Veja como fazer instalação hidráulica e quais são os erros fatais

Instalação hidráulica é o sistema de abastecimento, distribuição e escoamento de água. Ela é composta pelos projetos arquitetônico e hidráulico, caixa d’água, redes de distribuição de água fria e quente, coleta de esgoto e águas pluviais.

Uma instalação hidráulica é um trabalho complexo, que exige o conhecimento de especialistas para garantir os materiais certos e a instalação correta.

Devido a esse grau de dificuldade, é muito comum que surjam dúvidas durante a criação do projeto arquitetônico ou até mesmo no decorrer da obra.

Para evitar esse problema e fazer uma instalação hidráulica sem dor de cabeça, no post de hoje vamos explicar quais são as principais instalações hidráulicas e o que não fazer no projeto. Acompanhe!

O que é instalação hidráulica?

Uma instalação hidráulica é o sistema de abastecimento, distribuição e escoamento de água. Ela é composta pelos projetos arquitetônico e hidráulico, caixa d’água, redes de distribuição de água fria e quente, coleta de esgoto e águas pluviais.

Instalação hidráulica: projeto hidráulico

Instalação hidráulica: projeto hidráulico

Um projeto arquitetônico deve definir onde ficarão e como serão usados os pontos de água.

Na planta baixa é especificado onde serão instalados os registros, chuveiros, pias, duchas, ralos, grelhas, tanque, máquina de lavar, entre outros elementos hidráulicos.

Já no projeto complementar, que é feito por um especialista, é definida a parte técnica da instalação hidráulica.

Nele fica determinado onde vão passar as tubulações, posição e suporte da caixa d’água, características, tipos de tubos e conexões, entre outras partes do sistema hidráulico.

Quais são os tipos de instalações hidráulicas?

 

Instalações de água fria

As instalações hidráulicas de água fria são aquelas que tem como objetivo abastecer os pontos de uso de água em uma edificação.

Ela são compostas por um conjunto de tubulações (rede de distribuição), dispositivos, equipamentos e reservatórios.

A rede de distribuição de uma instalação hidráulica é formada basicamente por:

Barrilete: um conjunto de tubulações que se origina no reservatório e alimenta todos os ramais prediais por meio de suas colunas de distribuição.

Coluna de distribuição: estão presentes no barrilete e, como o próprio nome diz, distribuem a água para os ramais.

Ramais: recebem a água das colunas e distribuem para os sub-ramais nos pavimentos.

Sub-ramais: são as tubulações que alimentam diretamente as peças de utilização.

Instalação hidráulica: instalação de água fria (foto: Guia da Engenharia)

Instalação hidráulica: instalação de água fria (foto: Guia da Engenharia)

Instalações de água quente

A rede de água quente é responsável por aquecer e distribuir a água aquecida para chuveiros e pias.

Em casa, os aquecedores mais comuns são os elétricos e a gás. Nos últimos anos, os aquecedores alimentados com placa solar também têm ganhado a preferências dos clientes, devido a economia de energia.

Rede de Esgoto

A rede de esgoto é a responsável por retirar os efluentes gerados no sistema hidráulico sanitário, pias e ralos da casa e enviar para o esgoto da cidade.

Mas antes de ir para a rede pública, a água suja coletada no sistema hidráulico deve passar por uma caixa de gordura para evitar entupimentos.

Ela deve ser instalada sob o solo e precisa de limpeza periódica, geralmente de 6 em 6 meses.

Outro item que merece atenção na instalação hidráulica são as caixas de limpeza ou inspeção. Essas são instaladas na fase de ligação de rede de esgoto e tem como objetivo possibilitar a inspeção, o reparo e a desobstrução da rede.

Instalação hidráulica: exemplo de caixa de inspeção (foto: construindoDECOR)

Instalação hidráulica: exemplo de caixa de inspeção (foto: construindoDECOR)

Rede de águas pluviais

A rede de águas pluviais é a parte da instalação hidráulica responsável pelo escoamento das águas das chuvas.

Esse sistema hidráulico é feito por meio de calhas, bocais de escoamento, tubos de coleta de água em grelhas ou escoamento na sarjeta em frente ao lote.

Instalação hidráulica é feita por meio de calhas

Instalação hidráulica é feita por meio de calhas

Assim como a água do esgoto, ela não é potável, mas pode ser armazenada em cisternas para reuso em jardim ou descargas.

Instalação hidráulica: águas pluviais podem ser armazenadas para reuso

Instalação hidráulica: águas pluviais podem ser armazenadas para reuso

Quais são os tipos de tubos usados na instalação hidráulica?

Existem basicamente 3 tubos usados na instalação hidráulica, são eles:

  • Tubo de cobre (era o mais comum há alguns anos, mas vem sendo substituído por novas tecnologias de tubulação)
Instalação hidráulica: tubo de cobre

Instalação hidráulica: tubo de cobre

  • Tudo de PPR (Polipropileno Copolímero Random)
Instalação hidráulica: Tubo de PPR (Polipropileno Copolímero Random)

Instalação hidráulica: Tubo de PPR (Polipropileno Copolímero Random)

  • CPVC soldável, um tipo de PVC mais resistente a altas temperaturas
Instalação hidráulica: CPVC soldável

Instalação hidráulica: CPVC soldável

Importante: Tubulações de gás não podem ser feitas com material plástico, somente cobre, ferro, ou outro metal.

Instalação hidráulica: o que não fazer no projeto arquitetônico?

Mais importante do que saber o que incluir no projeto arquitetônico, é saber o que não incluir.

Uma situação que pode acontecer é o arquiteto errar no projeto arquitetônico e impossibilitar a instalação hidráulica segura.

Mas afinal, o que evitar no projeto para não atrapalhar a instalação hidráulica?

Instalação hidráulica: vazamentos na pia podem ser evitados

Instalação hidráulica: vazamentos na pia podem ser evitados

O primeiro erro que deve ser evitado na instalação hidráulica é incluir montagem de móveis na frente da tubulação da parede.

Ao usar uma furadeira, por exemplo, existe o risco de furar a tubulação e causar vazamentos.

Outro ponto de cuidado é a instalação do registro. É importante que ele não fique nem muito fundo e nem muito para fora da parede.

Instalação hidráulica de banheiro: registro

Instalação hidráulica de banheiro: registro

Se o registro ficar muito para fora, o acabamento pode não ficar firme. Já se o registro ficar muito no fundo, ele não vai encaixar direito e não será possível fazer o acabamento com perfeição.

Outro erro fatal na instalação hidráulica, de responsabilidade do instalador, é a falta de proteção dos canos e tubulações. Como o material é frágil, o risco de quebra e vazamentos é grande.

É claro que alguns detalhes fogem do controle do arquiteto, mas saber esse tipo de informação é importante para um gerenciamento de obra eficaz.

Em caso de dúvida sobre o andamento da instalação hidráulica, é sempre importante revisar o projeto e conversar com o especialista responsável.

Como fazer instalação hidráulica de banheiro? Veja 4 passos essenciais

  1. Tenha o projeto hidráulico completo em mãos
  2. Proteja as tubulações de esgoto
  3. Teste as tubulações
  4. Faça a instalação das torneira e louças
Instalação hidráulica: veja como fazer em 4 passos

Instalação hidráulica: veja como fazer em 4 passos

Cada projeto hidráulico tem suas especificações, mas existem alguns cuidados básicos que se aplicam em todos os casos.

Abaixo, vamos exemplificar uma instalação hidráulica de banheiro, confira:

1- Tenha o projeto hidráulico completo em mãos

Esse primeiro passo de uma instalação hidráulica de banheiro pode parecer óbvio, mas quem já gerenciou uma obra sabe que não é raro faltar medidas ou outras informações na planta.

É essencial que o projeto de instalação hidráulica esteja completo para que o instalador possa conferir todas as medidas. Caso haja alguma diferença, é necessário fazer o ajuste, o que pode causar atrasos na entrega.

2- Proteja as tubulações de esgoto

As tubulações de esgoto são muito frágeis, por isso precisam ser protegidas com todo cuidado antes do início da instalação hidráulica.

É necessário que haja uma base de areia e, antes de fazer a cobertura, também é indicado que se cubra a tubulação com o material.

Instalação hidráulica: base de areia

Instalação hidráulica: base de areia

E porque toda essa proteção é necessária? As tubulações da instalação hidráulica não aguentam cargas pesadas, e se não houver a vedação correta, elas podem quebrar facilmente.

Importante: É comum que se use outros materiais na proteção dos tubos, como pedra e terra, mas eles NÃO são indicados para instalação hidráulica devido aos resíduos.

A terra só pode ser incluída na finalização, antes de começar a aplicação do concreto ou cimento.

3- Teste as tubulações

Antes de iniciar a etapa de concretagem ou rebocamento de paredes, é fundamental testar as tubulações da instalação hidráulica.

Nos casos de tubulação de esgoto, utiliza-se uma câmara de ar bloqueadora específica. Ela verifica se há alguma obstrução ou vazamento no cano.

Não esqueça de abrir todas as torneiras, verificar a cor da água e a intensidade do jato de acordo com a torneira escolhida.

Instalação hidráulica: câmara de ar bloqueadora

Instalação hidráulica: câmara de ar bloqueadora

Veja também: Estilo nos detalhes – veja como escolher torneira para banheiro

4- Faça a instalação das torneira e louças

Após a finalização dos testes na instalação hidráulica, começa a etapa de instalação do acabamento (revestimentos, torneiras, bacias, lavatório, chuveiro, entre outros).

Instalação hidráulica: etapa final é a instalação de torneiras e louças

Instalação hidráulica: etapa final é a instalação de torneiras e louças

Veja também: 6 tipos de cubas de banheiro – do básico ao luxo!

Agora que você já sabe o que não fazer na instalação hidráulica, veja mais dicas para acertar no projeto de banheiro: Cuidados na obra – 11 pontos de atenção na hora da instalação dos produtos para o banheiro