4 dicas para aproveitar melhor a cozinha com espaço pequeno

cozinha-espaco-pequeno-cozinhando

cozinha espaço pequeno: cozinhando

A cozinha é o lugar da casa em que você mais precisa de espaço. Ao contrário de quarto e sala, por exemplo, ela não é um cômodo de descanso, distração e convivência – pelo menos, não exclusivamente. A maior parte do tempo que você está na cozinha, passa labutando, preparando as próprias refeições ou as da família e, depois, também limpando a sujeira. Ou seja, você precisa de área livre para se mover. No entanto, com os apartamentos à venda cada vez mais pequenos, a área destinada à cozinha também tende a minguar.

Isso é um problema. Cozinhas apertadas podem acabar se tornando uma armadilha, propícia para acidentes domésticos. Em um ambiente de trabalho restrito, são grandes as chances de você esbarrar em algum utensílio, panela, derrubar alguma coisa e acabar machucando a si mesmo ou a alguém. Uma cozinha bem organizada, com mais área livre, não é apenas mais agradável e confortável, ela é também mais segura para você e seus familiares.

Então, como deixar a sua cozinha, que às vezes parece uma caixa de fósforos, mais espaçosa? Existem jeitos, e não é mágica. São truques que você pode aplicar inclusive em apartamentos para alugar, já que nenhuma das modificações propostas é permanente e ninguém não vai ter que fazer uma reforma drástica. Você só precisa de organização e algumas soluções criativas.

Abaixo, damos algumas dicas que servem tanto para a sua casa ou o projeto de um cliente:

1- Aproveite o espaço das paredes

 

cozinha-espaco-pequeno-parede

cozinha espaço pequeno parede

A sua cozinha pode não ser muito grande, mas uma coisa que ela jamais poderá deixar de ter são paredes. Em apartamentos ou casas à venda, é um desperdício ignorar o potencial dessas superfícies verticais para ordenar e acomodar utensílios. Esse tipo de disposição dos apetrechos culinários também vai agilizar o seu trabalho na hora de pilotar o fogão. Distribuídos na vertical, eles ficam mais à vista e fáceis de alcançar. Pela grande quantidade de utensílios e eletrodomésticos de uma cozinha, que de outra forma tendem a ficar amontoados e escondidos, esse tipo de solução não é para se desprezar.

Para aproveitar ao máximo esses espaços, fixe nas paredes ganchos e outros suportes, nos quais você poderá pendurar aquelas peças de que precisa com mais frequência. Abuse das prateleiras, que são rápidas para instalar e, se necessário, remover. Elas nunca são demais e facilitam muito a organização. Não menospreze o espaço que fica escondido atrás da porta. Repetindo o truque dos ganchos, você pode usá-lo para pendurar coisas como aventais ou panos de prato.

Outra solução que também aproveita a vertical são as chamadas “torres”, móveis nos quais você pode embutir forno e micro-ondas.

2 – Esqueça o modelo de mesa tradicional

 

cozinha-espaco-pequeno-bancada

cozinha espaço pequeno bancada

Para quem ainda conserva o hábito de fazer as refeições na cozinha, saiba que você não precisa entulhar o cômodo com um modelo de mesa convencional. Um móvel desse tipo vai roubar espaço e não vai lhe dar nada a mais do que uma bancada pequena é perfeitamente capaz de oferecer.

Fixe a bancada em alguma parede – de novo, ela. Se o móvel puder ter dobradiças e ser retrátil, para liberar a área quando não estiver sendo usado, melhor ainda. Mais dois ou três banquinhos, dos modelos que podem ser guardados um em cima do outro, são tudo o que você precisa.

Em outros móveis da cozinha, como armários, prefira portas de correr, por um motivo óbvio: elas poupam espaço na hora de abrir.

3 – Soluções para despensa, geladeira e fogão

 

Você já se livrou da mesa, agora, o que acha de também abandonar o tradicional fogão? Hoje em dia, há outros meios de se obter fogo para cozinhar – e isso não significa que você vá precisar ficar batendo uma pedra na outra, até conseguir algumas faíscas e transformá-las em uma fogueira.

Piadas à parte, os fogões convencionais ocupam mesmo muito espaço, e com certeza não são o jeito mais moderno de equipar uma cozinha pequena. Troque-os por um cooktop, que pode ser colocado em qualquer lugar, e um forno de embutir. Com os dois, você poderá fazer a mesma coisa que faria com um fogão, e ainda reduz o risco de topar com o mindinho no eletrodoméstico.

No caso da geladeira, prefira modelos pequenos. Mas esteja atento: um modelo compacto não é aquele em que cabem menos coisas. Hoje, existem no mercado exemplos que ocupam pouco espaço externo, mas são também bem organizados e distribuídos internamente. Neles, você poderá guardar praticamente tudo o que manteria em uma geladeira grandalhona e antiga.

Encontre uma solução que atenda às suas necessidades para a despensa. Você precisa mesmo de um armário grande para guardar as compras do mês? Aliás, você precisa mesmo fazer uma compra gigantesca que dure todo o mês? Se você for, digamos, uma vez por semana ao supermercado, algumas prateleiras poderiam resolver seu problema?

Outra solução, que a princípio pode parecer contraditória, já que envolve a aquisição de mais um eletrodoméstico para a casa, é a compra de uma lava-louças. Os modelos compactos têm dois benefícios: liberam o espaço da pia antes ocupado pelo escorredor de louças e ainda poupam você do aborrecimento que é limpar panelas, pratos, copos e talheres depois de cada refeição.

4 – Cores e iluminação

 

Cores claras costumam ser a melhor pedida quando a ideia é passar a sensação de um espaço maior. Por isso, se atenha a elas, e procure ser sutil nos contrastes, evitando as grandes variações. No piso, use azulejos com listras ou padrões alongados, que ajudam a dar um aspecto mais amplo.

O que também contribui para arejar o ambiente é a luz. De preferência, a luz do sol, natural. Na cozinha, usa cortinas leves, claras, que não bloqueiem totalmente a janela. Tecidos pesados impedem a luz externa de entrar, deixam o cômodo na penumbra e passam uma sensação opressora e claustrofóbica. Isso é ruim em qualquer lugar, mas é pior ainda na cozinha, que, como já foi dito, é um cômodo de bastante atividade na maior parte do tempo.

Superfícies brilhantes e polidas, como as de aço inox, também dão a impressão de um local mais espaçoso. Aposte ainda nos itens transparentes, como tampos de vidro, que ajudam a deixar tudo mais “clean”.

Agora que você já resolveu a cozinha, que tal deixar os outros cômodos bonitos e iluminados?