1. Home
  2. Revista
  3. Relato de Projeto
  4. Apê com Referências Étnicas se Torna o Lar Perfeito para Mãe e Filha

Apê com Referências Étnicas se Torna o Lar Perfeito para Mãe e Filha

A arquiteta Lucilla Mesquita assumiu a responsabilidade de transformar um apartamento de 68m² em um verdadeiro lar para mãe e filha. E o resultado não poderia ser melhor. Afinal, o conceito que norteou todo o projeto foram as referências étnicas, principalmente japonesas.

E aí, curioso (a) para conhecer de perto todas as mudanças realizadas neste imóvel localizado no bairro Morumbi, em São Paulo. Então, atente-se aos próximos tópicos e se inspire neste lindo projeto que levou 120 dias para ser finalizado!

A madeira clara foi muito usada na decoração mediante as vastas referências de design japonês. Foto: Gisele Rampazzo
1. A madeira clara foi muito usada na decoração mediante as vastas referências de design japonês. Foto: Gisele Rampazzo

Hall de entrada e áreas sociais

Começando pela entrada do apartamento, ao passar pela porta de madeira, temos um pequeno hall com objetos decorativos e parede que faz divisa com a cozinha.

Próximo a porta de entrada é possível encontrar objetos afetivos. Foto: Gisele Rampazzo
2. Próximo a porta de entrada é possível encontrar objetos afetivos. Foto: Gisele Rampazzo

O primeiro ambiente que compreende a área social do imóvel, em formato retangular, integra os ambientes da cozinha, sala de estar, sala de jantar e varanda.

O painel ripado colorido alongou o pé-direito da sala e criou uma textura incrível. Foto: Gisele Rampazzo
3. O painel ripado colorido alongou o pé-direito da sala e criou uma textura incrível. Foto: Gisele Rampazzo
O biombo ripado funciona como divisória de ambientes. Foto: Gisele Rampazzo
4. O biombo ripado funciona como divisória de ambientes. Foto: Gisele Rampazzo

Como a reforma não realizou a alteração do piso de porcelanato bege, original do apartamento, a solução encontrada foi abusar da cor azul para rodear toda a área social ao qual deu um efeito de rodapé alto. Dessa forma, a transição do piso para as paredes se deu pela pintura colorida.

Logo, de antemão nossos olhos se deparam com o revestimento da parede dividido em duas cores e texturas: madeira clara e tom azul. Essa brincadeira por sua vez trouxe um toque descontraído ao imóvel e alongou o pé direito da sala.

O tamanho da mesa de jantar e das cadeiras respeita o altura da pintura azul na parede. Foto: Gisele Rampazzo
5. O tamanho da mesa de jantar e das cadeiras respeita o altura da pintura azul na parede. Foto: Gisele Rampazzo

Revestimento preto e móveis em madeira se misturam no décor da cozinha

Sabendo que a cliente gosta muito de preto, a arquiteta priorizou o uso da cor na cozinha e no sofá, de forma que o projeto não ficasse muito pesado.

A bancada para cozinha foi feita em São Gabriel, um granito nacional, com ótima resistência e pouca absorção. Para o revestimento da parede, optou-se por fixar pastilhas pretas foscas e brilhantes. Os armários com acabamento em madeira entram em ação e trazem o equilíbrio necessário para o décor. Já o ripado de madeira camufla parcialmente o ambiente mencionado.

O tapete rosa amplo da cozinha traz um toque de cor no cômodo. Foto: Gisele Rampazzo
6. O tapete rosa amplo da cozinha traz um toque de cor no cômodo. Foto: Gisele Rampazzo

Apesar do layout da lavanderia ter se mantido original, a arquiteta instalou uma porta de vidro de correr para separar ambientes, bem como, fixou um armário multiuso com prateleiras para auxiliar na organização de itens de limpeza.

A bancada da cozinha em tom preto traz sofisticação para o décor. Foto: Gisele Rampazzo
7. A bancada da cozinha em tom preto traz sofisticação para o décor. Foto: Gisele Rampazzo

O corredor trouxe soluções de acesso para outros ambientes

No projeto do corredor, a arquiteta fez um trabalho de forração de madeira ao qual se conecta diretamente com o painel ripado instalado. O jogo de portas do corredor por sua vez trouxe a solução de acesso para os ambientes de banheiro, quarto, closet e quarto com suíte.

Vale comentar que a porta do fundo do corredor dá acesso direto ao closet, ou seja, mãe e filha podem acessar o closet sem passar pela suíte. Contudo, no closet foi estruturada uma porta de correr que dá acesso à suíte e banheiro.

O painel ripado é dividido em duas cores: madeira clara e azul. Foto: Gisele Rampazzo
8. O painel ripado é dividido em duas cores: madeira clara e azul. Foto: Gisele Rampazzo

Banheiros com decoração clean e aconchegante

Nos dois banheiros do apartamento o branco foi escolhido para os móveis. No entanto, o que diferencia um ambiente do outro são os revestimentos escolhidos. No banheiro também usado como lavabo, o revestimento de parede se dividiu entre pintura azul e revestimento de tijolinho branco em meia-parede.

Revestimento de tijolinho branco foi fixado em meia parede. Foto: Gisele Rampazzo
9. Revestimento de tijolinho branco foi fixado em meia parede. Foto: Gisele Rampazzo

Já no banheiro master da suíte o revestimento de parede escolhido foi o porcelanato “tipo” madeira. O espelho adnet e a prateleira para banheiro branca completa a decoração do espaço.

O revestimento de parede com acabamento que simula a madeira traz aconchego para a decoração. Foto: Gisele Rampazzo
10. O revestimento de parede com acabamento que simula a madeira traz aconchego para a decoração. Foto: Gisele Rampazzo
Gabinete de banheiro branco e espelho adnet complementam o décor. Foto: Gisele Rampazzo
11. Gabinete de banheiro branco e espelho adnet complementam o décor. Foto: Gisele Rampazzo

Varanda e cantinho zen conectados

Ao passar pela porta de correr tripla as moradoras e demais visitantes tem acesso a varanda que sutilmente foi dividida em dois ambientes. De um lado temos uma área gourmet moderna decorada com móveis vermelhos e ladrilhos hidráulicos.

A porta tripla de correr dá acesso a varanda. Foto: Gisele Rampazzo
12. A porta tripla de correr dá acesso a varanda. Foto: Gisele Rampazzo

Enquanto do outro lado da varanda foi criado um cantinho zen aconchegante e convidativo para a prática de meditação e yoga. Os móveis feitos sob medida trazem conforto e somam ainda mais assentos no apartamento.

O cantinho Zen criado na varanda favorece a prática de meditação. Foto: Gisele Rampazzo
13. O cantinho Zen criado na varanda favorece a prática de meditação. Foto: Gisele Rampazzo

Nathalia Inson

Nathalia Baldini Inson é formada em engenharia ambiental e redatora do Viva Decora. Apaixonada por livros, música e plantas, descobriu no meio digital uma forma de impactar mais pessoas por meio dos seus posts sobre decoração, arquitetura, culinária, artesanato, jardinagem e reciclagem.

Confira também:

A madeira demarca visualmente a sala de estar e quando ela acaba inicia a cozinha. Foto: Mariana Boro

Praticidade, Amplitude e Aconchego Marcam o Décor Deste Apê

Casa de 500 m² Ganha Décor Funcional e Toques de Dourado

Projeto Contemporâneo Transforma Cobertura Triplex de 160 m²

Cobertura se Torna o Lar Perfeito Para Receber Bem Amigos e Familiares

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz