Como Combater o Retrabalho No Canteiro de Obras

São diversos os fatores que podem interferir no custo de uma obra, e o retrabalho no canteiro de obras pode ser um dos grandes vilões da gestão financeira da sua obra.

Se você já passou por uma situação de planejar a obra e os seus custos mas, quando chegou a hora de executar o projeto os retrabalhos tomaram conta do canteiro de obras, então você não está sozinho.

Na grande maioria das vezes, isso acontece por conta de processos falhos na etapa de planejamento da obra e ainda por conta da ausência de alinhamento das informações do projeto entre os colaboradores de obra.

No artigo de hoje você confere as melhores dicas de como combater o retrabalho no canteiro  de obras! Boa leitura!

1. Canteiro de obras de reforma

1. Canteiro de obras de reforma

Principais Causas do Retrabalho No Canteiro de Obras

Tão importante como combater os retrabalhos no canteiro de obras, é conseguir identificar as suas origens e causas. Para te ajudar nesse processo, separamos aqui as principais causas de retrabalhos no canteiro de obras. 

Falta de Planejamento e Falhas no Cronograma

Essa é a principal causa de retrabalhos no canteiro de obras. Se você quer combater essa enfermidade, então precisa dedicar tempo a etapa de planejamento e, principalmente, ao cronograma da obra. 

Um grande problema é a sobreposição de atividades, bem como o sequenciamento de atividades realizado de forma desfavorável. 

Por exemplo: a pintura deve vir antes da marcenaria para evitar qualquer dano nos móveis, ao mesmo tempo em que a colocação do piso deve vir depois da instalação do forro, pelo mesmo motivo. 

Material:

Problemas com os materiais de obra são  uma das grandes causas de retrabalhos no canteiro de obras. E aqui não estamos falando somente da falta de materiais (que pode ser responsável pela paralisação da obra), mas também daqueles materiais equivocados ou de baixa qualidade que chegam aos canteiros. 

Por exemplo: Quantas vezes você chegou no canteiro de obras e se deparou com uma torneira que vaza ou com uma peça do revestimento quebrada? 

Quando isso acontece, é necessário que seja feita a substituição ou o reparo do material, o que certamente leva tempo e recursos financeiros. 

Profissional da construção civil aplicando gesso

2. Profissional da construção civil aplicando gesso

Mão de Obra Desqualificada:

Esse é um dos grandes problemas da indústria da construção civil no Brasil: a falta de capacitação técnica dos colaboradores de obra. 

Cada vez mais, a capacitação da mão de obra tem se mostrado extremamente necessária para o sucesso de uma edificação.

Alguns dos principais problemas relacionados a mão de obra desqualificada são os desperdícios de material, os atrasos no cronograma da obra, e por fim, o comprometimento da qualidade do projeto. Todos fatores diretamente relacionados ao retrabalho no canteiro de obras. 

Profissional trabalhando sobre plantas de projeto

3. Profissional trabalhando sobre plantas de projeto

Alterações no Projeto e a Falta de Compatibilização 

Não raro, ocorrem mudanças no projeto depois que a obra já foi iniciada, o que gera retrabalhos.

Quando isso acontece, os projetos complementares podem sofrer grandes impactos, o que acaba gerando retrabalhos. 

Por exemplo: se o cliente resolve mudar uma parede de lugar, pode ser difícil chegar com a elétrica e a hidráulica até a nova parede. Nesses casos, o retrabalho pode ser enorme e podem, inclusive, acarretar em atrasos no cronograma da obra. 

Combatendo o Retrabalho no Canteiro de Obras

Agora que você já conhece as principais causa de retrabalho no canteiro de obras, fica mais fácil identificar as ações necessárias para evitá-lo. Para te ajudar a combater esse vilão da produtividade e do orçamento da obra, separamos algumas dicas: 

Compatibilização e Detalhamento do Projeto

Como você viu, é possível evitar grande parte dos retrabalhos por meio de um projeto bem compatibilizado e detalhado. É fundamental que você identifique, ainda na etapa de planejamento, as possíveis interferências existentes. 

Outro fator que merece atenção especial são aquelas alterações de projeto já durante a etapa de execução da obra. Essas alterações geralmente são sugestão do cliente final, por isso é fundamental que você tenha no seu contrato de trabalho uma cláusula que contemple esse tipo de situação. 

Mais do que isso, é importante explicar para o cliente os impactos que uma alteração durante a etapa de execução possuem na obra, e enfim, avaliar a real necessidade de seguir com a alteração proposta. 

Acompanhe a Obra de Perto 

Fazer o acompanhamento da obra de forma constante e assertiva é fundamental para garantir que tudo sairá conforme o planejado.

É preciso ter o controle daquilo que está sendo realizado para identificar os possíveis gargalos no canteiro de obras, e claro, para garantir que a obra será entregue dentro dos prazos e limites financeiros estipulados pelo cliente. 

Lembre-se: o planejamento da obra não foi feito para ficar na gaveta! 

Canteiro de obras com materiais armazenados

4. Canteiro de obras com materiais armazenados

Gestão da Cadeia de Suprimentos

Outro ponto importante a ser considerado é a organização dos materiais no canteiro de obras. 

Recomendo que você tenha um cronograma com a previsão da chegada dos materiais no canteiro de obras, assim você evita compras de última hora (que geram custos extras para o seu cliente). 

Não se esqueça que, para garantir que não irá faltar nenhum material no canteiro de obras, é preciso realizar um orçamento de obra bem completo e detalhado. 

Se for possível, uma boa forma de evitar imprevistos é armazenando os materiais próximos do local onde serão utilizados, assim você evita riscos

Invista em Tecnologias no Canteiro de Obras

Por fim, mas certamente não importante, o uso de softwares de gestão de obra especializados é a forma mais assertiva de compartilhar as informações da obra de forma prática e segura com todos os colaboradores. 

Por meio do uso dessas ferramentas tecnológicas você será capaz de controlar os gastos, prazos e custos da obra, reduzindo retrabalhos. 

Por exemplo: o sistema permite que você identifique, para cada atividade prevista no cronograma, os materiais, mão de obra e ferramentas necessários, assim você evita compras repetidas ou problemas pela falta de insumos. 

Este artigo foi produzido pelo VEJA OBRA, o software especializado de gestão de obras. Acesse agora para testar grátis!