sim de cartão.

A constituição do material costuma gerar uma dúvida bastante recorrente entre leigos e profissionais da área de arquitetura e design: afinal, como pintar parede de drywall?

Nesse post, vamos responder à essa dúvida e outras questões relacionadas a como pintar drywall. Confira!

Leia mais sobre drywall:

Como escolher tinta para pintar drywall?

 

Como pintar drywall: tinta para pintura em drywall

Como pintar drywall: tinta para pintura em drywall

Uma dúvida comum de quem trabalha em construção civil é qual a tinta escolher para pintar drywall.

De acordo com a Associação Brasileira do Drywall, a superfície do drywall pode receber tintas que atendam às especificações da Norma ABNT NBR 15079 – Tintas para construção civil – Especificação dos requisitos mínimos de desempenho de tintas para edificações não industriais – Tintas látex nas cores claras.

Cores escuras, quando aplicadas em ambientes internos, seguem as mesmas especificações da norma acima.

Não sabe qual cor escolher para o ambiente? Veja o significado das cores na arquitetura!

Como pintar drywall: 3 passos básicos!

 

Agora que você já sabe qual é a tinta correta para pintar drywall, veja como pintar uma parede de drywall:

Passo 1: verificar a superfície que receberá pintura

 

Primeiramente deve-se avaliar a superfície a ser pintada para detectar possíveis falhas no tratamento das juntas e saliências ou rebaixamento nos pontos das cabeças dos parafusos. Caso seja detectada alguma ocorrência, ela deve ser corrigida antes de qualquer intervenção.

Passo 2: preparar a superfície a ser pintada

 

Essa é uma etapa importante para conseguir um bom acabamento na pintura. Já é natural do drywall apresentar uma superfície lisa e nivelada, porém ainda assim é possível se encontrar irregularidades na cor e na textura.

Além disso, o nível de absorção é diferente entre a superfície do cartão e a massa, aplicada na região das juntas, entre as chapas, e das cabeças dos parafusos.

As imperfeições, quando superficiais, podem ser corrigidas por meio da aplicação de massa corrida látex para interiores, que deve estar totalmente seca para dar-se sequência ao procedimento de pintura.

Uma dica para verificar se a massa está seca é pressionar a ponta de algum objeto (pode ser a sua própria unha) e observar se vai ser formado algum vinco ou ranhura. Caso isso aconteça, significa que a massa ainda não está seca.

Depois da massa estar totalmente seca, deve-se lixar as áreas tratadas nas juntas entre as chapas e nas cabeças dos parafusos, para eliminação de sobras de massa e pequenas irregularidades.

Para nivelar a superfície da parede ou forro a ser pintado, recomenda-se a utilização de lixa grana 150 ou 180 aplicada com uma base (um taco de piso, por exemplo), de forma a manter plana a superfície tratada.

Como pintar drywall: lixa grana

Como pintar drywall: lixa grana

Para acabamentos mais sofisticados, sugere-se a aplicação de mais uma demão de fundo ou massa sobre toda a superfície do drywall, seguido novamente da aplicação de lixa grana 220 ou 280.

Atenção! A superfície geral do cartão não deve ser lixada.

Ao final de cada procedimento, é necessário eliminar o pó de toda a superfície.

Passo 3: preparar as tintas e complementos

 

As tintas e seus complementos também devem ser preparados antes da aplicação.

Visando uma textura mais homogênea, deve-se agitar todos os produtos antes de sua utilização.

Outros produtos também podem exigir diluição, que deve ser realizada de acordo com as especificações de cada fabricante.

7 dicas para manutenção da pintura

 

Separamos 7 dicas que pode ajudá-lo a manter a pintura do drywall mais bonita por mais tempo, confira:

1- Aguarde, no mínimo, duas semanas para realizar a limpeza da superfície pintada para garantir a durabilidade da pintura.

2- Recomenda-se limpeza anual da superfície pintada para remoção de maresia, poluição, microorganismos e outros contaminantes/sujeiras.

3- A limpeza deve ser feita somente com detergente líquido neutro e esponja macia, pois o uso de produtos abrasivos pode danificar a superfície pintada.

Os movimentos devem ser feitos de forma suave e homogênea em toda a superfície. Em seguida, o enxágue deve ser feito com água limpa. Nunca limpe a pintura de drywall com pano seco, pois poderá ocorrer o polimento da superfície (manchas brilhantes).

Também não é recomendado o uso de equipamentos que utilizem água quente ou vapor, pois podem gerar manchas indesejadas.

4- No caso de manchas de caneta, lápis, gorduras, respingos de alimentos e outras não removíveis com detergente líquido neutro e esponja macia, toda a superfície atingida deve ser repintada.

5- Para remoção de mofo, a superfície deve ser limpa com uma solução de água sanitária e água na proporção de 1:2. Deve-se deixar agir por 4 horas e, em seguida, enxaguar com água potável. Esse procedimento deve ser repetido após 15 dias, para evitar o reaparecimento do mofo.

Quer mais dicas para evitar o mofo? Descubra como tirar a umidade de ambientes fechados usando os materiais certos em seus projetos

6- Para remoção de tinta spray sobre a superfície pintada, utilize um produto removedor adequado para a tinta utilizada (os fabricantes fornecem essa informação). Deixe agir por alguns minutos e, com o auxílio de um pano ou estopa, execute movimentos circulares e contínuos.

Repita esse procedimento até total remoção. Ao final do processo, a limpeza da superfície pode ser efetuada normalmente com água e sabão.

7- Caso seja necessário efetuar reparos e/ou retoques de pintura, o ideal é pintar a parede por inteiro, pois a tinta sofre um envelhecimento natural e quando retocada somente em uma parte de uma parede, pode ocorrer diferença de aspecto, textura e cor.

Agora que você já sabe como pintar parede de drywall, aprenda mais sobre o uso do material e ainda concorra a prêmios:

banner knauf

Este texto foi escrito pela Knauf, referência mundial em sistemas de construção a seco