Cores Frias e Quentes: Veja Como Usar em Projetos + 7 Exemplos Perfeitos

As cores quentes são o vermelho, o laranja e o amarelo. Elas transmitem uma sensação de calor, alegria e descontração. Já as cores frias são o azul, o violeta e o verde. Essas tonalidades emitem calma, tranquilidade e esperança.

O estudo das cores é essencial para arquitetos e designers de interiores, pois elas influenciam a percepção das pessoas sobre determinado ambiente e podem até mesmo estimular emoções.

Pensando nisso, no post de hoje, vamos relembrar quais são as cores frias e quentes com 7 inspirações maravilhosas para seus projetos.

Aproveite para conferir mais dicas de decoração

Quais são as cores frias e quentes?

As cores quentes são o vermelho, o laranja e o amarelo. Elas transmitem uma sensação de calor, alegria e descontração. Já as cores frias são o azul, o violeta e o verde. Essas tonalidades emitem calma, tranquilidade e esperança.

Cores frias e quentes: representação (foto: Só Tem Arte)

1. Cores frias e quentes: representação (foto: Só Tem Arte)

O que caracteriza as cores frias e quentes?

Todas as cores que, na sua mistura, levam amarelo e vermelho são consideradas cores quentes. Já todas as cores que têm em sua composição azul e verde são consideradas cores frias.

Qual a origem das cores frias e quentes?

Você já se perguntou de onde veio o conceito de cores frias e quentes? Se sim, vamos te explicar como surgiu essa ideia.

O criador das cores frias e quentes foi o alemão Wilhelm Wundt (1832-1920). Com a intenção de descobrir qual é a sensação que as cores causam nas pessoas, ele criou a classificação das cores frias e quentes.

Cores frias e quentes: Wilhelm Wundt (foto: Wikipédia)

Cores frias e quentes: Wilhelm Wundt (foto: Wikipédia)

Uma curiosidade é que Wilhelm Wundt é considerado um dos fundadores da psicologia experimental. Você sabia que foi por conta do trabalho dele que a Psicologia tornou-se independente da Filosofia?

O psicólogo que criou o conceito de cores frias e quentes também contribuiu para a Psicologia Social, que estuda os comportamentos em sociedade.

Agora que você já sabe quem criou o conceito de cores frias e quentes, veja como aplicá-las na decoração.

Qual a importância das cores quentes e frias na arquitetura?

Wilhelm Wundt e outros estudiosos já provaram que as cores exercem influência sobre a percepção das pessoas. Elas podem determinar nosso humor, disposição, atenção, entre outras sensações em um determinado ambiente.

Sendo assim, podemos dizer que as cores na arquitetura:

  • podem causar diversas sensações em ambientes;
  • têm várias funções e podem influenciar nossas emoções;
  • são um dos fatores que mais influenciam a forma como nos relacionamos com um ambiente;
  • estimulam nossos sentidos e pode encorajar atividades (como trabalho e estudo).

Quando usar paleta de cores frias e quentes na decoração?

Para te ajudar a criar um ambiente aconchegante, elegante e com estilo, vamos detalhar qual o significado das cores frias e quentes.

Cores quentes

Amarelo

O amarelo é a cor mais clara e que mais se aproxima do branco. Ela traz uma sensação de calor, ânimo e vitalidade. Frequentemente associada ao poder e otimismo, ela também estimula a criatividade e confiança.

Se o cliente quer dar um toque de cor ao ambiente e não quer que tenha um aspecto agressivo, o amarelo é uma boa escolha. Ele também é indicado para ambientes muito escuros ou sem janela.

Mas tome cuidado para que o local escolhido para aplicação da tonalidade não cause fadiga visual.

Cores frias e quentes: cozinha com parede amarela (foto: Ambientta Arquitetura)

2. Cores frias e quentes: cozinha com parede amarela (foto: Ambientta Arquitetura)

Vermelho

O vermelho, cor do sangue e da paixão, também remete ao poder e à nobreza.

Essa tonalidade é excitante, anima, traz confiança, força de vontade e agilidade. Em relação à decoração de ambientes, o vermelho estimula as emoções, inibe o medo e as preocupações, mas também pode produzir nervosismo. Por ser estimulante e dinâmico, deve ser usado com cautela.

O ideal é mesclar o vermelho com tons claros e neutros para criar um ambiente harmônico.

Cores frias e quentes: banheiro vermelho (foto: Rodrigo Kolton)

3. Cores frias e quentes: banheiro vermelho (foto: Rodrigo Kolton)

Laranja

O laranja traz as mesmas propriedades do amarelo, porém em um grau mais elevado. Trata-se da cor da energia, do apetite, do desejo e da criatividade.

Além disso, o laranja proporciona vitalidade, dinamismo, eleva o ânimo e traz alegria para o ambiente. Devido a essas características, ele é indicada principalmente para locais de trabalho e estudo.

Cores frias e quentes: armário de cozinha laranja (foto: Sandrin Planejados)

4. Cores frias e quentes: armário de cozinha laranja (foto: Sandrin Planejados)

Cores Frias

Azul

O azul estimula a paz, serenidade e repouso. Trata-se de uma cor fria versátil que pode ser usada em qualquer ambiente. Por tratar-se de uma tonalidade que estimula o relaxamento, é indicada principalmente para o quarto ou espaços criados para descanso.

Mas deve-se ter cuidado com o tom, pois de acordo com a tonalidade ele pode trazer um ar melancólico.

5. Paleta de cores frias e quentes: quarto com decoração azul (foto: Karina Korn)

5. Paleta de cores frias e quentes: quarto com decoração azul (foto: Karina Korn)

O azul em sua tonalidade mais clara traz sensação mais alegre, já em seu tom escuro representa profundidade de sentimento e amplitude ao ambiente.

Outra dica é usar o azul em lugares quentes, já que ele traz uma sensação de refrescância. Já em ambientes gelados ele deve ser evitado, pois aumenta a sensação de tristeza e frio.

Verde

A cor verde transmite a sensação de segurança, serenidade e esperança. Trata-se da cor que está no ponto de equilíbrio entre claro e escuro, calor e frio.

Assim como o azul, o verde é uma cor versátil que harmoniza facilmente com outras cores de acordo com sua tonalidade.

Em seu tom mais claro passa uma sensação de tranquilidade e é indicada para quartos, salas de estar e escritórios.

Já em sua tonalidade escura pode trazer a sensação de seriedade e segurança.

6. Paleta de cores frias e quentes: área externa com parede verde (foto: Revista Viva Decora 2)

6. Paleta de cores frias e quentes: área externa com parede verde (foto: Revista Viva Decora 2)

Violeta

A cor violeta estimula nosso lado psíquico e espiritual, lucidez, equilíbrio nas atitudes. Está ligada à ideia de sabedoria, respeito e espiritualidade.

A cor pode ser empregada em ambientes mais tranquilos, de atividades espirituais ou de meditação, no quarto ou em outro ambiente de relaxamento.

Alie ao dourado para transmitir riqueza.

Cores frias e quentes: quarto violeta (foto: Pinterest)

7. Cores frias e quentes: quarto violeta (foto: Pinterest)

Qual desses ambientes com cores frias e quentes mais te chamou a atenção? Compartilhe com a gente nos comentários.