Piso de Taco: Descubra Como Usar o Revestimento Queridinho do Momento

O piso de taco é feito com madeira e tábuas maciças. Muito usado nas casas brasileiras nos anos 50 e 60, ele tem várias tonalidades e tamanhos.

Esse revestimento clássico é o queridinho do momento para quem procura uma decoração retrô ou quer misturar elementos antigos e contemporâneos.

Por isso, é importante entender como funciona a instalação e restauração do piso de taco para criar um projeto sem erros.

Pensando nisso, no post de hoje, vamos explicar tudo sobre esse revestimento que está fazendo sucesso entre os clientes. Boa leitura!

O que é piso de taco?

O piso de taco é feito com madeira e tábuas maciças. Muito usado nas casas brasileiras nos anos 50 e 60, ele tem várias tonalidades e tamanhos. O tipos de piso de taco mais comuns são:

  • ipê
  • peroba
  • jatobá
  • amêndola
  • cumaru
  • marfim
  • carvalho
  • grapia
  • abiu
  • tauari
Piso de taco: tipos de piso de taco (foto: eh decor)

Piso de taco: tipos de piso de taco (foto: eh decor)

Esse revestimento para piso costuma ser feito com madeiras que não tinham o tamanho adequado para virar assoalho.

Em relação ao tamanho, o piso de taco de madeira tem dimensões fixas. A largura e o comprimento geralmente são múltiplos (7 x 35 cm, 7 x 42 cm e 10 x 40 cm).

Falando em dimensões, uma das características mais marcantes de um piso de taco de madeira é a sua paginação. Ela pode ser feita de seis jeitos diferentes: diagonal, amarração, espinha-de-peixe, escama-de-peixe e chevron.

Piso de taco com paginação chevron (foto: Casa e Jardim)

Piso de taco com paginação chevron (foto: Casa e Jardim)

A cor da madeira é o charme do piso de taco, mas uma opção para quem quer restaurá-lo sem gastar muito é pintar. No projeto abaixo, a cor escolhida foi o preto.

Piso de taco pintado de preto (foto: Zap Imóveis)

Piso de taco pintado de preto (foto: Zap Imóveis)

Veja também: Encante-se com as 5 espécies de madeira de lei mais incríveis!

Como é a instalação do piso de taco?

A instalação do piso de taco de madeira exige um contrapiso bem seco e nivelado para evitar que o revestimento rache ou empene.

Também é importante deixar a superfície totalmente seca para receber o piso de taco, do contrário ele pode estufar.

O ideal é esperar pelo menos 10 dias antes da colocação do piso de taco.

A fixação do piso de taco de madeira é feita com cola de alta resistência especial ou cola PVA.

Quanto mais grossos os pisos de taco, mais tempo eles duram. A espessura grossa também permite mais restaurações.

Taco para Piso: Vantagens e Desvantagens

 

Vantagens

 

Estética

Uma das principais vantagens do piso de taco de madeira é a sua estética marcante que traz elegância e aconchego para o ambiente.

As diferentes opções de paginação do piso de taco dão versatilidade para o material, que fica interessante tanto em decorações clássicas como modernas.

Em relação às cores, pisos de taco claros ampliam o ambiente, enquanto a madeira mais escura dá a sensação de espaço menor.

Piso de taco claro em sala de estar amplia o ambiente (projeto: Fernanda Duarte)

Piso de taco claro em sala de estar amplia o ambiente (projeto: Fernanda Duarte)

Veja também: Aprenda a escolher a soleira ideal e crie um piso sem erros

Conforto térmico e acústico

O piso de taco, assim como outros tipos de piso de madeira, é ideal para manter a temperatura do ambiente inalterada e confortável.

Além disso, devido a sua constituição anatômica, o piso de taco absorve bem os impactos e ruídos do ambiente.

Sendo assim, o revestimento é bastante indicado para clientes que querem evitar barulho em casa.

Durabilidade

Caso o taco para piso tenha qualidade padrão ABNT, pode ter uma vida que ultrapassa os 50 anos.

Uma curiosidade é que quanto menor o piso de taco, maior é a sua estabilidade física. Diante desse contexto, ele dura mais quando as peças são maiores.

Valorização do imóvel

Um dos pontos decisivos para quem quer comprar ou alugar uma casa é a qualidade dos revestimentos.

Materiais com a aparência muito antiga ou desgastados afastam futuros moradores.

Sendo assim, o taco para piso, quando bem conservado, valoriza o imóvel caso o cliente tenha planos de vendê-lo ou alugá-lo.

Além de ter uma estética clássica, o piso de taco está na moda entre os mais jovens. Dessa forma, é uma ótima escolha para reformas de casas e apartamentos.

Piso de taco em apartamento com decoração descontraída faz sucesso entre jovens (projeto: Ana Yoshida)

Piso de taco em apartamento com decoração descontraída faz sucesso entre jovens (projeto: Ana Yoshida)

Facilidade na manutenção

A manutenção do piso de taco é muito prática, o que permite que o revestimento seja usado durante muitos anos.

Bastar lixar ou raspar a superfície e aplicar o famoso “sinteco” ou verniz para dar uma aparência de novo ao piso de taco.

Isso não acontece com outros tipos de piso como o porcelanato e a cerâmica, que precisam ser substituídos quando sofrem danos.

Para realizar a manutenção do piso de taco existem empresas especializadas que fazem a raspagem sem pó e aplicam um verniz de secagem rápida.

Quer entender mais sobre o processo?

No final do texto, vamos explicar como funciona a manutenção do piso de taco.

Importante: Antes de restaurar o piso de taco, é essencial checar se ele já passou por mais de 3 restaurações anteriormente. Se a resposta for sim, a troca do piso de taco é a melhor opção.

Desvantagens

 

Custo

Pisos de madeira maciça costumam ter um custo maior do que as cerâmicas e porcelanatos. Além disso, o tempo de instalação também é maior, o que pode causar demora na entrega da obra.

Mas como explicamos ao longo do texto, o piso de taco tem durabilidade maior, o que pode trazer um bom custo-benefício para o cliente.

Cuidados no dia a dia

Esse é um daqueles pisos que exigem muita atenção no dia a dia para não manchar ou riscar.

Ao usar o piso de taco, é necessário colocar proteções em todos os móveis do ambiente, além de aplicar produtos de limpeza específicos. Também é importante tomar cuidado para não deixar cair água na superfície.

Mesmo com todas as precauções, é praticamente impossível que o piso de taco não arranhe ao longo do tempo.

O cliente precisa estar ciente do comportamento do material para evitar surpresas desagradáveis no futuro.

Quanto custa piso de taco?

O piso de taco custa entre R$ 43 e R$ 79/m². A aplicação custa de R$ 30 a R$ 35/m².

Como limpar piso de taco?

Uma dúvida comum dos clientes em relação ao revestimento é como limpá-lo. Mas, afinal, como limpar piso de taco?

Recomenda-se o uso de vassouras de cerdas maciais ou um pano seco para não arranhar os tacos. Outra opção é usar aspirador de pó, apenas tomando cuidado para o bocal não encostar no piso e deixar marcas.

Como limpar piso de taco com pano (foto: eQ!)

Como limpar piso de taco com pano (foto: eQ!)

Para fazer uma limpeza mais intensa, a dica é dissolver uma colher de sopa de detergente neutro em 5 litros de água.

Em seguida, é só molhar um pano limpo nessa mistura e torcer, deixando o mais seco possível. Se o piso de taco ficar úmido após a limpeza, finalize com um pano seco.

Como recuperar o piso de taco?

  1. Retire toda a mobília do espaço;
  2. Tampe todos os riscos, buracos, furos e outras imperfeições com massa acrílica para madeira;
  3. Raspe a superfície com uma lixadeira de mão ou elétrica;
  4. Limpe o piso com aspirador de pó;
  5. Finalize com verniz, resina ou impregnador de madeira.
Piso de taco restauração é feita com lixa de mão ou lixadeira elétrica (foto: bbel.uol.com.br)

Piso de taco: restauração é feita com lixa de mão ou lixadeira elétrica (foto: bbel.uol.com.br)

Quer mais dicas sobre piso? Veja também: