Decorar quarto feminino com delicadeza e ideias criativas

A gente pode criar coisas lindas dentro da proposta de decoração para quarto de menina. Pensando numa faixa etária que abranja dos cinco aos dez ou onze anos, esta é uma fase especial, permeada por sonhos, faz de conta e inspiração.

Veja como decorar quarto feminino para sua filhinha

O melhor, já não precisamos apelar necessariamente para o básico, para derivados de rosa e/ ou lilás. Cores, várias cores, e a combinação entre elas pode acontecer e ainda assim o quarto ficar encantador. E temas diversos também.

Sua menina pode sim ser a princesa, mas pode ser ainda a fashionista, a intelectual, a exploradora. Ou todas numa só! Faça uma decoração eclética, o mais importante de tudo é que seja composta por elementos que a estimulem em muitos aspectos.

O quarto não deve apenas ser bonito, criado para ser admirado, impecável. É importante mantermos em mente que não se trata de um cenário, ou seja, é interessante que, além de lindo, seja cativante. Criativo em suas soluções, deve estimular quem convive nele a explorar habilidades motoras e cognitivas.

Para tanto, além das cores, aplique texturas nos elementos como revestimentos de parede, piso, móveis, estofados, e inclua brinquedos educativos. Que os próprios elementos decorativos possam ser os brinquedos, por que não!?

Livros! Inclua livros, não importa a idade. São lindos, e não há nada mais fundamental do que livros desde sempre para que o habito de ler e de ter pensamento crítico se estabeleça.

Decorar quarto feminino com delicadeza e ideias criativas

Decorar quarto feminino com delicadeza e ideias criativas

Preste atenção também na iluminação, não é por que é para uma criança/ pré-adolescente que não pode ter luz indireta, ou uma luminária bem bacaninha. Fica um charme! Ela vai curtir.

Aliás, ouça a ilustre dona do quarto no momento de projetar o mesmo. Saiba do que ela gosta e o que quer, faça especialmente para ela; é seu palco, seu universo. Pode ser divertido (e, para ela, inesquecível).

Que tal se ela puder escrever nas paredes, ou nos móveis (se estes forem de um material que possa ser apagado)? E se o quarto tiver mesmo cara de ateliê de artes, com materiais, telas, esculturas que ela crie, não é pura inspiração? Ou de lojinha, onde ela mesma aprende e executa a organização das roupas, sapatos e acessórios em cabideiros, gaveteiros, ganchinhos?

Um quarto em que a menina pinte e borde, literalmente. Com tudo acessível, tudo na “mão”, pra ser mexido, pra ser vivido. Basta estipular critérios de organização, ter a posição das coisas definidas (e orientá-la sobre), que depois tudo volta pro seu lugar. Feminino, mas criativo, genuíno.

Ideias, vamos usufruir delas! Implantá-las, inovarmos, re-significando elementos, usos e costumes. Aproveite para fazer a decoração do quarto de menina para um outro tipo de menina que queremos que cresça e ganhe o mundo: menina-criativa!

 

Marina Arruda  é colaboradora da Revista Viva Decora, designer de interiores e designer gráfica, com formação em personal organizer. Mestrado em Comunicação e Semiótica, tendo realizado pesquisa que aborda as relações entre sujeito-objeto e corpo-mente-ambiente, relacionando áreas como design e cognição.