1. Home
  2. Revista
  3. Flores e Plantas
  4. Planta Japonesa: 11 Espécies Para Você Conhecer e Cultivar

Planta Japonesa: 11 Espécies Para Você Conhecer e Cultivar

Cultivar diferentes tipos de planta japonesa pode trazer uma nova energia para o seu jardim. Isso porque no Japão existe uma relação muito forte das pessoas com a natureza e cada planta cultivada carrega um significado espiritual. Por isso, se você deseja trazer uma nova perspectiva para o seu jardim a dica é apostar no cultivo dessas plantas milenares.

Neste post, você vai conhecer 11 tipos de plantas japonesas e suas respectivas características para plantar no cachepot. Confira e cultive-as no seu jardim!

A planta lanterna japonesa e um arbusto que pode alcançar de 2 a 3 metros de altura. Fonte: Planta Sonya
1. A planta lanterna japonesa e um arbusto que pode alcançar de 2 a 3 metros de altura. Fonte: Planta Sonya

Conheça Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Veja Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Conheça 11 tipos de plantas japonesas e se surpreenda com as espécies

Para você que é apaixonado pela cultura e costumes orientais fique sabendo que a flora japonesa é muito rica e oferece uma ampla variedade de plantas e flores exóticas com grandes significados. Dentre as inúmeras opções existentes na natureza, separamos abaixo 11 tipos de plantas japonesas para que você possa conhecer de perto.

1. Azaleia Japonesa

A azaleia japonesa é um tipo de planta japonesa e se trata de um pequeno arbusto. Suas folhas verdes são ovais e suas flores têm formatos bem peculiares e podem ser encontradas nos mais variados tons como vermelho, laranja, branca, lilás, magenta e cor de rosa, considerada uma das tonalidades mais comuns.

No solo, a azaleia japonesa pode atingir 1 a 2 metros de altura, agora quando cultivada em vasos a planta pode atingir um pouco mais de 50 cm de altura. Esse tipo de planta japonesa se desenvolve bem em solos não calcários e bem drenados, em locais protegidos de ventos frios ou secos. As regas devem ser regulares, principalmente se a azaleia estiver em vasos ou floreira de madeira, pois o substrato seca mais rapidamente e a planta possui poucas reservas de água.

Planta japonesa: a azaleia japonesa quando cultivada no solo do jardim pode atingir 1 a 2 metros de altura. Fonte: Portal Vida Livre
2. Planta japonesa: a azaleia japonesa quando cultivada no solo do jardim pode atingir 1 a 2 metros de altura. Fonte: Portal Vida Livre

Conheça Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Veja Opções de Compra no Viva Decora Shop:

2. Planta lanterna japonesa

Pertence à família Malvaceae, a planta lanterna japonesa também é um tipo de planta japonesa. Formada por ramos longos e reclinados, esse tipo de planta japonesa se desenvolve muito bem quando cultivada como trepadeira em pergolados de concreto, madeira, bambu, bem como, quando fixada próximo de treliças, arcos, caramanchões, cercas ou grades.

Essa planta japonesa apresenta crescimento rápido e pode alcançar de 2 a 3 metros de altura. Suas flores solitárias são formadas por pétalas amarelas e cálice vermelho que simulam o formato de uma lanterna ou sino. A planta é tolerante ao frio e de desenvolve bem quando plantada em pleno sol ou a meia sombra.

Planta japonesa: a planta lanterna japonesa se desenvolve muito bem quando cultivada como trepadeira. Fonte: Mundo Ecologia
3. Planta japonesa: a planta lanterna japonesa se desenvolve muito bem quando cultivada como trepadeira. Fonte: Mundo Ecologia

Conheça Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Veja Opções de Compra no Viva Decora Shop:

3. Planta japonesa sakura

A planta japonesa sakura, também chamada de cerejeira-japonesa, é uma árvore símbolo do Japão. Anualmente, sua floração atrai milhares de pessoas aos parques e praças. O que encanta principalmente na planta japonesa sakura é a variedade de tons que a árvore adquire com o passar de cada estação. 

