O Que é Fachada Ativa? Confira Suas Vantagens + Como Criar do Jeito Certo

Fachada ativa é aquela que permite a interação entre o espaço privado de uma edificação e a calçada. Prédios comerciais ou de uso misto costumam ter esse tipo de acesso aberto à população.

No Brasil, a presença de prédios com fachadas ativas não é tão comum como nos EUA e na Europa. Esse é um reflexo do preconceito de uma parte da população, que acredita que um prédio com fachada ativa desvaloriza o imóvel e traz transtornos.

Durante muitos anos, as fachadas ativas foram esquecidas em São Paulo. Diante desse contexto, foram criadas regiões nada amigáveis, prédios com muros enormes e calçadas que só são úteis para os carros.

Com a criação do último Plano Diretor (2014), veio o incentivo para que as construtoras criassem prédios com fachadas ativas. A expectativa é que, nos próximos anos, essa mudança ajude as calçadas da cidade a ficarem mais inclusivas e agradáveis.

Para te atualizar sobre o assunto, no post de hoje vamos explicar com mais detalhes o que é fachada ativa, para que serve, sua vantagens e como criar uma fachada ativa sem erros. Boa leitura!

Veja também: O Que é Taxa de Permeabilidade? Aprenda Como Calcular + Melhores Materiais

O que é fachada ativa?

Fachada ativa é aquela que permite a interação entre o espaço privado de uma edificação e a calçada. Prédios comerciais ou de uso misto costumam ter esse tipo de acesso aberto à população.

O que é fachada ativa - pedestres interagindo com a fachada de prédio (foto: casa.abril.com.br)

O que é fachada ativa – pedestres interagindo com a fachada de prédio (foto: casa.abril.com.br)

Nos últimos anos, grandes capitais como São Paulo e Curitiba determinaram em seus Planos Diretores descontos para construtoras que criam fachadas ativas. Essa é uma forma de incentivar usos mais dinâmicos das ruas, melhorar a qualidade dos espaços públicos, impulsionar o comércio, diminuir a criminalidade, entre outras melhorias.

Diante desse contexto, prédio com fachada ativa está se tornando uma realidade no planejamento urbano de várias cidades. Agora que você já sabe o que é fachada ativa, veja como criá-la do jeito certo.

Veja também: Urbanização – Entenda o Processo no Brasil e no Mundo

Como fazer uma fachada ativa?

O cálculo para fachada ativa varia de acordo com a Lei de Zoneamento e Plano Diretor de cada cidade. Por isso, é essencial consultar a gestão urbana de cada município antes de começar um projeto desse porte.

De modo geral, uma fachada ativa precisa ter permeabilidade física ou visual. Simplificando, é necessário que os pedestres que estão passando na rua consigam visualizar pelo menos um pouco do interior do prédio. Da mesma forma, quem está dentro da edificação precisa visualizar a calçada.

Quando falamos sobre a criação de uma fachada ativa, é importante priorizar os hábitos e necessidades dos futuros moradores do prédio. Existem empresas especializadas nesse tipo de estudo para que sejam geradas boas oportunidades de negócios na fachada ativa.

E falando sobre os moradores, é importante que haja uma separação bem definida entre a área privativa e o espaço comercial. Além da delimitação física, uma fachada ativa traz consigo regras de circulação que devem ser respeitadas para garantir a segurança e privacidade dos moradores.

Qual a função das fachadas ativas?

A principal função da fachada ativa é promover um uso mais dinâmico do espaço público, buscando alinhar as necessidades dos pedestres com produtos ou serviços oferecidos no térreo das edificações.

Quais são as vantagens da fachada ativa?

A fachada ativa torna as cidades mais amigáveis para pedestres e criam bairros mais agradáveis. Vale destacar que um prédio com fachada ativa contribui para a segurança da região, já que estimula a concentração de pessoas no local.

Podemos dizer também que a fachada ativa colabora com a saúde física e mental da população, pois pode servir como um local de descanso após uma longa caminhada ou até mesmo estimular emoções agradáveis com uma decoração convidativa.

Fachada ativa do prédio POP XYZ e da Loja Flor, na Vila Madalena (foto: Alberto Rocha - Folhapress)

Fachada ativa do prédio POP XYZ e da Loja Flor, na Vila Madalena (foto: Alberto Rocha – Folhapress)

É importante lembrar que um prédio com fachada ativa traz muitos benefícios para os moradores, já que eles podem ter acessos a produtos e serviços a poucos metros de seus apartamentos.

A geração de empregos, a melhoria na estética da cidade e da interação social no espaço urbano são outras vantagens interessante das fachadas ativa.

Veja agora alguns exemplos de fachadas ativas em São Paulo.

Fachada ativa: exemplos

 

Conjunto Nacional

O exemplo de fachada ativa mais famosa da cidade de São Paulo é o Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista. Projetado por David Libeskind, o prédio foi inaugurado em 1958 e tornou-se uma referência quando falamos dos benefícios de uma fachada ativa.

O espaço tem uso residencial, comercial, de serviços e lazer. O interessante é que a fachada ativa serve como uma espécie de atalho para os pedestres que querem acessar as ruas paralelas à Avenida Paulista. Além disso, os estabelecimentos ali presentes facilitam a vida de quem frequenta a região e valoriza a experiência de morar no Conjunto Nacional.

Fachada ativa no Conjunto Nacional, em São Paulo (foto: Blog da Liga)

Fachada ativa no Conjunto Nacional, em São Paulo (foto: Blog da Liga)

Copan (São Paulo)

O icônico prédio de Oscar Niemeyer, inaugurado em 1966, tem uma fachada ativa que faz sucesso na região. Ele tem 72 espaços comerciais que se dividem entre lojas, hamburguerias, restaurantes, cafés, bares, entre outros. O Bar da Onça (foto), localizado na fachada ativa, é um dos estabelecimentos mais famosos do Copan. Trata-se de um local que atrai moradores, a população da cidade e até mesmo turistas. Sem dúvida, é uma fachada ativa que tem muitas histórias para contar.

Fachada ativa: barzinhos no térreo do Copan são exemplos de uso misto das edificações (Imagem: A Vida no Centro/Reprodução)

Fachada ativa: barzinhos no térreo do Copan são exemplos de uso misto das edificações (Imagem: A Vida no Centro/Reprodução)

Gostou de conhecer esses exemplos de fachada ativa? Então, compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Comentários

comentários em "O Que é Fachada Ativa? Confira Suas Vantagens + Como Criar do Jeito Certo"