Contrapiso: Confira 8 Passos Para Uma Instalação sem Erros

Contrapiso é a camada intermediária, de concreto ou argamassa, que fica entre a estrutura da edificação e o revestimento de piso. Sua espessura é de 3 cm a 5 cm e a instalação é feita em ambientes internos, externos e lajes.

Essa etapa da obra deve ser executada com perfeição, já que um contrapiso mal feito compromete os acabamentos e traz muita dor de cabeça para o cliente.

Tem curiosidade de saber como se faz contrapiso? No post de hoje, vamos mostrar o passo a passo completo para evitar erros e ter um piso impecável. Acompanhe!

O que é contrapiso?

Contrapiso é a camada intermediária, de concreto ou argamassa, que fica entre a estrutura da edificação e o revestimento de piso. Sua espessura é de 3 cm a 5 cm e a instalação é feita em ambientes internos, externos e lajes.

O principal objetivo do contrapiso é nivelar o solo ou a laje para receber revestimentos.

O contrapiso também é feito para criar inclinação em áreas úmidas e facilitar o escoamento da água.

O que é contrapiso (foto: UFRGS)

O que é contrapiso (foto: UFRGS)

Você pode conferir as especificações técnicas da execução do contrapiso nas seguintes normas da ABNT:

  • NBR 13753 – Revestimento de piso interno ou externo com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante
  • NBR 12260 NB 1343 Execução de piso com argamassa de alta resistência mecânica

Veja também: Taxa de Ocupação e Coeficiente de Aproveitamento – Veja Como Calcular e Realize Seus Projetos Dentro das Normas

Quais são os materiais usados no contrapiso?

O contrapiso é feito com cimento e areia (na proporção de 1:4) ou com argamassa industrializada.

No segundo caso, a mistura já vem pronta, é só adicionar água.

Veja outros materiais usados para fazer o contrapiso:

  • Argamassa para contrapiso;
  • Cimento;
  • Mangueira de nível, nível a laser ou nível alemão
  • Tacos de cerâmica ou tijolo para fazer as taliscas
  • Colher de pedreiro;
  • Trena;
  • Balde ou lata para colocar água;
  • Brocha;
  • Desempenadeira de madeira ou aço
  • Régua metálica ou de madeira;
  • Socador manual para compactação do contrapiso;
  • Pá;
  • Enxada;
  • Alavanca;
  • Vassoura;
  • EPI – Equipamentos de Segurança Individuais.

Veja também: Porcelanato Acetinado – Entenda Por Que é Perfeito Para Cozinhas e Banheiros

Como fazer contrapiso? Veja o passo a passo completo!

  1. Comece com a impermeabilização
  2. Faça uma limpeza no local
  3. Realize o apiloamento
  4. Determine o nível de referência
  5. Comece a aplicação da argamassa
  6. Nivele a superfície
  7. Aplique argamassa entre as mestras
  8. Dê o acabamento final

A ordem de algumas etapas pode variar de acordo com a técnica do pedreiro, mas de modo geral esses são os 8 passos para executar um contrapiso. Veja mais detalhes sobre cada um deles:

1- Comece com a impermeabilização

Quando falamos de áreas molhadas como banheiros, áreas de serviço, cozinhas e varandas, é essencial fazer a impermeabilização antes de começar o contrapiso.

Outro ponto importante é que se houverem pontos de esgoto como ralos, saídas de esgoto de vasos sanitários e lavatórios, eles devem estar prontos.

Contrapiso: como fazer contrapiso de banheiro (foto: Pinterest)

Contrapiso: como fazer contrapiso de banheiro (foto: Pinterest)

Veja também: Porcelanato acetinado – entenda porque é perfeito para cozinhas e banheiros!

2- Faça uma limpeza no local

Como fazer contrapiso com uma superfície cheia de sujeira e entulho, não é mesmo?

Antes de iniciar o processo, faça uma limpeza para retirar os restos de argamassa ou outros materiais grudados no chão. Se necessário, utilize uma alavanca ou outra ferramenta que retire os resíduos mais difíceis.

Veja também: Aprenda a escolher a soleira ideal e crie um piso sem erros

3- Realize o apiloamento

O apiloamento nada mais é do que a compactação do solo de forma manual ou mecânica.

Ele pode ser feito com ferramentas criadas no canteiro de obra ou com compactador do solo.

O procedimento garante que a superfície fique sólida e lisa para que se inicie a etapa de transferência do nível do contrapiso.

