Nota de corte de arquitetura: tudo o que você precisa saber!

A nota de corte para arquitetura é a informação mais importante para aqueles que estão esperando uma bolsa na universidade.

Ela pode variar de acordo com vários critérios, como a modalidade de programa escolhido, o número de candidatos, a instituição, entre outros. Para tirar todas as suas dúvidas, no post de hoje trouxemos qual é a nota de corte para arquitetura no Sisu, ProUni e Fies. Acompanhe!

O que é nota de corte?

Note de corte é uma pontuação mínima que o estudante precisa alcançar na prova para conseguir uma vaga em uma faculdade.

A nota do Enem pode ser usada no ProUni, no Sisu e no Fies. Algumas faculdades privadas também aceitam a avaliação para o ingresso direto. Falaremos mais sobre todas essas opções ao longo do texto.

Cada um desses programas têm seus próprios critérios para definir a nota de corte. De modo geral, os parâmetros são:

  • número de vagas
  • instituição escolhida
  • graduação desejada
Nota de corte para arquitetura varia de acordo com a modalidade escolhida pelo candidato

Nota de corte para arquitetura varia de acordo com a modalidade escolhida pelo candidato

A nota de corte para arquitetura costuma ser alta, já que o curso é um dos mais procurados e caros.

Mas não se preocupe! Vamos detalhar quais são as opções para quem que ingressar na faculdade por meio de bolsa. Com as informações certas e bastante estudo, a nota de corte para arquitetura não será problema para você! Confira:

Qual a nota de corte para arquitetura no Sisu?

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um sistema informatizado do Ministério da Educação. Por meio dele, universidades públicas oferecem um determinado número de vagas aos participantes do Enem.

Trata-se do processo seletivo mais concorrido do Brasil. No Sisu o candidato concorre apenas com aqueles que fizeram as mesmas opções de curso, instituição, campus, turno e modalidade de concorrência.

Ao inserir no Sisu o número de inscrição e a senha do Enem do ano vigente, a sua nota vai direto para o sistema, que vai calcular seu desempenho de acordo com os critérios estabelecidos.

E quais são os critérios do Sisu para nota de corte de arquitetura? Cada universidade informa um peso diferente para a prova do Enem.

Um dos critérios que influenciam a nota de corte para arquitetura é se a universidade tem uma política de ações afirmativas (cotas).

Nota de corte para arquitetura: várias universidade oferecem programa de cotas

Nota de corte para arquitetura: várias universidade oferecem programa de cotas

A nota de corte para arquitetura no Sisu é um reflexo do número de candidatos que procuram o curso. Por isso, durante o período de inscrição no sistema a nota pode mudar diariamente. A informação oficial só fica disponibilizada após o encerramento desse intervalo.

Nota de corte para arquitetura: pontuação muda diariamente no sistema do Sisu até o encerramento das inscrições

Nota de corte para arquitetura: pontuação muda diariamente no sistema do Sisu até o encerramento das inscrições

Se analisarmos as 46 universidades públicas cadastradas no Sisu em 2018, a média da nota de corte para arquitetura é de 720. Mas conforme explicamos, esse número pode variar muito de acordo com os critérios de cada universidade.

Por exemplo, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia teve nota de corte para arquitetura de 670. Já a Universidade Federal do Paraná, 814.

Qual a nota de corte para arquitetura no ProUni?

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa criado pelo Ministério da Educação que concede bolsas de estudo de 50% ou 100% em universidades privadas brasileiras.

A boa notícia é que a nota de corte do ProUni é a menor pontuação para conquistar uma vaga.

Para concorrer, o candidato que fez a prova do Enem precisa ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou na rede privada em condição de bolsista.

Um critério para concorrer a bolsa integral é ter renda bruta familiar mensal de até um salário mínimo por pessoa. Para as bolsas parciais, a renda deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Nota de corte para arquitetura: Prouni oferece bolsa de até 100%

Nota de corte para arquitetura: Prouni oferece bolsa de até 100%

O candidato que quer concorrer a uma vaga no Prouni precisa ter feito o Enem do ano anterior e ter tirado, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas. Também é obrigatório que a nota da redação tenha sido maior que zero.

