Revestimento em 3D: entenda o que é e como ele funciona

revestimento-3d-para-parede

revestimento 3d para parede

Os revestimentos em 3D são citados como uma das formas mais modernas e interessantes de decorar paredes, pois dispensam a composição com os móveis e não ocupam espaço de circulação. As peças também são responsáveis por visuais que garantem volume e movimento para cômodos simples, além de preservarem as paredes de infiltrações e sujeira, ficando mais fácil limpar o porcelanato ou outros tipos de revestimentos.

Esse revestimento, aliás, é uma saída muito inteligente e com um visual incrível para quem precisa resolver um ambiente que não tem muito espaço e deseja uma decoração arrojada.

Continue lendo para saber mais sobre esse revestimento que está tomando conta de feiras e exposições de arquitetura, inovando em materiais e abrindo novas possibilidades de inspiração!

O que são os revestimentos 3D?

 

Assim como outros revestimentos, o material é vendido em placas e pode ser montado nas paredes de qualquer cômodo da casa — preferencialmente onde for possível usar as placas sem precisar cortá-las. Ele dá uma sensação de profundidade e volume, substitui os papéis de parede e convida ao toque, proporcionando uma nova experiência para quem utiliza o ambiente.

revestimento-3d-para-parede-lavabo

revestimento 3d para parede: lavabo

É possível encontrar modelos com diferentes tipos de estampas, tamanhos e materiais, incluindo porcelanato, azulejo, cimento, pastilhas, pedras ou gesso. Eles garantem conforto térmico e acústico, além de protegerem as paredes da sujeira e da água — no caso de cozinhas ou banheiros. Para esses cômodos, principalmente as opções de porcelanato são fáceis de limpar e dão um aspecto sempre novo ao ambiente.

Quanto ao conforto acústico, o formato irregular reflete as ondas sonoras em várias direções e evita o eco.

Costumam ser usados tanto dentro de casa quanto para revestir paredes externas, como fachadas e varandas. As opções em porcelanato são mais resistentes e exigem pouca manutenção, sendo a limpeza feita com sabão ou detergente neutro.

Quais são os locais mais indicados para a sua aplicação?

 

Ambientes pequenos ganham outra vida usando apenas revestimento em 3D e iluminação direcionada. Isso cria um efeito de luz e sombra, dando volume, além de uma aparência de modernidade.

Quer saber como? Veja como criar a iluminação perfeita nos cômodos da casa:

Cômodos com móveis de linhas retas ganham contornos fluidos e arredondados com um revestimento 3D para parede de linhas suaves — e isso dá ao lugar um caráter menos formal e mais aconchegante.

revestimento-3d-para-parede-cozinha

revestimento 3d para parede: cozinha

Em ambientes escuros ou que acumulam muita umidade, é uma boa investir em revestimento como esses, já que são fáceis de limpar e impedem infiltrações.

A aplicação desse revestimento é mais comum em locais específicos, como em halls, salas e livings, com paredes maiores. Porém, as opções são múltiplas e podem variar de acordo com a sua criatividade e a disponibilidade de espaços no projeto.

A Portobello traduziu a tendência dos revestimentos 3D na linha Tangram, feita em porcelanato e ideal para usar nesses ambientes.

revestimento-3d-para-parede-tangram

revestimento 3d para parede: tangram

Como combinar com a decoração?

 

O revestimento em 3D pode ser usado com qualquer tipo de estilo. É preciso apenas tomar o cuidado de não sobrecarregar o ambiente com muitos móveis, artigos de decoração e ainda um revestimento com muitos detalhes. Mantenha tudo clean, dessa forma o revestimento vai receber a atenção que merece, sem ficar sem graça ou exagerado.

A regra é: quanto menor e mais escuro o ambiente, mais suaves devem ser os desenhos do revestimento para não gerar sensação de confinamento. Utilize sempre as luzes direcionadas para que o relevo 3D apareça e fique ainda mais bonito na sua decoração.

É preciso ter cuidado com a instalação de artigos de decoração que precisem ficar pendurados. Eles não devem ser fixados no revestimento, e sim na parede. Se eles foram pendurados no revestimento, a chance de ele rachar e acabar derrubando tudo é grande, já que não foi desenhado para sustentar peso.

Evite também deixar um espaço oco entre o revestimento e a parede, isso ajuda a reduzir quebras e rachaduras nas placas de revestimento.

Todos os itens que compõem o ambiente devem conversar entre si e se complementar, constituindo uma identidade única para o seu projeto. É preciso coordenar bem o revestimento com a decoração, porque o visual pode mudar drasticamente com a colocação das placas 3D.

Prefira usar o revestimento em paredes inteiras, sem o recorte de janelas ou quinas. Essas quebras vão deixar os cortes do revestimento muito à mostra e podem acabar danificando.

Como harmonizar o revestimento 3d para parede com revestimentos regulares?

 

É importante combinar com acabamentos clean, que não vão chamar tanta atenção quanto o 3D. Harmonizar as cores do revestimento com as outras paredes também cria efeitos muito interessantes — lembrando sempre que é preciso ter bom senso nessa hora para não pesar.

revestimento-3d-piso

revestimento 3d: piso

Alguns porcelanatos mais finos podem ser aplicados por cima dos azulejos, o que é uma vantagem para quem quer usar esse revestimento na cozinha, por exemplo.

A combinação com outros revestimentos deve seguir a mesma lógica da composição de qualquer revestimento: bom senso e equilíbrio entre as cores e texturas.

Por que eles se tornaram uma tendência entre os consumidores?

 

Esse tipo de revestimento gera um efeito visual muito bonito e de muita personalidade. Aliado a uma boa iluminação direcionada, ele tem uma aparência particular e que chama atenção — por isso acabou virando tendência. Além disso, ele faz com que a parede deixe de ser coadjuvante e passe a ser um dos elementos de destaque no ambiente.

É um revestimento fácil de aplicar em qualquer projeto porque protege as paredes e proporciona, como já mencionado, conforto acústico e térmico, o que é um diferencial em relação a outros modelos.

Antes, apenas as empresas de cimentícios produziam revestimentos assim a partir de cimento. Os primeiros revestimentos feitos com materiais alternativos (como cerâmica, bambu, porcelanato, entre outros) chamaram muita atenção pela praticidade de limpeza e instalação. E o porcelanato acaba sendo um dos mais requisitados porque, além de todas as boas características, exige pouquíssima manutenção  — diferentemente do bambu e do PVC, que são menos duráveis.

revestimento-3d-para-parede-banheiro

revestimento 3d para parede: banheiro

Gostou das nossas dicas sobre revestimentos em 3D? Existem muitos modelos diferentes de revestimento no mercado. Temos um post que fala sobre os tipos de porcelanato, com exemplos de como usar todos eles. Aproveite para conferir e saber um pouco mais sobre como aplicar cada uma dessas opções nos seus projetos!