Primeiro as folhas surgem bronzeadas, depois assumem tons de verde e mudam para o amarelo ou vermelho durante o outono, até cair. No inverno a árvore fica totalmente “pelada” até que muitas flores desabrocham no começo da primavera.

A planta japonesa sakura é uma árvore símbolo do Japão. Fonte:Jardim Exótico
4. A planta japonesa sakura é uma árvore símbolo do Japão. Fonte:Jardim Exótico

Conheça Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Veja Opções de Compra no Viva Decora Shop:

4. Bambu do japão

Nativo da Ásia (Japão e Coreia) o bambu japonês é uma planta japonesa que atinge uma altura de até 5 metros. Suas folhas são de cor verde em formato de lança, já suas flores são delicadas e pequenas em tom verde. Vale mencionar, que a floração desse tipo de planta japonesa raramente acontece.

O bambu japonês gosta de clima úmido e bastante luz solar, porém o local deve ser protegido de ventos fortes. Quando cultivado em vasos de plantas é preciso manter o recipiente próximo de janelas e portas para receber luz natural.

Planta japonesa: o bambu japonês gosta de clima úmido e bastante luz solar. Fonte: Qual Viagem
5. Planta japonesa: o bambu japonês gosta de clima úmido e bastante luz solar. Fonte: Qual Viagem

Conheça Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Veja Opções de Compra no Viva Decora Shop:

Viva Decora Shop

5. Bonsai planta japonesa

Em se tratando de mini planta japonesa o bonsai não poderia ficar de fora, não é mesmo? Para quem não sabe, o bonsai é uma arte de origem japonesa e consiste em uma técnica de cultivo de miniaturizar plantas, sem que elas percam suas características originais. Diferentes flores e frutos como jabuticaba e amora podem ser cultivadas em forma de bonsai.

Mini planta japonesa: o bonsai planta japonesa consiste em uma técnica de cultivo de miniaturizar plantas. Fonte: Cacadores de Lendas
6. Mini planta japonesa: o bonsai planta japonesa consiste em uma técnica de cultivo de miniaturizar plantas. Fonte: Caçadores de Lendas

6. Caméllia japônica

Nativa da Ásia (Japão), seu nome foi inspirado no nome do romance de Alexandre Dumas, A dama das camélias. Com mais de 300 espécies na natureza, a camélia torna-se uma excelente opção para decoração do jardim e floreiras. Suas flores apresentam cores que variam entre vermelhas, rosas brancas ou bicolores.

Quando cultivada em solo no jardim e dependendo das condições de substrato e clima, esse tipo de planta japonesa pode alcançar até 6 metros de altura.

Caméllia Japônica: esse tipo de planta japonesa pode alcançar até 6 metros de altura. Fonte: Flora 10
7. Caméllia Japônica: esse tipo de planta japonesa pode alcançar até 6 metros de altura. Fonte: Flora 10

7. Flor de lótus

Originária do Japão, Filipinas, Índia e Austrália, a flor de lótus, também conhecida como lótus-egípcio, lótus-sagrado ou lótus-da-índia, se trata de uma planta aquática que floresce sobre a água. Esse tipo de planta japonesa apresenta inúmeros significados como pureza, graciosidade, elegância e perfeição. Na natureza, as flores da flor de lótus podem ser encontradas em várias cores como amarelo, branca, púrpura, laranja, rosa, vermelha e azul.

Vale destacar uma curiosidade, durante a noite as pétalas da flor de lótus se fecham e a flor submerge.

Planta japonesa: a flor de lótus é uma planta aquática que floresce sobre a água. Fonte: Jornal da Franca
8. Planta japonesa: a flor de lótus é uma planta aquática que floresce sobre a água. Fonte: Jornal da Franca

8. Hakonechloa

A Hakonechloa, também conhecida como capim japonês ou capim Hakone, se trata de uma erva ornamental nativa dos maciços florestais do Japão. Essa planta japonesa ao se desenvolver de forma saudável pode atingir até 50 cm de altura. Embora a planta japonesa seja muito resistente, é recomendado cultivar a espécie em locais de meia sombra.

Planta japonesa: a Hakonechloa se trata de uma erva ornamental. Fonte: Notícias de Jardim
9. Planta japonesa: a Hakonechloa se trata de uma erva ornamental. Fonte: Notícias de Jardim

9. Hortênsias ajisai

Nativa do Japão e da China, as hortênsias ajisai podem chegar a uma altura de 1 a 2,5 metros. Suas folhas são grandes e brilhantes e a cor de suas flores podem variar entre tons de rosa, roxo, azul, lilás e branco. A variação de tonalidade das flores se dá a partir do nível de pH do solo em que é plantada. 

No Japão existe inclusive um templo dedicado às hortênsias, chamado Ajisaidera. No local é possível encontrar mais de quarenta variedades dessa hortênsia com tamanhos, formatos e cores distintas.

Plantas japonesas: as flores das hortênsias ajisai podem variar entre tons de rosa, roxo, azul, lilás e branco. Fonte: Japão em Foco
10. Plantas japonesas: as flores das hortênsias ajisai podem variar entre tons de rosa, roxo, azul, lilás e branco. Fonte: Japão em Foco

10. Matsu

O Matsu, também conhecido como pinheiro japonês, é uma das árvores mais apreciadas no Japão, tanto que é muito raro você frequentar um jardim japonês e não se deparar com essa planta japonesa. O nome Matsu significa “esperando por um deus”. Seus galhos são mais retorcidos e se destacam em meio a paisagem. 

Planta japonesa: o Matsu é também conhecido como pinheiro japonês. Fonte: Matsu Nagão
11. Planta japonesa: o Matsu é também conhecido como pinheiro japonês. Fonte: Matsu Nagão

11. Sugi

No Japão, a palavra Sugi que significa “tronco reto” é direcionada às árvores de cedro. Essas árvores são facilmente encontradas em templos budistas e outras construções arquitetônicas nipônicas. Essa planta japonesa quando cultivada em solo adequado e com muito espaço a espécie pode alcançar até 9 metros de altura.

Planta japonesa: no Japão as árvore de cedro são chamadas de Sugi. Fonte: Sygic Travel
12. Planta japonesa: no Japão as árvore de cedro são chamadas de Sugi. Fonte: Sygic Travel

Como cuidar de plantas japonesas?

Cada planta japonesa mencionada no decorrer desse post merece cuidados especiais de cultivo, manutenção e poda. Por isso, é válido pesquisar separadamente cada espécie descrita de forma a entender melhor quais necessidade devem ser supridas para que a planta se desenvolva de forma saudável.

O Bonsai, por exemplo, é uma técnica de cultivo milenar que necessita de cuidados ainda mais específicos para que a planta possa crescer de forma saudável e resistente.

13. Aprenda como cuidar de plantas japonesas. Fonte: Gazeta do Povo

E aí, o que achou desse post sobre diferentes tipos de planta japonesa, gostou? Então, aproveite sua visita em nosso blog e leia agora mesmo o texto “Plantas Carnívoras: 7 Espécies, Tipos de Armadilhas e Dicas de Cultivo” e descubra quais espécies apresentam essas características bem peculiares.

Conheça Viva Decora Shop. As melhores marcas para construir e reformar!

Confira também:

Rosa: Como Cuidar, Significado da Flor e +10 Arranjos Lindos

Vaso Autoirrigável: o Que é, Como Fazer, Vantagens +35 Inspirações

Expoflora 2023: Tudo Sobre a 40ª Edição Histórica +43 Fotos da Mostra

Monstera: Como Cuidar, Tipos e Dicas para Fazer sua Plantar Crescer

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz
Minimag - MySQL version: 8.0.36