Contrapiso: apilolamento com compactador do solo (foto: Total Construção)

Contrapiso: apilolamento com compactador do solo (foto: Total Construção)

Depois do apiloamento também é importante fazer uma rápida limpeza.

Vale destacar que, em áreas externas, como garagem, é recomendado o uso de malhas de ferro antes do assentamento do contrapiso.

Contrapiso com malha de ferro (foto: Concreto AGMIX)

Contrapiso com malha de ferro (foto: Concreto AGMIX)

4- Determine o nível de referência

Quando falamos sobre como se faz contrapiso, a etapa de transferência de nível é decisiva para que se tenha um bom resultado.

É necessário medir o nível da superfície para identificar se é preciso nivelá-la antes de começar o assentamento do contrapiso. Costuma-se utilizar a mangueira de nível, nível a laser ou o nível alemão.

Contrapiso nível a laser (foto: Madeira Madeira)

Contrapiso: nível a laser (foto: Madeira Madeira)

E como determinar a espessura do contrapiso? Costuma-se usar como referência o nível do batente da porta, mas essa indicação pode ser diferente de acordo com a necessidade do projeto.

Em seguida, é feito o assentamento das taliscas. Trata-se de pequenos tacos, de madeira ou cerâmica, que serão usados como guia para a execução do contrapiso.

A principal função das taliscas é ajudar a delimitar a espessura do contrapiso.

Ela são fixadas primeiro nos cantos, para verificar o nivelamento da superfície. Depois que o pedreiro garante que elas estão niveladas corretamente, são incluídas as taliscas intermediárias. A distância entre elas deve ficar entre 1,50 a 2 m.

Como se faz contrapiso: talisca (foto: Meia Colher)

Como se faz contrapiso: talisca (foto: Meia Colher)

5- Comece a aplicação da argamassa

Nessa etapa são criadas as mestras, que são faixas de argamassa que servem de guia para o assentamento nivelado do contrapiso.

Antes de começar, o pedreiro polvilha cimento na área onde será feita a mestra e borrifa água, formando uma espécie de nata. Essa “cola” evita que a argamassa solte do piso. Depois, com um vassourão, ele escova a área.

Com a ajuda de uma régua de alumínio ou madeira, espalha-se a argamassa de forma nivelada entre uma talisca e outra, cobrindo os tacos. Em seguida, a argamassa é compactada com um soquete de madeira ou outra ferramenta.

Contrapiso: Criação da Mestra (foto: Youtube - Canal o Pulo do Gato na Construção)

Contrapiso: Criação da Mestra (foto: Youtube – Canal o Pulo do Gato na Construção)

6- Nivele a superfície

Com a própria régua usada para fazer a mestra, o pedreiro vai tirando o excesso da argamassa até a faixa ficar no nível das taliscas.

Após concluir, os tacos são retirados e os buracos também são cobertos com argamassa, sempre de forma nivelada.

Contrapiso: nivelamento da mestra (foto: Pinterest)

Contrapiso: nivelamento da mestra (foto: Pinterest)

7- Aplique argamassa entre as mestras

Agora é chegado o momento de aplicar a argamassa entre uma mestra e outra, pressionando com a enxada e compactando com o soquete de madeira. Ainda utilizando a régua, o nivelamento do contrapiso continua.

É importante fazer uma compactação constante, pois o traço da argamassa é bem seco. Dessa forma, o contrapiso não corre o risco de ficar empenado.

Contrapiso: processo de sarrafeamento com a régua (foto: Cimento Mauá)

Contrapiso: processo de sarrafeamento com a régua (foto: Cimento Mauá)

8- Dê o acabamento final

O acabamento final do contrapiso é feito com desempenadeira de madeira ou aço, depende do tipo de revestimento que será aplicado.

A primeira opção deixa um acabamento áspero no contrapiso, por isso é indicada para o assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos e pedra natural.

Contrapiso: desempenadeira (foto: ZAP em Casa - ZAP Imóveis)

Contrapiso: desempenadeira (foto: ZAP em Casa – ZAP Imóveis)

Já a segunda proporciona um acabamento liso no contrapiso, ideal para revestimentos que serão colados, como piso vinílico.

E quando os revestimentos podem ser aplicados? É necessário esperar, no mínimo, 7 dias para a cura do contrapiso.

Quer aprender mais sobre as etapas essenciais de uma obra? Veja o que já publicamos no blog:

  • Saiba tudo sobre a NBR 5410 e evite acidentes elétricos
  • Madeirite: Veja Por Que Sua Obra Precisa Desse Material
  • Descubra quais são os tipos de solo e evite problemas na estrutura da obra