Instituto Tomie Ohtake: Encante-se com a Arquitetura Colorida do Centro Cultural

O Instituto Tomie Ohtake fica localizado entre as avenidas Faria Lima e Pedroso de Moraes, importante eixo da cidade de São Paulo. O colorido do edifício chama a atenção em meio ao cinza dos prédios comerciais da região, sem falar nas suas formas geométricas que também são bem marcantes.

O local foi criado com o objetivo de celebrar a arte contemporânea e já recebeu diversas mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design.

Ficou curioso(a) para saber mais sobre a história e arquitetura do Instituto Tomie Ohtake? No post de hoje, vamos te mostrar todos os detalhes, acompanhe!

Instituto Tomie Ohtake: História

O Instituto Tomie Ohtake foi inaugurado em novembro de 2001. Ele leva o nome da pintora, escultora e gravadora japonesa Tomie Ohtake.

A instituição foi criada pelos seus dois filhos, Ruy Ohtake e Ricardo Ohtake, responsáveis pelo projeto arquitetônico e administração, respectivamente.

A inauguração do Instituto Tomie Ohtake celebrou os 91 anos da artista e foi marcada por uma exposição com suas obras.

Instituto Tomie Ohtake: fachada (foto: @danielf99)

Instituto Tomie Ohtake: fachada (foto: @danielf99)

Instituto Tomie Ohtake: Tomie Ohtake e os filhos Ricardo e Ruy (foto: Glamurama)

Instituto Tomie Ohtake: Tomie Ohtake e os filhos Ricardo e Ruy (foto: Glamurama)

Antes de conhecer mais sobre a arquitetura do Instituto Tomie Ohtake, vamos a um breve resumo sobre a história da artista.

Nascida em Kioto, no Japão, em 1913, Tomie Ohtake veio para o Brasil em 1936. Naturalizada brasileira em 1960, ela ficou conhecida inicialmente como pintora originária da abstração formal, mas com o tempo mudou para o estudo da relação forma-cor.

Já nos anos 70, o trabalho de Tomie Ohtake passou a ter formas geométricas. Nesse período ela também começou a trabalhar com serigrafia, litogravura e gravura em metal.

Instituto Tomie Ohtake: Tomie Ohtake trabalhando no ateliê (foto: Arte que Acontece)

Instituto Tomie Ohtake: Tomie Ohtake trabalhando no ateliê (foto: Arte que Acontece)

As obras e esculturas de Tomie Ohtake tornaram-se conhecidas do grande público por meio de painéis que ela criou para o Metrô da São Paulo. Outra obra famosa na cidade é o Monumento à Imigração Japonesa, na Avenida 23 de Maio.

Instituto Tomie Ohtake: Monumento à Imigraçao Japonesa (foto: Escritório de Arte)

Instituto Tomie Ohtake: Monumento à Imigraçao Japonesa (foto: Escritório de Arte)

Ela participou de diversas mostras nacionais e internacionais, mais de 20 bienais e recebeu diversos prêmios. Tomie Ohtake faleceu em São Paulo, no dia 12 de fevereiro de 2015.

Veja também: O que é arquitetura contemporânea? Ela é a mesma coisa que a moderna?

Instituto Tomie Ohtake: Arquitetura

O Instituto Tomie Ohtake foi projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake, um dos filhos da artista.

A fachada apresenta uma arquitetura vanguardista e formas futuristas. A torre principal do Instituto Tomie Ohtake tem três tonalidades de vidro com dimensões diferentes e sequência regular.

O forte apelo figurativo marcado pela presença de volumes e as cores na fachada chamam a atenção de quem passa pelos arredores.

Sem dúvida, a fachada do Instituto Tomie Ohtake traz um toque de cor e beleza para a paisagem cinza característica dos prédios comerciais da região.

Instituto Tomie Ohtake: fachada iluminada com a luz do sol (foto: Arcoweb)

Instituto Tomie Ohtake: fachada iluminada com a luz do sol (foto: Arcoweb)

Instituto Tomie Ohtake: ondas na fachada (foto: Tripadvisor)

Instituto Tomie Ohtake: ondas na fachada (foto: Tripadvisor)

Instituto Tomie Ohtake: entrada do museu (foto: Rede Globo)

Instituto Tomie Ohtake: entrada do museu (foto: Rede Globo)

No total, o complexo do Instituto Tomie Ohtake tem 65 m² . Esse espaço é dividido entre trabalho, cultura e lazer.

Duas torres de escritórios de alto padrão são ligadas ao Instituto Tomie Ohtake por meio de um hall de 1000 m² com cobertura de vidro laminado e iluminação zenital. Nesse mesmo hall estão os espaços de exposição e outros ambientes abertos para uso e visitação do público.

Veja também: Neuroarquitetura: O Que é e Como Ela Interfere na Criação dos Ambientes

Instituto Tomie Ohtake: escada (foto: Wikipédia)

Instituto Tomie Ohtake: escada (foto: Wikipédia)

Instituto Tomie Ohtake: área de exposição (foto: Monique Renne)

Instituto Tomie Ohtake: área de exposição (foto: Monique Renne)

Com área total de 7.500 m², o Instituto Tomie Ohtake tem nove salas de exposição distribuídas em dois pisos. Um deles abriga o setor educativo, com quatro ateliês, a livraria Gaudí, a loja de objetos IT, área de documentação, sala para seminários, hall com restaurante, café, teatro com capacidade para 720 pessoas, cinema e serviços.

As áreas de exposição do Instituto Tomie Ohtake são totalmente equipadas para receber todas as formas de expressões artísticas.

Instituto Tomie Ohtake: Exposição de Yoko Ono e Gaudí estão entre as mais famosas 

O Instituto Tomie Ohtake já recebeu obras de artistas muito importantes da história. Uma das exposições que mais fizeram sucesso foi a  “O céu ainda é azul, você sabe…”, da artista Yoko Ono.

Realizada em 2017, ela trouxe 65 obras de “instruções” que convidavam o expectador a participar da sua realização. Objetos, vídeos, filmes, instalações e gravações sonoras fizeram parte da exposição de Yoko Ono no Instituto Tomie Ohtake, uma mostra que marcou a trajetória do museu.

Instituto Tomie Ohtake: exposição de Yoko Ono em 2017 (foto: Revista Veja)

Instituto Tomie Ohtake: exposição de Yoko Ono em 2017 (foto: Revista Veja)

A exposição do arquiteto Gaudí também fez muito sucesso no Instituto Tomie Ohtake. Realizada em 2016, ela trouxe 46 maquetes, quatro delas em escalas monumentais, e 25 peças entre objetos e mobiliário criados por ele.

Instituto Tomie Ohtake: maquete da Sagrada Família na exposição Gaudí no Instituto Tomie Ohtake (Foto: UOL)

Instituto Tomie Ohtake: maquete da Sagrada Família na exposição Gaudí no Instituto Tomie Ohtake (Foto: UOL)

Ficou curioso para conhecer mais o Instituto Tomie Ohtake? Confira o endereço:

Instituto Tomie Ohtake

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 11h às 20h.

End.: Rua dos Coropés, 88 – Pinheiros – zona Oeste.

Tel.: (11) 2245-1900.