Arquitetura e Urbanismo ou Design de Interiores: Qual Curso Devo Escolher?

Para quem se interessa por desenho e tem aptidão por arte, a área de projeção de espaços úteis para outras pessoas pode ser uma boa. Você vai conseguir colocar em prática sua vocação e seu futuro, além de poder atuar em um campo com amplos benefícios mercadológicos. 

Existem duas opções que o aluno que quer ingressar nessas áreas pode seguir: Arquitetura e Urbanismo ou Design de Interiores. Ambos podem trabalhar na ambientação de espaços. Mas qual é a melhor opção para escolher? Pensando em ajudá-lo a sanar essa dúvida, viemos trazer, nesse texto, as principais diferenças entre ambos os cursos para que o jovem possa escolhê-lo.

Arquitetura e Urbanismo ou Design de Interiores, qual curso escolher

1. Arquitetura e Urbanismo ou Design de Interiores, qual curso escolher. Fonte: Pexels

Como funciona o curso de Arquitetura e Urbanismo?

Em Arquitetura e Urbanismo, o aluno pode se formar tanto arquiteto quanto urbanista. O arquiteto vai aprender a planejar diversos tipos de ambientes (sejam internos ou externos), além de projetar edificações. Os critérios levados em consideração para isso são conforto, estética, funcionalidade e objetivo de como aquele ambiente pode melhorar a qualidade de vida das pessoas.

O profissional, formado, será responsável por determinar quais materiais, técnicas e metodologias serão utilizadas na obra. É essencial que ele leve em conta critérios como melhor iluminação possível, criação de ambientes mais ventilados e como a disposição dos objetos impactam naquele espaço. 

Por outro lado, o urbanista atua no planejamento, organização e revitalização de espaços públicos, como cidades e bairros. As atuações podem acontecer tanto no setor público, quanto no privado, seja atuando por uma empresa ou sendo autônomo.

O curso é de bacharelado e tem duração média de cinco anos, estando dentro do escopo de Artes e Design. Dentro das aulas oferecidas, o estudante vai encontrar matérias de:

  • Matemática;
  • História de Arquitetura;
  • Antropologia;
  • Desenho Arquitetônico.

É necessário também lidar com softwares sobre criação de ambientes 3D.

O Arquiteto é responsável por determinar quais materiais, técnicas e metodologias serão utilizadas na obra

2. O Arquiteto é responsável por determinar quais materiais, técnicas e metodologias serão utilizadas na obra. Fonte: Pexels

Como está o mercado para Arquitetura e Urbanismo?

Em 2020, por conta da pandemia, vimos alguma desaceleração no mercado de trabalho. Segundo levantamento do Quero Bolsa, com base no Cadastro Geral de Empregados e desempregados, tivemos:

  • Arquiteto Urbanista, com salário de R$ 5.900,35, 271 contratações e saldo de 5;
  • Arquiteto Paisagista, com R$ 3.861,77 de salário, 54 contratações e saldo de -1;
  • Arquiteto de Edificações, com R$ 6.084,75 de salário, 763 contratações e saldo de -257.

Como funciona o curso de Design de Interiores?

O curso de Design de Interiores forma profissionais que podem atuar no projeto e otimização de ambientes residenciais, comerciais e corporativos. Assim como o arquiteto, o designer também considera padrões de estética e funcionalidade, projetando ambientes de trabalho, instalações e desenvolvendo projetos de sustentabilidade.

O curso Design de Interiores é oferecido nos níveis bacharelado e tecnológico. O bacharelado, que possui duração média de quatro anos e apresenta conteúdo de:

  • Técnicas de instalação e iluminação;
  • Materiais e revestimentos;
  • Desenho de móveis;
  • Utilização de ferramentas digitais. 

Já o nível tecnológico, com duração de dois anos, é voltado para decoração, paisagismo ou design de móveis e ambientes. O aluno aprende sobre estudo de cores, estudo de ferramentas digitais e representação gráfica com ênfase em espaços residenciais e comerciais.

Assim como o arquiteto, o designer também considera padrões de estética e funcionalidade

3. Assim como o arquiteto, o designer também considera padrões de estética e funcionalidade. Fonte: Pexels

Como está o mercado para Design de Interiores? 

O profissional de Design de Interiores tem duas opções no Caged: Arquiteto de Interiores e Decorador de Interiores. O primeiro teve um salário de R$ 5.321,80, 155 contratações e saldo de -11. Já a segunda, teve uma remuneração média de R$ 3.690,49, 113 contratados, com saldo de -17. 

Qual devo escolher?

Tudo depende do objetivo do aluno. Se ele quer entrar rapidamente no mercado de trabalho, Design de Interiores seja talvez a opção. Por ser um curso de “tiro mais curto”, ele já entra de vez para o trabalho. Entretanto, o leque de opções e mercado de Arquitetura e Urbanismo é maior, ou seja, se quiser ampliar as opções, pode ser a coisa certa a se fazer.