6 problemas que você precisa evitar na gestão da sua obra

Se você é um profissional da construção civil, então certamente sabe que realizar uma gestão eficiente de obras é uma tarefa complicada.

Basta observar o andamento do cronograma e o quadro do orçamento que é possível saber se a gestão da obra está recebendo a devida atenção.

O que classifica uma gestão de obra de sucesso é, não só a garantia de qualidade do projeto entregue, mas também os desvios no cronograma e orçamento de obras. Isso porque atrasos na execução e estouro no orçamento causam desvios de rota.

Para que o gestor da obra fuja de alterações no planejamento da obra, é preciso basear-se em ações preventivas.

Por isso, separamos neste artigo os 6 problemas que você precisa evitar na gestão da sua obra. Boa leitura!

Problemas na gestão de obra: profissionais trabalhando sobre a mesa com projetos de construção civil (foto: Adobe Stock)

Problemas na gestão de obra: profissionais trabalhando sobre a mesa com projetos de construção civil (foto: Adobe Stock)

Os 6 problemas mais comuns em gestão de obra (e como evitá-los!)

 

1- Falta de planejamento 

Antes de qualquer coisa, é preciso falar da importância do planejamento de obras. Um dos principais erros cometidos por profissionais da construção civil é negligenciar essa etapa do processo.

Isso por que as variáveis a serem consideradas no processo de obra são muitas e, sem um planejamento adequado, é fácil se perder.

A nossa primeira dica para ter sucesso na gestão da sua obra é começar por realizar um esboço das atividades que deverão ser executadas, bem como a mão de obra especializada necessária e os insumos básicos.

Com essas informações você será capaz de criar um orçamento de obra, bem como o esboço de um cronograma de obras.

Problemas na gestão de obra: profissional trabalhando em Gráfico de Gantt virtual (foto: Adobe Stock)

Problemas na gestão de obra: profissional trabalhando em Gráfico de Gantt Virtual (foto: Adobe Stock)

Veja também: Saiba como o Gráfico de Gantt facilita a gestão de projetos de arquitetura

2- Dificuldade com a gestão de tempo

Outro problema que pode ser fatal para a gestão da sua obra é o mal gerenciamento do tempo.

Isso porque atrasos em obra resultam em custos extras devido a necessidade de jornadas mais longas de trabalho e horas extras para recuperar o tempo perdido.

Por isso, na hora de montar o seu cronograma de obras, atente-se aos prazos estabelecidos. De nada adianta prazos apertados se você não será capaz de cumpri-los!

Outra boa dica é deixar uma “folguinha” nos prazos para aquelas atividades que são mais complexas.

Isso evita atrasos, e caso você não necessite desses dias extras, entregará a obra antes do planejado!

Para te ajudar nessa etapa da gestão da sua obra, você pode contar com a ajuda deste Guia prático para a criação de um cronograma de obras.

Problemas na gestão de obra: profissional realizando contas sobre planta de projeto (foto: Adobe Stock)

Problemas na gestão de obra: profissional realizando contas sobre planta de projeto (foto: Adobe Stock)

Veja também: Laudo técnico para reforma de apartamento: saiba como fazer de um jeito prático!

3- Falta de controle da gestão financeira

No tópico anterior falamos sobre como atrasos na obra podem causar custos extras e estouro no orçamento. Mas não basta fazer a boa gestão do tempo, é preciso também fazer o controle dos recursos financeiros disponíveis.

Realizar o acompanhamento diário da sua planilha de gastos (previstos e não previstos) é fundamental para evitar que você caia no vermelho! Por isso, organize o seu fluxo de caixa para que ele reflita a realidade e condições do seu empreendimento.

4- Desperdício de materiais

Outro problema recorrente nos canteiros de obra é o desperdício de materiais. As taxas são altíssimas, podendo chegar até 288% para materiais como o revestimento.

Nesse sentido, é preciso atenção não só no armazenamento dos materiais, mas também com as melhores práticas de utilização.

Problemas na gestão de obra: imagem de carrinho de compras representando a compra de materiais frágeis (foto: Adobe Stock)

Problemas na gestão de obra: imagem de carrinho de compras representando a compra de materiais frágeis (foto: Adobe Stock)

Veja também: Tudo o que você precisa saber para criar uma casa sustentável!

5- Gestão desorganizada da cadeia de suprimentos 

As questões logísticas do canteiro de obra também impactam na qualidade da gestão da sua obra.

Por isso, é importante atentar-se às melhores práticas: evite que pedidos sejam feitos com urgência!

Afinal, quanto maior a necessidade por um material específico, mais caro você irá pagar por ele.

Em alguns casos a falta desses materiais pode causar estagnação e retrabalho – e tudo isso gera atrasos e custos extras!

A logística da chegada e estocagem do material na obra também pode interferir no cumprimento do seu orçamento. Uma boa dica é deixar os materiais perto de onde serão utilizados, assim você evita o vaivém e diminui a probabilidade de perdas.

Problemas na gestão de obra: profissionais trabalhando sobre a mesa com projetos de construção civil e utilizando tablet (foto: Adobe Stock)

Problemas na gestão de obra: profissionais trabalhando sobre a mesa com projetos de construção civil e utilizando tablet (foto: Adobe Stock)

6- Chuvas

As condições climáticas podem ter impacto crucial no seu cronograma de obras e no gerenciamento de prazos. Perder dias inteiros por conta de chuvas, por exemplo, pode resultar em grandes prejuízos financeiros.

Por isso, estar atento a previsão do tempo na região da obra é fundamental para que seja possível fazer o melhor aproveitamento da mão de obra nesses dias chuvosos.

Para te ajudar, você pode contar com o VEJA OBRA, o software de gestão de obras especializado. A tecnologia conta com uma integração com um serviço de previsões do tempo, e registra as condições climáticas dos dias.