6 métricas para escritório de arquitetura que vão dar um UP no seu negócio

Acompanhar os resultados financeiros e operacionais do seu negócio é fundamental para garantir que os seus projetos estão sendo executados de forma eficiente e obtendo o retorno esperado.

Acontece que a grande maioria dos profissionais não adota nenhum indicador para mensurar o desempenho da obra.

No artigo de hoje você confere as nossas dicas sobre a importância das métricas para escritório de arquitetura. Acompanhe!

Métricas para escritório de arquitetura: profissionais analisando gráficos no computador e ícones relacionados a métricas (fonte: adobestock)

Métricas para escritório de arquitetura: profissionais analisando gráficos no computador e ícones relacionados a métricas (fonte: adobestock)

A importância das métricas para escritório de arquitetura

Uma métrica nada mais é do que uma forma de avaliar o desempenho de ações implementadas pela sua empresa. Em um canteiro de obras, no qual as variáveis a serem controladas são muitas, é de suma importância estabelecer métricas para o acompanhamento das atividades planejadas.

Não importa se estamos falando do briefing do projeto, da elaboração de um cronograma de obras, ou dos custos com mão de obra e insumos: o fato é que sem o controle dessas variáveis, as chances de comprometer o resultado final do projeto são enormes.

Para garantir que o seu investimento está dando o retorno esperado, é preciso mensurar o desempenho da obra de forma adequada.

William Deming, um dos principais estudiosos da gestão de qualidade, uma vez disse: “Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia.”

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais realizando análises financeiras a partir de gráficos (fonte: adobestock)

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais realizando análises financeiras a partir de gráficos (fonte: adobestock)

6 métricas para escritório de arquitetura que você precisa conhecer

 

Métricas de desempenho financeiro

É fato que a área financeira é a mais sensível em qualquer empresa.

Afinal, sem os recursos necessários, fica inviável prestar qualquer tipo de serviço. Por isso, atividades como precificação de projeto, negociação com fornecedores, planejamento de fluxo de caixa, lucratividade e rentabilidade são aspectos fundamentais para garantir a vida do seu escritório.

Algumas métricas que você pode adotar nesta área do negócio são:

1- Lucro

Lucro = receita (ou seja, aquilo que você recebeu para realizar o projeto) – (despesas fixas + despesas variáveis).

Por despesas fixas nos referimos aqueles custos que você tem para manter a sua estrutura funcionando, como por exemplo aluguel, internet, telefone, colaboradores permanentes, etc.

Já as despesas variáveis são aqueles custos que você tem para realizar aquele serviço específico, como o tempo de trabalho, gastos para elaboração do projeto, entre outros.

2- Lucratividade

Lucratividade = lucro / receita x 100

A lucratividade nada mais é do que o percentual da receita que será convertido em lucro líquido.

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais realizando o controle de obras por meio do uso de softwares online (fonte: adobestock)

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais realizando o controle de obras por meio do uso de softwares online (fonte: adobestock)

Lembre-se de que não basta estabelecer as métricas para o seu escritório, é necessário acompanhá-las de perto! Ter as informações financeiras relacionadas a cada um dos seus projetos em andamento é fundamental para que você possa analisar os resultados da sua empresa.

A forma mais eficiente de realizar esse controle, é por meio do uso de softwares de gestão de obra como o VEJA OBRA.

Além de garantirem o controle das contas a pagar e a receber, os softwares te ajudam na elaboração de orçamentos completos para cada projeto.

Métricas para escritório de arquitetura: Grupo de profissionais trabalhando em plantas de projeto (fonte: adobestock)

Métricas para escritório de arquitetura: Grupo de profissionais trabalhando em plantas de projeto (fonte: adobestock)

Veja também: Os 3 erros mais comuns que destroem a lucratividade de arquitetos e como resolvê-los

Métricas de desempenho operacional

Se você é um profissional da construção civil, então sabe que a partir do início da execução de um projeto é preciso avaliar uma série de variáveis para garantir que ele seja entregue dentro do prazo e limite estipulados pelo cliente.

No entanto, para que isso seja possível, é necessário criar padrões de produtividade e qualidade na sua empresa, sempre buscando aprimorar os seus resultados.

O principal método para a avaliação de performance consiste na aplicação de Indicadores Chave de Desempenho. A seguir, você confere alguns indicadores básicos:

3- Produtividade

Produtividade = receita líquida/número de colaboradores

Por meio do uso dessa fórmula, é possível descobrir o valor em reais que cada trabalhador produz naquele projeto em questão.

4- Desperdício

Desperdício = total de materiais/ quantidade de materiais utilizados x 100

Este cálculo fornece o percentual de material que foi desperdiçado na execução do projeto. Vale lembrar que o desperdício é uma das principais causas de desvios no custo de realização de um projeto.

Veja também: Acerte na compra dos materiais! Descubra como calcular concreto para lajes, vigas e pilares

5- Custo

Desvio de custo = custo real – custo orçado/custo orçado x 100

O cálculo do desvio de custo é fundamental para identificar a disparidade entre valores orçados e o custo real da execução de um projeto.

Veja também: Como fazer orçamento de obra – aprenda a montar o seu + dicas de apps

6- Prazo

Desvio de prazo = término real – término planejado/prazo total planejado para obra x 100

Da mesma forma, esse cálculo indica se houve atraso ou adiantamento na execução do projeto.

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais em sala de reunião discutindo sobre projeto (fonte: adobestock)

Métricas para escritório de arquitetura: Profissionais em sala de reunião discutindo sobre projeto (fonte: adobestock)

Se você chegou até aqui, então certamente compreendeu a importância de adotar métricas de desempenho para o seu negócio. Afinal, é impossível aprimorar os seus processos internos sem que existam dados que comprovem a sua eficácia ou necessidade de melhorias.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe com seus amigos nos comentários!

Este post foi produzido pela equipe do VEJA OBRA, o software de gestão de obras desenvolvido para auxiliar profissionais de arquitetura desde o planejamento até a execução e controle da obra.