De acordo com o Blog do Enem, a maior nota de corte para arquitetura no ProUni de 2018 foi 713. Já a menor nota foi 452.

A média de nota de corte para arquitetura é 640.

Qual a nota de corte para arquitetura no Fies?

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa do Ministério da Educação que financia a graduação na educação superior de estudantes matriculados em universidades privadas.

Para se inscrever, é necessário que o candidato tenha participado do Enem a partir da edição de 2010 e que sua nota tenha sido igual ou superior a 450 pontos na provas.

Na redação, é obrigatório que a sua pontuação tenha sido superior a 0.

Existe duas modalidades do programa, o Fies e o P-Fies.

Para se inscrever nas modalidades Fies e P-Fies, é necessário que o candidato possua renda familiar mensal bruta, por pessoa, até 3 (três) salários mínimos.

Já para fazer a inscrição apenas na modalidade P-Fies, o candidato deve comprovar renda familiar mensal bruta, por pessoa, de 3 (três) salários mínimos até cinco (5) salários mínimos.

Nota de corte para arquitetura: Fies dá a opção de pagar o curso após a conclusão

Nota de corte para arquitetura: Fies dá a opção de pagar o curso após a conclusão

E como funciona a nota de corte para arquitetura no FIES?

Ela é divulgada quando todas as vagas disponibilizadas no grupo de preferência do candidato forem preenchidas.

O cálculo é feito com base no número de vagas disponíveis e no total de candidatos inscritos no grupo de preferência escolhido.

Assim como no Sisu, a nota de corte de arquitetura só é determinada oficialmente após o encerramento das inscrições, devido a variação do número de candidatos.

De acordo com o Blog do Enem, a maior nota de corte de arquitetura no Fies 2018 foi do Centro Universitário Toledo, de Araçatuba – SP (749,04). Já a menor foi a da Faculdade Metropolitana de Rio do Sul, de Rio do Sul – SC (499,9).

Qual a nota de corte para arquitetura por ingresso direto?

Se você não se encaixa nos critérios do ProUni, do Fies ou do Sisu, a modalidade de ingresso direto pode ser uma ótima alternativa para conquistar o sonho do diploma.

Trata-se de uma modalidade utilizada por várias faculdades particulares. Por meio dela, o candidato que fez a prova do Enem pode ser candidatar a uma vaga diretamente no site da Instituição, sem se cadastrar no Prouni ou outro programa.

O processo é bem simples: é só informar as notas que você obteve em cada uma das cinco provas do Enem (Linguagens e Códigos, Matemática, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Redação).

O sistema faz um cálculo e muitas vezes já informa, na hora, se o candidato obteve o direito à vaga ou não.

Nota de corte de arquitetura: com o ingresso direto é só se cadastrar no site da universidade com a nota do Enem e aguardar

Nota de corte de arquitetura: com o ingresso direto é só se cadastrar no site da universidade com a nota do Enem e aguardar

Os critérios para a nota de corte de arquitetura no ingresso direto variam de acordo com cada faculdade.

Algumas exigem uma nota mínima no Enem, enquanto outras pedem que o aluno apenas não tenha zerado na redação.

No geral, a nota de corte para arquitetura no ingresso direto costuma ser menor do que a pontuação exigida no Prouni ou no Fies.

Por abranger várias universidades, o período de inscrição varia bastante. Por isso, é importante estar atento às datas das instituições do seu interesse.

Onde estudar arquitetura com a nota do Enem?

Agora que você já sabe qual é a nota de corte para arquitetura em várias modalidades de ingresso à universidade, bate aquela dúvida: afinal, qual instituição escolher?

A primeira dica é optar por um curso presencial, já que o CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) não reconhece os diplomas obtidos por meio da modalidade EAD.

Outro cuidado essencial é escolher uma universidade reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

Para te ajudar a fazer a escolha ideal, preparamos um post com as melhores faculdade de arquitetura do Brasil.

Quer saber mais sobre o curso de arquitetura e urbanismo? Confira mais informações essenciais: