1. Home
  2. Revista
  3. Artesanato e DIY
  4. Caixotes de Feira Viram Mesa de Centro e Estante

Caixotes de Feira Viram Mesa de Centro e Estante

A designer Daniela Ziegler, do Rio Grande do Sul, é uma profissional que pensa fora da caixa. Ou melhor, fora da caixa e focada nos caixotes! Formada em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria (RS), trabalhou por anos na área de design gráfico até, após uma temporada de cursos na Europa, decidir ampliar seu leque de trabalhos e também explorar o design de produtos. Da mudança, começou a nascer uma linha de mobiliário incomum, que trouxe para dentro de casa as caixas plásticas de feira.

Criada pela designer Daniela Ziegler, esta estante é da Linha Goiaba e pode ter vários tamanhos, conforme o gosto e a necessidade do morador, que pode empilhar caixotes de plástico de feira uns sobre os outros para ganhar mais espaço.

Criada pela designer Daniela Ziegler, esta estante é da Linha Goiaba e pode ter vários tamanhos, conforme o gosto e a necessidade do morador, que pode empilhar caixotes plásticos de feira uns sobre os outros para ganhar mais nichos e, consequentemente, espaço.

Atenta ao ambiente que a rodeia, criou a linha Goiaba mobília original, móveis feitos de madeira e caixotes plásticos de feira. Tal qual o material de que são produzidos, os mobiliários foram batizados com o nome de uma fruta bem característica das Américas, a goiaba.

Da feira para a sua casa

Já imaginou ter em sua sala de estar uma mesa com a base de madeira de reflorestamento e partes superiores de caixas de feira ou mesmo com caixote de madeira? Essa é a ideia! A designer já criou duas mesas de centro e uma estante de caixas empilháveis. O bacana é que os móveis podem ser personalizados de acordo com a necessidade e o gosto do morador. Por exemplo, uma das mesas de centro tem base para três caixotes, mas, caso o morador deseje, pode empilhar outros caixotes nesses inferiores para ganhar mais nichos organizadores.

O morador pode empilhar diversas caixotes, uns sobre os outros, caso queira.

O morador pode empilhar diversas caixotes, uns sobre os outros, caso queira.

“Gosto da ideia dos caixotes estarem em ambientes que teoricamente não são os deles, de causar um pouco de estranhamento e até repulsa. O objetivo é justamente esse, sair do padrão”, confessa a profissional, que ressignificou a função dos caixotes e criou móveis onde o estranhamento visual convive com o sustentável.

O móvel pode ser usado tanto em casas quanto em espaços comerciais e o mais interessante de seu conceito é aliar a sustentabilidade ao estranhamento causado ao tirar o caixote de seu "habitat" característico.

O móvel pode ser usado tanto em casas quanto em espaços comerciais.

Agora, o objetivo da designer é ampliar a linha de móveis além de conquistar um fabricante que a coloque no mercado. Com isso, seria possível encontrar essas peças em lojas de departamento e levar para a sua casa. E aí, você teria interesse em ter em sua residência esses móveis sustentáveis e com esse conceito inovador?

o mais interessante de seu conceito é aliar a sustentabilidade ao estranhamento causado ao tirar o caixote de seu "habitat" característico.

Um dos pontos mais interessantes do conceito deste móvel é aliar a sustentabilidade ao estranhamento causado ao tirar o caixote de seu “habitat” característico.

Ana do Viva Decora

Conteúdo exclusivo da Viva Decora. Você, profissional de interiores ou de paisagismo, que gostaria de escrever para a Viva Decora, envie um e-mail para bianca.alvarenga@vivadecora.com.br

Confira também:

Sala de estar decorada com mesa de carretel

Mesa de Carretel: Decore de Forma Criativa e Econômica

Ideias de cabeceira para fazer

Faça Você Mesmo: 13 Ideias de Cabeceira Para Fazer e Gastar Pouco

Puxa saco de tecido com estampas coloridas. Fonte: Mercado Livre

Puxa Saco de Tecido: Como Fazer + 40 Modelos Para se Inspirar

Composição de quadro de fotos no quarto

Quadro de Fotos: +65 Inspirações para Decorar sua Casa com Estilo

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz