Dicas de Papel de Parede para Quarto de Bebê

Papel de parede não é uma novidade em quartos de bebê, pelo contrário, as cores e grafismos impressos por esse elemento já foram usados e abusados por pais no momento de decorar esse ambiente. De acordo com a diretora criativa da Lilibee, Dani Mataresi, o que há de novidade quando o assunto é papel de parede para quarto de bebê é um aumento na mistura de diferentes estampas e cores e a volta de algumas imagens, como as aquareladas.

Embora não sejam novidades, os papéis de parede têm ganhado adaptações e sido usados de diferentes maneiras.

Embora não sejam novidades, os papéis de parede têm ganhado adaptações e sido usados de diferentes maneiras para decorar os quartos de bebês. Confira dicas para não errar na hora de selecionar esse elemento.

Tendências de decoração de quarto de bebê.

Em termos de cores, a profissional informa que o rosa e o azul continuam sendo as campeãs de venda. No entanto, o cinza é o novo bege e tem se destacado para decorar quartos masculinos. “A mistura de cores em diferentes paredes e papéis também é uma tendência. Antes, o morador apostava em uma única cor, agora existe um mix no ambiente”, diz.

Neste quarto para menino, a mistura de papel de parede é o que mais chama atenção. Diferentes estampas dialogam.

Neste quarto para menino, a mistura de papel de parede é o que mais chama atenção. Diferentes estampas dialogam.

A principal aposta de Dani Mataresi, da Lilibee, como tendência, são os papéis de parede aquarelados. Os traços, que já foram mais utilizados há alguns anos, retornam em desenhos tanto abstratos quanto mais realistas e prometem deixar esse ambiente mais infantil, delicado e aconchegante.

Como usar papel de parede em um quarto de bebê?

A diretora criativa da Lilibee Dani Mataresi informa que, na hora de decorar esse espaço, o primeiro passo não é escolher o papel de parede, mas descobrir os gostos dos pais. “É preciso compreender as cores que os pais mais gostam, os elementos que admiram e gostariam de inserir no quarto”, informa a profissional.

Nesse ambiente, a mistura se apresentou em todas as paredes. O papel de parede floral divide espaço com a parede apenas pintada em tinta rosa. Cada item da decoração foi pensado em conjunto, evitando sobras ou excessos e promovendo a harmonia.

Nesse ambiente, a mistura se apresentou em todas as paredes. O papel de parede floral divide espaço com a parede apenas pintada em tinta rosa. Cada item da decoração foi pensado em conjunto, evitando sobras ou excessos e promovendo a harmonia.

Feita uma investigação dos gostos, é preciso eleger os itens da decoração. “Então, é necessário selecionar as peças do décor em conjunto, os móveis, objetos decorativos e, inclusive, o papel e adesivos de parede”, sugere a profissional. Ela informa que escolher em conjunto resulta na harmonia da decoração.

Erros na aplicação de papel de parede em quarto de bebê.

Diretora criativa da Lilibee, Mataresi é especialista no assunto e informa que o principal erro é o superestímulo. “A decoração de um quarto de bebê não deve ser pensada apenas em termos estéticos, mas nas sensações que ela irá provocar. Na escolha do papel de parede, é preciso evitar cores fortes ou misturas que estimulem muito a atenção do bebê. Se ele ficar muito estimulado, pode ter dificuldades de dormir, por exemplo”, informa a profissional.

A novidade é o mix. Misturar papéis de parede com diferentes estampas e cores ou aplicar papel de parede em uma parede e na outra não é uma tendência.

Misturar papéis de parede com diferentes estampas e cores ou aplicar papel de parede em uma parede e na outra é uma tendência. No entanto, é preciso evitar os superestímulos, que podem fazer com que a criança fique acordada e não relaxe.

Outro erro bastante comum está relacionado à aplicação do papel de parede. Embora muitos sejam os moradores que imaginem possuir as habilidades necessárias para aplicá-lo, existem técnicas dominadas por especialistas e que evitam bolhas e erros de direcionamento, por exemplo. Às vezes, investir nesse profissional pode sair mais barato do que tentar aplicar e cometer um erro.