Aprenda a fazer mistura de cores e crie projetos incríveis

Mistura de cores é uma atividade que exige conhecimento para conseguir os melhores resultados.

Quando falamos de arquitetura e design de interiores, é fundamental entender quais são os tons que trazem mais aconchego, alegria, impacto, calma, entre outras sensações.

Para te ajudar a criar a melhor mistura de cores para seus projetos, no post de hoje vamos explicar o que são as cores primárias, secundárias e terciárias e como criar paletas de cores. Acompanhe!

Relembrando a mistura de cores primárias, secundárias e terciárias

Relembrar como funciona a mistura de cores primárias, secundárias e terciárias parece algo simples, mas é sempre bom ter esses conceitos frescos na mente para fazer a escolha certa em projetos.

Cores primárias

As cores primárias são o amarelo, o vermelho e o azul. Elas recebem essa classificação porque não podem ser obtidas mediante a mistura de nenhuma outra cor.

Tabela de mistura de cores: mistura de cores primárias

Tabela de mistura de cores: mistura de cores primárias

Cores secundárias

As cores secundárias são aquelas que surgem a partir da mistura de cores primárias. São elas: laranja, roxo e verde. Veja quais são as misturas de cores primárias que dão origem às cores secundárias:

  • Amarelo + vermelho = laranja
  • Vermelho + azul = roxo ou violeta
  • Azul + amarelo = verde
Tabela de mistura de cores: cores primárias dão origem às secundárias

Tabela de mistura de cores: cores primárias dão origem às secundárias

Cores terciárias

As cores terciárias são aquelas obtidas a partir da mistura de cores primárias com secundárias. Por exemplo:

  • Vermelho + roxo = vermelho-arroxeado (similar ao vinho)
  • Vermelho + laranja = vermelho-alaranjado ou laranja-escuro
  • Amarelo + verde = amarelo-esverdeado ou verde-claro
  • Amarelo + laranja = amarelo-alaranjado (similar ao bege)
  • Azul + roxo = azul-arroxeado
  • Azul + verde = azul-esverdeado (similar ao verde-água)

Para simplificar, veja essa tabela de mistura de cores:

Tabela de mistura de cores: cores terciárias

Tabela de mistura de cores: cores terciárias

O que é Círculo Cromático e Lei da Harmonização?

É impossível falar sobre mistura de cores se citar o círculo cromático e a lei da harmonização.

Círculo cromático de cores é uma representação simplificada dos tons enxergados pelo olho humano e sua mistura de cores. Ele costuma ser demonstrado por um círculo dividido em 12 partes e cada uma delas é representada por uma cor.

O círculo cromático de cores é composto pelas três cores primárias, três secundárias e seis terciárias.

Veja no exemplo abaixo:

Mistura de cores: círculo cromático

Mistura de cores: círculo cromático

A partir dessas 12 cores, uma infinidade de outros tons podem ser criados. A Lei da Harmonização nada mais é do que a combinação dessas cores seguindo alguns critérios. Veja como criar essa mistura de cores.

Cores análogas: são aquelas que estão mais próximas no círculo cromático, mais precisamente lado a lado, por exemplo o laranja, o amarelo e o verde. Essa mistura de cores resulta em combinações mais suaves.

Cores complementares: essa lei da harmonização consiste na mistura de duas cores opostas no círculo cromático, por exemplo: vermelho e verde, laranja e azul, etc. Ambientes com essa mistura de cores são mais vibrantes e ousados.

Cores complementares decompostas: Nessa combinação do círculo cromático, também chamada de tríade, utiliza-se três cores equidistantes que formam um triângulo, por exemplo vermelho, verde e azul. Dessa forma, é possível obter um efeito de alto contraste sem perder a harmonia.

Mistura de cores: a importância de uma boa paleta

Agora que já relembramos rapidamente o que é mistura de Cores Primárias, Círculo Cromático e Lei da Harmonização, vamos falar sobre ela, a queridinha de arquitetos e designers de interiores: a paleta de cores.

Mistura de cores: paleta de cores

Mistura de cores: paleta de cores

Paleta de cores é um conjunto de tons pré-selecionados que podem ser usados em harmonia para passar uma ideia, sensação ou definir uma identidade visual.

Essa mistura de cores sempre é feita com o objetivo de atingir resultados específicos. Diante desse contexto, uma paleta de cores pode ser determinantes para o sucesso ou fracasso da decoração de um ambiente.

E como acertar na mistura de cores da paleta?

Ter em mente os conceitos da Lei da Harmonização e do Círculo Cromático é o básico.

De modo geral, uma paleta de cores precisa ter uma cor dominante e uma segunda como suporte, usando uma terceira para acentuar partes importantes do ambiente e criar a mistura de cores certa.

Se você quer uma paleta de cores com um contraste bacana e que seja chamativa, o ideal é apostar nas cores complementares.

Mistura de cores: paleta de cores complementares (vermelho e verde)

Mistura de cores: paleta de cores complementares (vermelho e verde)

Já se a ideia é criar uma decoração confortável, use as cores análogas.

No exemplo abaixo, temos uma mistura de cores análogas (laranja e vermelho) com uma complementar (azul).

Essa mistura de cores traz contraste para o ambiente.

Mistura de cores: paleta de cores análogas e com uma cor complementar (azul)

Mistura de cores: paleta de cores análogas e com uma cor complementar (azul)

Uma paleta de cores também pode ser monocromática, ou seja: apostar nas variações de nuance de uma única cor.

Mistura de cores: paleta de cores monocromática

Mistura de cores: paleta de cores monocromática

Uma mistura de cores que faz bastante sucesso em projetos de arquitetura são os tons neutros (branco, cinza, preto, bege e marrom). Eles trazem bastante versatilidade, já que combinam com acessórios e objetos de várias cores.

Mistura de cores: paleta de tons neutros faz sucesso

Mistura de cores: paleta de tons neutros faz sucesso

Mistura de cores: dica extra!

Se você gosta de testar várias paletas de cores e procurá-las em toda as situações possíveis, vai adorar conhecer o site TinEye Labs.

E como ele funciona? Você cria uma paleta de até 5 cores e ele traz dezenas de imagens com os tons escolhidos. E o mais legal é que você pode escolher um assunto específico para a imagem. No exemplo abaixo, escolhemos Arquitetura, claro 🙂

Mistura de cores: exemplo de pesquisa no site TinEye Labs

Mistura de cores: exemplo de pesquisa no site TinEye Labs

10 misturas de cores que vão te inspirar

Agora que você relembrou qual é a importância da mistura de cores, veja 10 exemplos de paletas e inspire-se:

Mistura de cores: paleta de cores com tons amarelos na sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores com tons amarelos na sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores com tons avermelhados e neutros

Mistura de cores: paleta de cores com tons avermelhados e neutros

Mistura de cores: paleta de cores com tons de azul, bege e rosa

Mistura de cores: paleta de cores com tons de azul, bege e rosa

Mistura de cores: paleta de cores com tons de bege e azul

Mistura de cores: paleta de cores com tons de bege e azul

Mistura de cores: paleta de cores com tons terrosos na sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores com tons terrosos na sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores de tons neutros e amarelo para sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores de tons neutros e amarelo para sala de estar

Mistura de cores: paleta de cores neutras e claras para o quarto

Mistura de cores: paleta de cores neutras e claras para o quarto

Mistura de cores: paleta de cores neutras e pasteis para sala de jantar

Mistura de cores: paleta de cores neutras e pastéis para sala de jantar

Mistura de cores: paleta de tons neutros e azul escuro para sala de estar

Mistura de cores: paleta de tons neutros e azul escuro para sala de estar

E aí, qual foi sua mistura de cores favorita? Compartilhe com a gente nos comentários!