1. Home
  2. Revista
  3. Construção e Reforma
  4. Cimento queimado: conheça o material e as possibilidades de aplicação

Cimento queimado: conheça o material e as possibilidades de aplicação

Apesar do nome, o fogo passa longe da técnica que dá origem ao cimento queimado. Na verdade, esse acabamento é um antigo conhecido dos profissionais da construção, composto por areia, cimento e água, que ganhou espaço como acabamento nas casas ainda na Grécia antiga. A famosa “queima” do cimento queimado, nada mais é do que o trabalho habilidoso realizado pelos profissionais com a desempenadeira de aço, que promove um acabamento uniforme e sem emendas.

Quais são os tipos de cimento queimado? 

Existem duas formas de cimento queimado disponíveis no mercado: a preparada no canteiro de obra, que envolve os três materiais básicos, mencionados acima, misturados pelo profissional, e o cimento queimado de base acrílica, como o da Suvinil, que vem pronto para aplicar e conta com tonalidades diferentes de cinza.

O cimento queimado branco também é uma possibilidade para quem se identifica com o estilo, mas quer fugir do cinza. Para isso, basta adicionar pó de mármore ou granito à mistura, que ficará mais clara à medida que o pó é adicionado.

Quem não tem medo de ousar, pode apostar na pigmentação para criar projetos mais personalizados, adicionando apenas algumas gotas de corante à mistura.

Cozinha com mesa e cadeiras de madeira
Nesse projeto, o cimento queimado pigmentado vermelho dá acabamento ao balcão e ao piso, que ganhou juntas de dilatação para evitar trincas. – Projeto: Vaga Arquitetura | Foto: Pedro Napolitano Prata

 

Por que o Cimento queimado virou tendência?

Versatilidade – esse é um dos principais atributos do cimento. O acabamento neutro possibilita a combinação com vários outros materiais, o que permite que ele esteja presente nos mais diferentes estilos de projetos, do brutalista ao campestre. 

 

Fácil aplicação – a técnica do cimento queimado exige certa habilidade do profissional, porque o material não aceita retoques e o resultado está diretamente ligado ao modo como ele usa a desempenadeira. Porém, a aplicação é considerada relativamente simples e pode ser executada por profissionais com conhecimento básico em construção e acabamento. 

 

Multifuncional – o cimento queimado pode ser usado em paredes, fachadas, pisos, forros e bancadas de cozinhas ou banheiros. O material está disponível em diversas cores, incluindo subtons de cinza, para agradar a todos os gostos.

 

Durabilidade e resistência – estas são uma das principais vantagens do cimento queimado. Por se difícil de quebrar e resistente a abrasão, se todas as etapas de aplicação e manutenção forem respeitadas, o material pode durar décadas. 

 

Manutenção – devido a porosidade do cimento queimado, é sempre indicado aplicar uma demão de resina acrílica ou outro tipo de selante, após a cura completa, para proteger a superfície. Com esse cuidado, basta um pano úmido com detergente neutro para uma limpeza eficiente.

Custo-benefício – o cimento queimado é um dos materiais de acabamento mais econômicos, tanto do ponto de vista de mão de obra, quanto de materiais, se comparado a revestimentos como porcelanatos e pedras naturais. Além disso, sua durabilidade e resistência ao longo do tempo também representam uma economia significativa em manutenção ou possível substituição. 

Sala e cozinha integradas com bancada de e teto em cimento queimado, com trilhos e spots preto, painel de TV e armários de madeira e sofá cinza dividindo a sala.
No mesmo ambiente, o cimento queimado monolítico deu acabamento ao forro e à bancada de apoio. No piso, a escolha foi pelo porcelanato que reproduz o efeito de cimento queimado. – Projeto: Gabriela Prado | Foto: Julia Herman

Dicas para aplicar o cimento queimado

A aplicação de cimento queimado é um processo que envolve preparação, mistura, aplicação e acabamento. Cada uma dessas etapas tem papel importante na durabilidade e resistência do material. Confira algumas dicas que garantem o sucesso do resultado:

Limpeza da área: esse é o primeiro passo para começar a aplicação, pois a ausência de resíduos interfere na aderência do cimento queimado.

Primer: o produto aumenta a aderência do cimento queimado. O primer deve ser aplicado na superfície já limpa e livre de umidade.

Mistura: as recomendações do fabricante devem ser seguidas nessa etapa, para que a massa de cimento queimado atinja o ponto correto de aplicação. O cimento queimado pronto para aplicar  é uma alternativa para quem deseja mais praticidade.

Aplicação: o cimento queimado deve ser aplicado com a desempenadeira, em 2 ou 3 etapas, respeitando o intervalo de, no mínimo, 4 horas entre as demãos. Para um acabamento mais liso, o ideal é lixar a superfície com uma lixa nº 400 e, na última demão, usar a lixa nº 600. A “queima” com a desempenadeira é o que produz as manchas, características do cimento queimado. Quanto mais a desempenadeira é passada, maiores serão as manchas e mais lisa ficará a superfície.

Secagem: a cura completa desse acabamento pode levar até 1 semana, mas o cimento queimado de base acrílica leva em média 24 horas, dependendo das orientações do fabricante. Nesse período é recomendado não apoiar nada sobre essa superfície.

 

Selante: depois da cura, recomenda-se a aplicação de resina acrílica ou selante para proteger a superfície, aumentar a durabilidade do cimento queimado e facilitar a limpeza diária. Essa etapa, inclusive, pode ser repetida a cada 5 anos para manter a durabilidade do material.

Se bem aplicado e respeitando todas as etapas de preparo das superfícies, espessura da aplicação, tempo de cura e umidade, o resultado será um acabamento impecável e duradouro.

 

Agora que você sabe mais sobre o cimento queimado, confira onde é possível aplicá-lo e inspire-se!

Onde aplicar o cimento queimado?

As possibilidades de aplicação do cimento queimado são inúmeras, graças à versatilidade do material, que pode ser aplicado em áreas internas e externas, em bancadas de banheiro ou cozinha, forro, pisos e paredes.

Cimento queimado na cozinha

A bancada de cimento queimado é uma alternativa inteligente para fugir das tradicionais bancadas de granito, mármore e porcelanato. Com superfícies contínuas e acabamento extremamente adaptável, a bancada de cimento
queimado, além de permitir o recorte para o encaixe da cuba e cooktop, facilita a instalação da marcenaria que dá vida ao ambiente.

 

Área Gourmet com forno à lenha em cimento queimado, sobre uma bancada de cimento queimado, com portas de armários em madeira escura e azulejos estilo português em tons de azul e branco
Combinado à madeira, o acabamento em cimento queimado reforça a rusticidade do projeto, marcando presença na bancada da pia, no forno à lenha e até no porcelanato do piso. – Projeto: Mandril Arquitetura | Foto: Mariana Orsi

Uma vez impermeabilizada, a bancada de cimento queimado pode ser usada em ilhas de preparo, frontões ou qualquer outra parte da cozinha, sem o risco de manchar.

 

Sala integrada com cozinha, onde há uma bancada de concreto armado com acabamento em cimento queimado. Na sala há um painel de madeira com TV e duas prateleiras com fitas de LED para iluminação indireta.
A ilha de apoio que “abraça” mais um conjunto de gavetas na cozinha, recebeu acabamento em cimento queimado e resina seladora para proteger o material, que é muito poroso. – Projeto: Gabriela Prado | Foto: Júlia Herman
Cozinha com armários de madeira
A ausência de emendas, faz com que as áreas que recebem o cimento queimado pareçam maiores e integradas. – Projeto: Tulli Studio | Foto: Eduardo Macarios
Viva Decora Shop

Cimento queimado no banheiro

Apesar de ser uma área úmida, o cimento queimado pode ser aplicado no banheiro, desde que receba a devida impermeabilização. Ele pode ser aplicado como acabamento de paredes, forro, piso e da própria bancada da pia.

 

Bancada de cimento queimado com nicho para papel higiênico e espelho com iluminação indireta
Além das paredes, a bancada estendida também recebeu acabamento em cimento queimado, que, à primeira vista, se confunde com a cuba de semi-encaixe. – Projeto: Jaqueline Carvalho Arquitetura | Foto: Alberto Ricci

 

banheiro com cimento queimado
O cimento queimado dentro do box demanda mais cuidados, por conta do contato frequente com os produtos de higiene, que podem causar o desbotamento do material. – Foto: Schutterstock

 

Bancada de cimento queimado em um banheiro verde
O ideal é manter a superfície impermeabilizada e evitar o contato delas com óleos, hidratantes, maquiagens e outros produtos que possam causar manchas. – Foto: Schutterstock

 

A única ressalva é em relação a aplicação do cimento queimado no piso de áreas molhadas, devido a sua superfície lisa, por questões de segurança. Mas, a boa notícia, é que porcelanatos e cerâmicas de diferentes formatos podem ser encontrados com acabamento em cimento queimado, unindo visual e segurança.

 

área gourmet com cimento queimado no porcelanato de piso e parede
Nesta área gourmet, o acabamento em cimento queimado aparece no porcelanato do piso e da parede, mantendo o estilo industrial do projeto. – Projeto: Bianchi & Lima | Foto: Julia Ribeiro

 

Cimento queimado no forro

O forro com acabamento em cimento queimado imprime o estilo industrial ao ambiente, combinando durabilidade e modernidade. Além de ser uma tendência crescente na decoração, o material cria uma superfície lisa e contínua que contribui para a integração de ambientes e instalação de diferentes tipos de iluminação. Nesse tipo de aplicação é essencial contar com mão de obra especializada para evitar rachaduras e garantir o acabamento uniforme, além de evitar problemas de umidade. 

Sala com sofá e mesa de centro
O cimento queimado aparece na forma monolítica, revestindo o forro, e como acabamento das placas de porcelanato no piso desse apartamento. – Projeto: Bianchi & Lima Arquitetura | Foto: Julia Ribeiro

O estilo rústico desse projeto não impediu a presença do cimento queimado, que ganhou espaço no acabamento das estruturas do telhado, na lareira e no móvel de concreto em balanço.

 

sala de estar com cimento queimado
Projeto: Mandril Arquitetura | Foto: Mariana Orsi
sala integrada com presença de revestimentos com cimento queimado
Projeto: Mandril Arquitetura | Foto: Mariana Orsi

 

Confira mais projetos dos escritórios: Gabriela Prado, Mandril Arquitetura, Tulli Studio, Jaqueline Carvalho Arquitetura, Bianchi & Lima Arquitetura

Agora que você já sabe tudo sobre cimento queimado, está na hora de conhecer os profissionais que podem te ajudar nessa empreitada. Confira os trabalhos dos arquitetos e profissionais da construção que são parceiros do Viva Decora. E na hora de tirar o projeto do papel, conte com a Viva Decora Shop, o maior market place para construir, reformar e decorar, onde você encontra tudo para o seu lar!

E se você é um profissional da área, não perca a oportunidade de se cadastrar no Programa Profissionais da Construção e expandir seu negócio. Faça parte da comunidade Viva Decora e conecte-se com clientes que buscam especialistas qualificados como você!

Descubra a versatilidade e a elegância do #CimentoQueimado! Acesse o blog da #VivaDecora , transforme seus projetos com esse acabamento atemporal e conte com #ProfissionaisDaConstrução qualificados para resultados impecáveis #Arquitetura #Decoração

Conheça Viva Decora Shop. As melhores marcas para construir e reformar!

Confira também:

Revestimento Marmorizado: 10 Ideias para Incluir no seu Projeto

Granilite: O Que É, Vantagens e +13 Formas de Usar o Revestimento

Banheiro compacto com Cuba Slim de Apoio Redonda – Salvia

Deca apresenta tipos de cuba no modelo slim ideais para lares compactos

Apartamento Studio: 8 Truques de Decoração e +10 Ideias

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz
Minimag - MySQL version: 8.0.36