Cozinha pequena: planejada para a sua necessidade

A cozinha pequena planejada ganhou  espaço nos projetos de decoração: a importância de receber. Hoje, ela é tratada como uma parte da casa tão importante como qualquer outro cômodo no sentido de receber, decorar, passar um tempo desfrutando do ambiente e não somente como necessidade. Em muitos projetos é adotado o conceito “gourmet”,  que trata a cozinha como uma extensão do living ou da varanda, tornando todos os espaços integrados.

Formas de cozinha pequena planejada

Esse conceito se fixou tão bem, por conta da necessidade do cliente, com apartamentos cada vez menores e a própria rotina das pessoas. Dois fatores que pedem praticidade e agilidade, tanto para montar a casa quanto para usufruí-la.Para projetar a cozinha é preciso saber aproveitar os espaços, dimensionar e especificar os eletrodomésticos, escolher os acabamentos ideais para certas restrições e usos, deixá-la aconchegante, pensando que ela é também um local de permanência e bem estar, que deve atender a todas as necessidades.

Para quem não tem  tempo, entendimento ou deseja praticidade, a marcenaria acaba sendo a segunda opção. Comprovando que a maioria dos apartamentos novos estão cada vez menores, muitos dos projetos seguem este conceito, tanto pelo layout dos apartamentos, quanto pela escolha do cliente. Se as cozinhas já demandam uma série de cuidados para serem projetadas, a cozinha pequena planejada pede uma atenção ainda maior,  tanto nos acabamentos, quanto para aproveitamento de espaços. Um padrão muito pesado ou poluído pode deixar o ambiente ainda menor.

As cores e texturas dos armários influenciam muito o conceito e as sensações do ambiente. O padrão madeira, combinado com outras cores e texturas como vidro e espelhos, são ótimos recursos para ampliar as cozinhas pequenas planejadas e podem ser usados também no revestimento das paredes.

Revestir as paredes é tão importante quanto o restante do ambiente, podendo ser pintura, papel de parede, textura, cerâmica, laminado etc. Os armários planejados estão disponíveis em diversas lojas do mercado,  para  diferentes “verbas”. O que muda, de um fornecedor para outro, é a qualidade das ferragens, a qualidade no atendimento e serviço, prazos, custos e padrões dos acabamentos.

 

 

Carlos Rossi é colaborador do Viva Decora e Arquiteto atuante há mais de 20 anos no mercado, tem  projetos desenvolvidos na maioria dos estados brasileiros, alguns países da Europa, America Central e Africa.