5 Dicas Infalíveis para Você Melhorar o Gerenciamento de Obras

Se você é um profissional da construção civil, então sabe que o gerenciamento de obras é um desafio. Afinal, o número de variáveis que devem ser controladas para que você consiga entregar o projeto dentro do prazo e orçamento estipulados é enorme!

Além do controle de prazos e custos da obra, é preciso lidar também com as expectativas e sonhos do seu cliente. Então, como fazer um gerenciamento de obras completo e eficiente?No artigo de hoje nós compartilhamos 5 dicas infalíveis para você aumentar a produtividade da sua equipe por meio do gerenciamento de obras efetivo. Boa leitura!

Profissionais discutindo sobre mesa com dispositivos móveis e planta de projeto

1. Profissionais discutindo sobre mesa com dispositivos móveis e planta de projeto

Planejamento

Não é comum escutarmos por aí que tal obra atrasou por conta de imprevistos no canteiro de obras. Mas a verdade é que a grande maioria dos imprevistos poderiam ser antecipados por meio de um bom planejamento de obras.

Por isso, se você quer ter sucesso no gerenciamento de obras, você precisa dedicar tempo a etapa de planejamento.

Para começar, faça uma lista das atividades e serviços que deverão ser executados para que você consiga tirar o projeto do papel. Nessa etapa, contar com a ajuda de profissionais especializados é fundamental para que você possa estimar o prazo de execução para cada uma das atividades com maior precisão.

Em seguida, identifique para cada uma dessas atividades os insumos, mão de obra e ferramentas necessários. Essas informações são fundamentais para que você consiga criar um orçamento preliminar de obra.

Profissional trabalhando sobre plantas de projeto

2. Profissional trabalhando sobre plantas de projeto

Comunicação Sem Ruídos

Um dos fatores principais para garantir o sucesso no gerenciamento de obras é ter uma comunicação sem ruídos entre os colaboradores do projeto. Nesse sentido, é fundamental que a sua equipe esteja alinhada sobre os objetivos e metas do projeto.

O uso de softwares de gestão facilita o compartilhamento das informações entre os membros da equipe, e permite que cada profissional saiba exatamente qual o impacto do seu serviço no cronograma geral da obra.

Além disso, são uma ótima forma de melhorar a qualidade do trabalho e de evitar atrasos por falta de clareza na definição das tarefas.

Gestão da cadeia de suprimentos

Outra boa dica é com relação a gestão da cadeia de suprimentos. Nós sabemos que uma obra paralisada por conta da falta de materiais é sinônimo de atrasos e desperdícios. Por isso, atenção na hora do levantamento quantitativo!

A dica aqui é sempre considerar uma margem de segurança tanto para evitar imprevistos no canteiro de obras, quanto para evitar compras de última hora (que sempre acabam saindo mais caro).

Por outro lado, uma obra com material em excesso é tão ruim quanto uma obra com materiais em falta. Por isso, na hora de realizar o seu levantamento quantitativo, atende-se aos níveis de aproveitamento de cada material.

Profissional fechando negócio sobre mesa de trabalho

3. Profissional fechando negócio sobre mesa de trabalho

Fluxo de caixa

Para garantir o sucesso no gerenciamento de obras, é fundamental que você tenha um controle dos custos e receitas do projeto. Só assim você será capaz de alinhar a gestão da obra às expectativas do cliente e da empresa.

A ideia aqui é que o seu cliente saiba exatamente a previsão de desembolso mensal para que ele consiga se planejar financeiramente para executar o projeto.

Lembre-se que qualquer alteração no escopo ou nos prazos de execução possuem impacto direto nos custos do projeto. Por isso, tão importante quanto desenvolver um orçamento assertivo, e realizar o acompanhamento dos lançamentos da obra.

Para te ajudar nessa tarefa, é sempre bom investir em softwares de gestão de obra, que por meio de gráficos de curva revelam as tendências de gastos do projeto e facilitam o controle dos custos da obra.

Profissionais discutindo sobre mesa de projeto

4. Profissionais discutindo sobre mesa de projeto

Gestão de Riscos

A dica aqui é: não deixe o seu planejamento de obras na gaveta! Por mais que você dedique tempo na etapa de planejamento, sabemos que nenhuma obra segue o planejamento à risca.Para ter sucesso no gerenciamento de obras você precisa acompanhar a execução da obra de perto. Afinal, sem o acompanhamento é impossível saber o que está dando certo ou não.

É exatamente esse controle que permite que você tome as medidas necessárias de correção de rota de forma rápida e assertiva.

Esse artigo foi produzido pela equipe do VEJA OBRA, o software de gestão desenvolvido especialmente para arquitetos e designers.