1. Home
  2. Revista
  3. Construção e Reforma
  4. Por que Contratar um Arquiteto? Tudo Sobre o Assunto +Etapas de Contratação

Por que Contratar um Arquiteto? Tudo Sobre o Assunto +Etapas de Contratação

Construir e reformar é o sonho de muitas pessoas e, para transformar as ideias em algo real e com ótimos resultados, escolher um profissional especializado e capacitado faz toda a diferença. No entanto, nem todas as pessoas sabem ou conseguem enxergar os inúmeros motivos do porque contratar um arquiteto para o projeto.

Só para você ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa realizada pela CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) menos de 15% da população brasileira já utilizou os serviços de um arquiteto. No Brasil, a região Sul é apontada como a que mais utiliza serviços de arquitetos e urbanistas e/ou engenheiro nas obras de reforma ou construção, enquanto a região Nordeste é a que menos utiliza.

Esses dados por sua vez revelam que além da questão financeira como sendo um norteador pela preferência por mestres de obras e pedreiros, a falta de conhecimento sobre a relevância desses profissionais também acaba impactando diretamente na sua contração.

Diante desse contexto, se você está pensando em construir ou reformar um imóvel é preciso antes de mais nada entender porque contratar um arquiteto. Confira esse conteúdo que preparamos especialmente para você e elimine todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Vai construir ou reformar um imóvel? Então conheça os motivos do porque contratar um arquiteto. Fonte: Pixabay
1. Vai construir ou reformar um imóvel? Então conheça os motivos do porque contratar um arquiteto. Fonte: Pixabay

O que faz um arquiteto?

O arquiteto é o profissional responsável por planejar e acompanhar a criação de projetos de casas, edifícios, espaços comerciais, escolas, hospitais, áreas de lazer, transporte e demais espaços de convivência humana.

Fazendo uso de soluções criativas, históricas, culturais e com impactos urbanos e ambientais conscientes, o arquiteto projeta uma reforma ou construção de áreas internas e externas para oferecer conforto e funcionalidade aos usuários.

O profissional avalia as condições do local e pensa em vários detalhes do projeto como a escolha dos materiais, a melhor iluminação (projeto luminotécnico), instalações elétricas e hidráulicas e o conforto térmico e acústico do ambiente.

Porque contratar um arquiteto: o arquiteto avalia as condições do local e pensa em vários detalhes do projeto. Fonte: Pexels
2. Porque contratar um arquiteto: o arquiteto avalia as condições do local e pensa em vários detalhes do projeto. Fonte: Pexels

Conheça 10 áreas que o arquiteto pode atuar:

  1. Planejamento urbano: seu objetivo é organizar os espaços e propor melhorias que ofereçam bem-estar e qualidade de vida para a sociedade;
  2. Paisagismo: o arquiteto pode se tornar especialista em paisagismo e passa a projetar áreas verdes conforme as necessidades de cada espaço;
  3. Luminotécnica: o arquiteto pode se tornar um light designer e se tornar um especialista em iluminação (escolha de lâmpadas, cálculo luminotécnico);
  4. Restauro de edifícios: atua no mapeamento dos danos da obra e realiza estudos para restaurar o imóvel;
  5. Especialista em BIM: os arquitetos especialistas em BIM (Building Information Modeling ou Modelagem de Informação da Construção) usam a tecnologia a seu favor e passam a projetar de maneira mais rápida e eficiente;
  6. Arquitetura promocional: o arquiteto trabalha com obras voltadas para eventos, feiras e projetos de estabelecimentos;
  7. Acompanhamento e administração da obra: o arquiteto garante a qualidade dos materiais, a segurança e cumprimento das especificações;
  8. Fotografia: o arquiteto pode expandir sua área de atuação para fotografia, assim o registro de projetos e grandes obras arquitetônicas pode ser feito com maior qualidade já que o profissional vai saber quais ângulos e características valorizar na imagem;
  9. Design de videogame: os arquitetos em estúdios de games podem auxiliar na criação e reprodução de obras de arquitetura nos jogos;
  10. Carreira acadêmica: o arquiteto pode atuar como professor ou pesquisador nas universidades.
Porque contratar um arquiteto: o arquiteto pode atuar em diferentes frentes. Fonte: Pixabay
3. Porque contratar um arquiteto: o arquiteto pode atuar em diferentes frentes. Fonte: Pixabay

Qual a diferença entre arquiteto e engenheiro?

Quando falamos sobre porque contratar um arquiteto, muitas pessoas acabam confundindo essa profissão com a de um engenheiro. No entanto, embora essas carreiras se complementam em muitas ocasiões, as funções de cada profissional são bastantes distintas.

De modo geral, o engenheiro fica responsável por erguer o projeto de forma segura e se envolve mais com o gerenciamento de obra, enquanto o arquiteto está mais voltado ao planejamento estético do projeto e estuda mais as questões humanas relacionadas ao uso do imóvel.

Engenheiro e Arquiteto: embora essas carreiras se complementam em muitas ocasiões, as funções de cada profissional são bem distintas. Fonte: Pixabay
4. Engenheiro e Arquiteto: embora essas carreiras se complementam em muitas ocasiões, as funções de cada profissional são bem distintas. Fonte: Pixabay

Quais as vantagens de contratar um arquiteto para o seu projeto?

O arquiteto é o profissional ideal para você que deseja transformar os desejos de uma obra em soluções reais e funcionais, com planejamento, segurança, materiais de qualidade e custo adequado.

Ainda não está convencido sobre porque contratar um arquiteto? Então, confira abaixo algumas das vantagens de contratar um arquiteto para o seu projeto.

  • O arquiteto possui uma formação específica que o permite reunir a criatividade, a técnica, a estética e a funcionalidade de espaços, deixando o imóvel mais adequado às necessidades, respeitando o orçamento do cliente;
  • O arquiteto além de garantir a segurança e a qualidade da reforma ou construção, sua atuação nos ambientes agrega muito mais valor ao imóvel;
  • O arquiteto devido sua ampla formação também está preparado para gerenciar todos os fornecedores da obra, indo desde fabricantes de esquadrias para portas e janelas à loja de papel de parede, responsável pelo revestimento do ambiente;
  • Ao contratar um profissional de arquitetura você evita gastar dinheiro de forma desnecessária, afinal o arquiteto sempre irá te orientar sobre os melhores produtos e soluções para a obra;
  • O arquiteto será responsável por calcular a quantidade necessária de material, evitando que você gaste acima do necessário;
  • O profissional de arquitetura também é responsável por sugerir e criar soluções para melhor aproveitamento de espaços, agregando valor, funcionalidade e conforto em cada ambiente do imóvel.

Dessa forma, pode-se afirmar que os benefícios atrelados à contração de um arquiteto são baseados em cinco pilares: planejamento, economia, segurança, valorização e conforto.

Existem diversos motivos do porque contratar um arquiteto para o projeto. Fonte: Pexels
5. Existem diversos motivos do porque contratar um arquiteto para o projeto. Fonte: Pexels

Como funciona a contratação de um arquiteto?

Construções e reformas com arquitetos trazem mais segurança, conforto e qualidade. No entanto, antes de ir em busca de um profissional capacitado para dar vida ao seu projeto é importante que você esteja atento sobre quais são as suas obrigações e as do arquiteto antes de fechar negócio.

Mas, afinal, como contratar um arquiteto? De acordo com o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) é possível contratar um arquiteto a partir de três etapas principais, sendo elas: combinando as regras, levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha. Confira abaixo o passo a passo de contratação de um arquiteto.

Primeira etapa: combinando as regras com o arquiteto

  • O arquiteto deve apresentar uma proposta de serviço e esse documento deve esclarecer o que será feito e como, além do valor e quando será entregue cada etapa da obra. Neste documento deve constar também como e quantas visitas serão realizadas no decorrer da obra pelo profissional. Uma vez aceita a proposta, é importante que você exija um contrato e o RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) do Conselho de Arquitetura e Urbanismo.
  • Dessa forma, firmar um contrato é fundamental, pois é nesse documento que irá constar os aspectos jurídicos, tais como direitos, deveres e responsabilidades.
  • Procure escolher o mesmo arquiteto para fazer o projeto e acompanhar a obra, pois isso evita complicações ou ruídos de comunicação ao longo do projeto. Contudo, se a execução do projeto for de responsabilidade de outro profissional, certifique-se que o arquiteto autor do projeto visite periodicamente a obra em questão.
  • Além disso, caso o profissional que acompanhará a execução do projeto não seja o mesmo que projetou é relevante que você solicite um contrato de gestão de execução. Dentro deste contrato é importante levantar pontos sobre: o que será feito, em quanto tempo e quanto custará o(s) serviço(s); quais as garantias; seguros; responsabilidades; documentos necessários; qual é a relação de profissionais que trabalharão na obra e relação do que e quando será comprado;
  • Vale comentar que a remuneração do arquiteto é feita de acordo com a prestação de serviço. Para saber como calcular os valores procure utilizar a Tabela de Honorários do CAU/BR.

Segunda etapa: levantando as necessidades do cliente

  • Em um único documento o arquiteto deve reunir todas as necessidades do cliente, tais como o tamanho de cada ambiente, funcionalidade e arquitetura inclusiva. Por essa razão, é relevante que o cliente exponha todas as suas necessidades e expectativas para que o profissional reflita sobre as alternativas e soluções para as demandas apresentadas. 

Terceira etapa: como trabalha o arquiteto e urbanista

  • Primeiro o arquiteto faz o estudo preliminar, avaliando a configuração do espaço arquitetônico e seguidamente passa essas informações de forma clara para o cliente;
  • Em seguida ocorre o anteprojeto. Nesta etapa, o arquiteto apresenta um layout predefinido do projeto, com ideias e soluções mediante ao que foi proposto. Logo, assim que o anteprojeto é aprovado, ambas as partes (arquiteto e cliente) assumem o compromisso de cumprir o que foi acordado no documento apresentado.
  • Assim que o anteprojeto é acordado chega o momento de apresentar o projeto básico. Neste documento deve constar, no mínimo: planta baixa de pavimentos, seções longitudinais e transversais, fachadas, planta de localização (situar a obra no bairro) e especificação de materiais (quais materiais serão usados no decorrer da obra).
  • Por fim e, último passo, chega o momento da apresentação do projeto completo. No documento, o arquiteto deve esclarecer em detalhes, as especificações dos materiais usados e sua quantidade e as maquetes do projeto. Além disso, o profissional deve apresentar de forma clara os detalhes construtivos, como serão as portas, janelas, telhado, laje, revestimento de pisos, revestimento de parede interna e externa, instalação hidráulica e elétrica.

(Fonte: CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil)

Porque contratar um arquiteto: as suas obrigações e as do arquiteto antes de fechar negócio. Fonte: Pixabay
6. Porque contratar um arquiteto: as suas obrigações e as do arquiteto antes de fechar negócio. Fonte: Pixabay

Quanto custa para contratar um arquiteto?

Segundo informações da CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) o valor da contratação de um arquiteto e urbanista varia entre 5% e 15% do gasto total na obra. Por exemplo, se o projeto total custar R$ 10.000, provavelmente o arquiteto irá cobrar entre R$ 500,00 e R$ 1.500.

Quer contratar o arquiteto ideal para o seu projeto? Então, acesse este link e entre em contato com nossos especialistas.

Nathalia Inson

Nathalia Baldini Inson é formada em engenharia ambiental e redatora do Viva Decora. Apaixonada por livros, música e plantas, descobriu no meio digital uma forma de impactar mais pessoas por meio dos seus posts sobre decoração, arquitetura, culinária, artesanato, jardinagem e reciclagem.

Confira também:

A churrasqueira para apartamento foi feita sob medida para o espaço. Projeto por Idealizzare Arquitetos -Consultoria em projetos

Qual a Melhor Churrasqueira Para Apartamento? Dicas e Modelos

Piso Xadrez: Dicas para Decorar +60 Projetos Encantadores

Ardósia Preta: +52 Modelos de Revestimentos para Sua Decoração

A porta camarão integra ambientes

Porta Camarão: Como Instalar, +70 Modelos Para Banheiro, Quarto e Cozinha

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz