Decoração de quarto de casal pequeno e moderno

Atualmente, ao procurar um imóvel para alugar ou comprar, é extremamente comum nos depararmos com dormitórios muito menores do que o esperado. A redução desses cômodos nas plantas dos empreendimentos mais recentes é explicada, principalmente, pela presença da tão venerada varanda gourmet. Com isso, os usuários desses imóveis têm encarado muitas limitações para aliar conforto, estética e funcionalidade. É aí que se fazem necessárias soluções inteligentes de decoração e dicas de como aproveitar melhor o espaço.

Confira dicas de decoração de quarto de casal pequeno

Em um dormitório de casal pequeno, esse desafio é ainda maior, pois o ambiente deverá abrigar duas pessoas e seus respectivos pertences, além de objetos decorativos e de estima. O ideal é que seja um cômodo da casa onde se possa realizar várias tarefas distintas, como ler, relaxar, dormir, estudar, namorar e até trabalhar. Tudo isso com conforto, aconchego e praticidade. Por isso é importante investir na decoração de quarto de casal pequeno.

O móvel central de todo quarto de casal é a cama, que mesmo tendo sido idealizada como um lugar onde o casal possa se “esparramar”, deve ser de tamanho padrão no caso de dormitórios pequenos. A cabeceira adequada também é aquela que tomará o mínimo espaço possível, preferencialmente do tipo painel, instalada junto à parede.  A cama a ser adotada nesse caso deverá ser a box, que para otimizar o espaço, poderá ter gavetas ou baú na parte inferior.

Uma boa marcenaria certamente é elemento essencial quando o problema é falta de espaço. Aliada ao bom aproveitamento das paredes e planejada de acordo com as necessidades do casal, resultará em organização, versatilidade e funcionalidade. O armário de roupas, por exemplo, deverá ter portas de correr, pois além de funcionais, aumentam a sensação de amplitude se forem de espelho. Esse material também pode ser aplicado nas laterais da cama, acima dos criados, ou até mesmo em uma parede inteira, criando a mesma ilusão de um ambiente maior.

Contudo, é importante ressaltar que para esse “truque” funcionar, paredes, piso e teto deverão receber cores claras. O recomendável é que aí não haja exagero de cores nem de detalhes. Eles devem ser reservados para itens que possam ser facilmente substituídos, como roupa de cama, almofadas e objetos decorativos.

Mesmo pequeno, um quarto prático e confortável deve contar com um espaço mínimo de circulação de 60 cm em torno da cama. Dessa forma, é certo que seus habitantes terão facilidade tanto para andar como para realizar todas as tarefas, inclusive a limpeza.

Mesmo com algumas limitações, a decoração de um dormitório de casal pequeno pode e deve ser interessante e convidativa. Para isso, deve-se levar em conta tanto questões funcionais quanto estéticas. Aliadas, elas certamente garantirão conforto, bem-estar e qualidade de vida aos seus usuários.

 

Carla Evangelista é colaboradora do Viva Decora e Designer da Lumiére Designers