Materiais Biodegradáveis na Arquitetura: Conheça 6 Exemplos Surpreendentes!

Materiais biodegradáveis são aqueles compostos por elementos orgânicos que se decompõem no meio ambiente em um curto espaço de tempo. Trata-se de produtos sustentáveis que reduzem a poluição e contribuem com a redução do lixo nas cidades.

O uso de materiais biodegradáveis é um assunto que merece a atenção de profissionais da construção civil. Algumas questões como o alto custo e a falta de disponibilidade ainda afasta os clientes desses materiais, mas é essencial conhecer as opções que já existem no mercado.

Por isso, no post de hoje, vamos explicar com detalhes o que são materiais biodegradáveis e dar 6 exemplos impressionantes. Acompanhe!

O que são materiais biodegradáveis?

Materiais biodegradáveis são aqueles compostos por elementos orgânicos que se decompõem no meio ambiente. Trata-se de produtos sustentáveis que reduzem a poluição e contribuem com a redução do lixo nas cidades.

O que são materiais biodegradáveis: canudo de capim é exemplo de material biodegradável (foto: xapuri.info)

O que são materiais biodegradáveis: Canudo de capim é exemplo de material biodegradável (foto: xapuri.info)

O termo “materiais biodegradáveis” usado na construção civil está correto?

É preciso destacar que há uma diferença entre os materiais biodegradáveis usados na construção civil e produtos biodegradáveis consumidos no dia a dia, como o plástico.

Essa diferenciação está no tempo de decomposição dos dois tipos de materiais.

Para que você entenda melhor, vamos explicar como funciona o processo de biodegradação.

Materiais biodegradáveis: Processo de biodegradação

Materiais biodegradáveis: Processo de biodegradação

O processo de biodegradação é definido como uma transformação química promovida pela ação de micro-organismos sobre determinadas condições de temperatura, umidade, luz, oxigênio e nutrientes.

Um dos principais parâmetros que definem se os produtos são biodegradáveis ou não é o tempo que eles demoram para ser decompostos por micro-organismos.

Materiais biodegradáveis são apenas aqueles que demoram semanas ou meses para se decompor.

Diante desse contexto, se os produtos são decompostos por micro-organismos, mas demoram muitos anos para desaparecem na natureza, não são considerados materiais biodegradáveis.

Para ser considerado biodegradável, um material ou produto deve atender a algumas normas internacionais, como as estadunidenses ASTM 6400, 6868, 6866, a europeia EN 13432, ou a brasileira ABNT NBr 15448 de biodegradação e compostagem, além de comprovar suas propriedades por meio de testes em laboratórios certificados.

Sendo assim, não é possível usar produtos biodegradáveis na construção civil, já que eles se decompõem muito rapidamente.

O termo “materiais biodegradáveis” usado na arquitetura serve para classificar os materiais retirados da natureza e que não geram resíduos quando descartados, mas na teoria não são biodegradáveis.

Veja também: Madeira Plástica – Veja Como Usar e Encante-se com 6 Exemplos Práticos

Qual é a importância de usar materiais biodegradáveis?

O setor de construção civil é um dos maiores poluidores do meio ambiente.

Só para citar um exemplo, a produção de alguns materiais, como o cimento, libera altas quantidade de CO2. Trata-se do principal gás responsável pelo efeito estufa no mundo.

Além disso, resíduos de obras e demolições não se decompõem no meio ambiente, aumentando a quantidade de detritos no mundo.

Diante dessa situação, é fundamental que a construção civil utilize materiais biodegradáveis para reduzir os danos ao planeta.

Materiais biodegradáveis: entulho gerado na construção civil (foto: Mercado Livre)

Materiais biodegradáveis: Entulho gerado na construção civil (foto: Mercado Livre)

O uso de materiais biodegradáveis ainda caminha a passos lentos. Questões como a disponibilidade dos materiais nas grandes lojas e desconhecimento do grande público contribuem para que os materiais biodegradáveis ainda não sejam a escolha mais comum.

Além disso, materiais biodegradáveis têm um alto custo, fator que afasta o interesse das construtoras e dos clientes em geral.

Mas já é possível encontrar vários exemplos de materiais biodegradáveis que substituem com perfeição as soluções mais comuns.

Separamos 6 exemplos de materiais biodegradáveis, confira:

6 exemplos de materiais biodegradáveis que você precisa conhecer

 

1- Cortiça

A cortiça é um tecido vegetal 100% natural. Ela é extraída do sobreiro, uma árvore cuja a casca regera-se de 10 em 10 anos.

Além de renovável e reciclável, a cortiça é leve e tem grande poder isolante.

O material é usado na construção civil para a produção de forros e revestimentos. Sua aplicação pode ser feita tanto em ambientes internos e externos.

Trata-se de um dos materiais biodegradáveis mais versáteis e bonitos da natureza.

Exemplo de Materiais Biodegradáveis: Fachada de casa de cortiça (foto: Pinterest)

Exemplo de Materiais Biodegradáveis: Fachada de casa de cortiça (foto: Pinterest)

2- Bambu

O bambu é um material biodegradável usado há séculos na arquitetura.

Ele pode crescer, em média, 1 metro por dia (mesmo depois da colheita).

Uma das suas aplicações mais famosas é nas casas de taipa, presentes na arquitetura vernacular brasileira.

O material também é visto com frequência em obras que remetem à arquitetura japonesa ou em casas de praia.

Além de ser um dos materiais biodegradáveis mais comuns, o bambu tem uma estética que fica ótima em diversos tipos de projetos de arquitetura e decoração.

Materiais biodegradáveis: Casa de Praia de Bambu (foto: Pinterest)

Materiais biodegradáveis: Casa de Praia de Bambu (foto: Pinterest)

Veja também: Casa de Bambu – tudo que você precisa saber para criar o projeto dos sonhos

3- Tijolo Ecológico

O tijolo ecológico é produzido a partir de uma mistura de solo, cimento e água prensada manualmente ou mecanicamente.

Ele não vai ao forno, o que reduz a queima de madeira e emissão de gases poluentes. Além disso, o tijolo ecológico dispensa o uso do concreto, já que as peças são encaixáveis.

Mas ser um dos materiais biodegradáveis mais usados na construção civil não é a única vantagem do tijolo ecológico.

Entre os benefícios do material estão a redução de custos na obra e o conforto térmico e acústico.

Materiais biodegradáveis: casa de tijolos ecológicos (foto: Pinterest)

Materiais biodegradáveis: Casa de tijolos ecológicos (foto: Pinterest)

4- Linóleo

Muitas pessoas não sabem, mas o revestimento linóleo é inteiramente feito de materiais biodegradáveis e naturais.

Em sua composição estão: farinha de madeira, óleo de linhaça, resina de árvore, pigmentos naturais, juta e cal.

O Linóleo já é usado há 150 anos (só não é mais antigo do que a madeira e a cerâmica).

Materiais Biodegradáveis: Piso de Linóleo na Cozinha (foto: Pinterest)

Materiais Biodegradáveis: Piso de Linóleo na Cozinha (foto: Pinterest)

Ele não é muito popular no Brasil, mas clientes que querem fazer o uso de materiais biodegradáveis já começaram a incluir o revestimento como alternativa para projetos.

O material, encontrado nos formatos de manta e placas, é adesivado. Ele pode ser usado tanto em ambientes residenciais como comerciais, só não é indicado para áreas úmidas.

5- Plástico hidrossolúvel

Já existe no mercado brasileiro um plástico solúvel que se dissolve na água. Ele pode ser usado em produtos de diversos setores, inclusive na construção civil.

Nesse caso, sua aplicação é útil em embalagens de cimento e outros materiais. Dessa forma, o material pode ser colocado diretamente na betoneira, sem a geração de resíduos plásticos para o meio ambiente.

Exemplos de Materiais Biodegradáveis: plástico hidrossolúvel usado em produtos de limpeza pode ser aplicado na construção civil (foto: Tegape Química)

Exemplos de Materiais Biodegradáveis: Plástico hidrossolúvel usado em produtos de limpeza pode ser aplicado na construção civil (foto: Tegape Química)

6- Concreto reciclável

O concreto reciclável é produzido a partir de sobras do material na obra. Esses resíduos são gerados no “lastro” (parte que fica impregnada no interior da betoneira após o descarregamento total do concreto).

Também é considerado sobra de concreto qualquer volume de resíduo que não foi descarregado na obra e foi devolvido à concreteira.

Esse material biodegradável pode ser usado em aterros, processos de pavimentação, construção de blocos com finalidade de vedação e objetos feitos de concreto.

Materiais Biodegradáveis: entulho gerado na construção civil (foto: Mercado Livre)

Materiais Biodegradáveis: entulho gerado na construção civil (foto: Mercado Livre)

Conhecer os exemplos de materiais biodegradáveis é essencial para criar projetos sustentáveis. Veja o que já publicamos sobre o assunto aqui no blog: