Panteão Roma: Conheça o Tesouro da Antiguidade Romana +8 Curiosidades

O Panteão Roma, também conhecido como Panteão de Agripa, é considerado a obra arquitetônica mais bem preservada da Roma Antiga e uma das principais atrações da capital italiana. Erguido a quase 2 mil anos, o monumento proporciona aos moradores das redondezas e aos visitantes uma viagem fantástica ao passado.

Logo, se você é estudante, profissional das áreas de engenharia e arquitetura ou aprecia informações sobre construções históricas pelo mundo, esse conteúdo foi feito especialmente para você. Conheça de perto as características que tornam o Panteão de Roma um dos monumentos mais renomados na história da arquitetura.

O Panteão Roma é considerado a obra arquitetônica mais bem preservada da Roma Antiga

1. O Panteão Roma é considerado a obra arquitetônica mais bem preservada da Roma Antiga. Fonte: Pinterest

O que é Panteão de Roma?

Localizado na Piazza Della Rotonda – centro de Roma, o monumento Pantheon que significa “para todos os deuses”, popularmente chamado de Panteão Roma ou Panteão de Agripa, simboliza a antiguidade e marca o auge do poder e riqueza do Império Romano. O Panteão Roma idade foi erguido a cerca de 2 mil anos atrás.

Mas, afinal, como foi construído o Panteão? O Panteão Roma atual é na verdade a terceira estrutura desse tipo a ocupar o terreno. Isso porque, o Panteão Roma original foi encomendado por Marcus Agripa, genro do imperador César Augusto, ano 27 A.C. 

O Panteão Roma está localizado na Piazza Della Rotonda, centro de Roma

2. O Panteão Roma está localizado na Piazza Della Rotonda, centro de Roma. Fonte: Pinterest

No ano 80 D.C, após um incêndio ter destruído grande parte da construção original do Panteão Roma, o Imperador Domitian realizou um esforço de reconstrução do monumento. No entanto, quando um raio queimou novamente o Panteão Roma no ano 110 D.C, o imperador Adriano estruturou e colocou no seu lugar um projeto completamente novo.

O Panteão Roma foi doado ao Papa Bonifácio IV e convertido em Basílica Cristiana

3. O Panteão Roma foi doado ao Papa Bonifácio IV e convertido em Basílica Cristiana. Fonte: Pinterest

Veja também: A arquitetura romana e seu grande legado para o mundo ocidental

No início do século VII, o Panteão Roma foi doado ao Papa Bonifácio IV e consequentemente convertido em Basílica Cristiana, passando a ser usado como uma igreja. Por essa razão, se encontra atualmente em um excelente estado de conservação. Vale comentar, que quando o Panteão Roma passou a ser usado como igreja, as estátuas dos deuses gregos que se encontravam por lá foram substituídas por imagens católicas.

O Panteão Roma foi dedicado a Santa Maria e seus mártires, sendo constantemente chamado de “Santa Maria Rotonda” e a praça em frente ao monumento passou a ser chamada de “Piazza della Rotonda”.

Arquitetura fascinante do Panteão Roma

O que mais surpreende da arquitetura do Panteão Roma certamente são as medidas de sua construção e sua cúpula de concreto feita em grandes dimensões. O diâmetro do interior do monumento é quase exatamente igual à sua altura: 43,4 metros.

O que mais surpreende da arquitetura do Panteão Roma certamente são as medidas de sua construção

4. O que mais surpreende da arquitetura do Panteão Roma certamente são as medidas de sua construção. Fonte: Pinterest

A cúpula aberta, também chamada de óculo, possui 9 metros de diâmetro e sua abertura permite tanto a entrada de luz natural como chuva dentro do Panteão Roma. 

A cúpula aberta do Panteão Roma, também chamada de óculo, possui 9 metros de diâmetro

5. A cúpula aberta do Panteão Roma, também chamada de óculo, possui 9 metros de diâmetro. Fonte: Pinterest

Não à toa que cerca de 22 buracos no piso foram feitos para que a água da chuva pudesse se direcionar ao sistema de drenagem do monumento. Vale comentar que o chão e as paredes do interior do Panteão Roma são revestidas com pedra fina, incluindo granito e vários mármores coloridos.

Cerca de 22 buracos no piso foram feitos para que a água da chuva pudesse se direcionar ao sistema de drenagem do Panteão Roma

6. Cerca de 22 buracos no piso foram feitos para que a água da chuva pudesse se direcionar ao sistema de drenagem do Panteão Roma. Fonte: Medium – Crédito: Luíza Cipriani

A fachada retangular, composta por 16 colunas de granito de 14 metros de altura, esconde parcialmente a enorme cúpula. Sobre a fachada pode ver a seguinte descrição “M.AGRIPPA.L.F.COS.TERTIVM.FECIT” que significa “Marco Agrippa, filho de Lúcio, cônsul pela terceira vez, o fez”. 

O Panteão Roma conta com uma fachada retangular, composta por 16 colunas de granito de 14 metros de altura

7. O Panteão Roma conta com uma fachada retangular, composta por 16 colunas de granito de 14 metros de altura. Fonte: Pinterest

Veja também: O Que Foi o Coliseu de Roma? Descubra 10 Curiosidades Incríveis Sobre a Obra

Quem está enterrado no Panteão de Roma?

O Panteão Roma, quando passou a ser usado como um local de exercício da fé católica, foi usado como túmulo de diversas personalidades importantes que dedicaram sua vida ao cristianismo. O Panteão Roma sepultamentos abriga os corpos dos reis Umberto I di Savoia e Vittorio Emmanuele II di Savoia, da rainha Margherita di Savoia e outros artistas.

O Panteão Roma foi usado como túmulo de diversas personalidades importantes

8. O Panteão Roma foi usado como túmulo de diversas personalidades importantes. Fonte: Medium – Crédito: Luíza Cipriani

Chuva de Pétalas para festejar o Dia de Pentecostes

A chuva de pétalas para festejar o Dia de Pentecostes é uma tradição que perdura há séculos na igreja. O evento atribuído ao catolicismo é um dos mais esperados por aqueles que visitam o Panteão Roma.

A famosa chuva de pétalas ocorre no Dia de Pentecoste, ou seja, 50 dias após a Páscoa. Na ocasião, após a missa celebrada no monumento, milhares de pétalas de rosas vermelhas são despejadas pelo óculo do Panteão com a ajuda de bombeiros. As pétalas, por sua vez, forram o chão do local como uma pintura.

Milhares de pétalas de rosas vermelhas são despejadas pelo óculo do Panteão Roma

9. Milhares de pétalas de rosas vermelhas são despejadas pelo óculo do Panteão Roma. Fonte: UnaLucciola

Veja também: As 7 Maravilhas do Mundo: Descubra os Fatos Mais Curiosos Sobre Elas

8 Curiosidades incríveis sobre o Panteão Roma

  1. O Panteão Roma é o monumento mais bem conservado da antiguidade romana;
  2. É o monumento da antiguidade romana mais imitado no mundo;
  3. O famoso e consagrado artista Michelangelo dizia que o Panteão Roma se tratava de uma obra realizada por anjos e não por seres humanos, devido suas características impressionantes;
  4. A construção do Panteão Roma representa um cruzamento de culturas: enquanto o pórtico tem como influência a arquitetura clássica grega, o domo segue traços mais da arquitetura romana;
  5. Todas as dezesseis colunas de granito que formam a fachada retangular foram trazidas do Egito;
  6. No passado, com o calor das velas acesas em seu interior, mesmo em dias de chuva, a água que caía do teto era nebulizada no ambiente;
  7. Existem ao todo 22 ralos na pavimentação interna do Panteão Roma para escoar a água da chuva;
  8. A construção de Duomo de Florença por Filippo Brunelleschi foi inspirada no Panteão Roma.
Imagem interna da arquitetura do Panteão Roma

10. Imagem interna da arquitetura do Panteão Roma. Fonte: Pinterest

E aí, o que você achou desse post sobre a história e arquitetura do Panteão Roma? Gostou?! Você já teve a oportunidade de visitar esse incrível monumento? Se sim, aproveite para deixar um comentário neste texto e compartilhe com a gente e com os demais leitores, a sua experiência ao visitá-lo.