Andaime: 7 Tipos Mais Usados e Cuidados Para Se Ter Na Obra

O andaime é uma estrutura montada temporariamente no canteiro de obras que permite que os trabalhadores possam realizar suas atividades com maior facilidade e segurança em locais altos.

Muito usado na construção civil, o andaime pode ser feito de alumínio, ferro ou aço e, para evitar acidentes, tanto sua montagem quanto seu uso devem respeitar as normas vigentes e contar com a presença de profissionais habilitados. Logo, conhecer de perto os diferentes tipos de andaime que existem no mercado é fundamental para que a escolha do equipamento seja feita de forma assertiva. Confira abaixo os 7 modelos de andaime mais usados e os cuidados que se deve ter durante sua montagem e uso na obra!

O que é e para que serve um andaime?

O andaime é uma estrutura montada temporariamente no canteiro de obras que permite que os trabalhadores possam realizar suas atividades com maior facilidade e segurança em locais altos. O andaime pode ser instalado em ambientes internos e externos e auxiliar, por exemplo, nas atividades de demolição, reforma de fachada, fixação de janelas, pintura, limpeza e manutenção residencial e predial.

Muito usado na construção civil, o andaime pode ser feito de alumínio, ferro ou aço e, para evitar acidentes, tanto sua montagem quanto seu uso devem respeitar as normas vigentes e contar com a presença de profissionais habilitados. As orientações quanto ao dimensionamento, uso e montagem estão presentes tanto na NR 18 como na NBR 6494 – Segurança nos Andaimes.

Qual NR fala sobre andaimes?

A norma regulamentadora que fala sobre andaime é a NR 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.
O andaime permite que os trabalhadores possam realizar suas atividades com maior facilidade e segurança em locais altos.

1. O andaime permite que os trabalhadores possam realizar suas atividades com maior facilidade e segurança em locais altos. Fonte: Pixabay

Qual o valor de um aluguel de andaimes?

A locação de andaimes é uma prática muito comum, visto que se trata de um equipamento de uso temporário nas obras. O aluguel de andaimes varia de acordo com o modelo escolhido. Para se ter uma ideia, a locação de andaimes tubulares, por exemplo, pode chegar a R$ 300,00 por sete dias.

Veja também: O Que é Escada Enclausurada? Tudo Que Você Precisa Saber!

A locação de andaimes e uma prática muito comum na construção civil

2. A locação de andaimes e uma prática muito comum na construção civil. Fonte: Pixabay

Quais são os tipos de andaime que existem?

Conhecer e escolher o andaime apropriado, com base nas características do terreno e nas necessidades do trabalho a ser desenvolvido no canteiro de obras é fundamental para evitar acidentes de trabalho. Confira os 7 tipos de andaime que existem no mercado e descubra qual o modelo ideal de andaime para a atividade na sua obra.

1. Andaime fachadeiro

O andaime fachadeiro é formado por torres modulares que formam paginações variadas que cobrem pequenas e grandes fachadas. Essas torres modulares contam com a presença de quadros horizontais e verticais, pisos metálicos, alçapão, diagonais e travessas. Esse modelo de andaime possui menor dimensão que o andaime tubular e é indicado para locais mais estreitos.

O andaime fachadeiro é um dos modelos de andaime mais usados na construção civil e sua estrutura auxilia os trabalhadores durante a realização de atividades de manutenção, reforma, construção, fixação de revestimento e pintura de fachadas.

Veja também: Pilar de Concreto: O Que É, Tipos, Como Dimensionar e Usar no Projeto

Andaime fachadeiro indicado para serviços de manutenção, reforma e pintura de fachadas

3. Andaime fachadeiro: indicado para serviços de manutenção, reforma e pintura de fachadas. Fonte: Andaimes Urbe

2. Andaimes Móveis

Os andaimes móveis apresentam estruturas metálicas e estão apoiados sobre rodas, que permitem a sua mobilidade dentro do canteiro de obras. O andaime de ferro móvel é indicado principalmente durante a realização de atividades de manutenção, fixação de revestimento e pintura de fachadas. E lembre-se: nunca movimente esse modelo de andaime de ferro com a presença de pessoas ou ferramentas em sua estrutura.

Andaimes moveis: são modelos de andaimes que são apoiados sobre rodas, que facilitam em sua mobilidade

4. Andaimes moveis: são modelos de andaimes que são apoiados sobre rodas, que facilitam em sua mobilidade. Fonte: Blog da RR

3. Andaime tubular 

O andaime tubular, também conhecido como andaime simplesmente apoiado, são andaimes que têm a sua estrutura apoiada de forma simples e independente daquilo que está para ser construído. Existem os modelos de andaime tubular ou andaime simplesmente apoiado leves cuja estrutura é usada por pintores e carpinteiros e, os modelos de andaime tubular ou andaime simplesmente apoiado pesados destinados ao uso de pedreiros, já que conseguem suportar cargas mais pesadas.

Vale lembrar que o andaime tubular ou andaime simplesmente apoiado, quando montado nas fachadas das edificações, deve ser externamente revestido por tela, de modo a impedir a projeção e queda de trabalhadores e materiais.

O andaime tubular também é conhecido como andaime simplesmente apoiado

5. O andaime tubular também é conhecido como andaime simplesmente apoiado. Fonte: Vertical Locação de Máquinas e Equipamentos Para Construção

4. Andaime tubo roll 

O andaime tubo roll é formado por meio da união de tubos metálicos com braçadeiras. Essa configuração de montagem do andaime permite que o mesmo crie formas geometrias específicas de acordo com o local a ser utilizado. Fabricados em aço inox ou aço-carbono, o andaime tubo roll possui mais durabilidade e sua montagem dispensa o uso de ferramentas específicas. Esse modelo de andaime é indicado para diferentes tipos de obras que vão de fixação de revestimento e pintura à manutenção e limpeza de fachadas.

Andaime tubular: modelo de andaime que forma torres que podem ser apoiadas sobre bases fixas ou rodas

6. Andaime tubo roll: modelo de andaime que forma torres que podem ser apoiadas sobre bases fixas ou rodas. Fonte: Andasa

5. Andaime suspenso (ou balancim)

O andaime suspenso, popularmente conhecido como balancim, se trata de uma cadeira anatômica presa por cabos de aço e movimentada por meio de guinchos manuais ou elétricos (motorizados). O andaime suspensa é largamente utilizado na construção civil, mas também pode ser usado na limpeza, manutenção e pintura de fachadas de prédios e casas.

Vale ainda comentar que o andaime suspenso auxilia também nas atividades realizadas em locais fechados e com pouco espaço, como limpeza e manutenção de silos, poços e chaminés.

O andaime suspenso é popularmente conhecido como balancim

7. O andaime suspenso é popularmente conhecido como balancim. Fonte: Guia do Construtor

6. Andaime multidirecional

O andaime multidirecional é formado por poucas peças de encaixes diretos e precisos, com cunhas e rosetas, que permitem a criação de formatos e paginações variadas. As peças do andaime são encaixadas por pressão e permitem diversas angulações. Não é à toa que esse tipo de andaime é indicado para locais mais complexos com muitas interferências como escadas, passarelas, tanques industriais e fachadas.

Veja também: O Que é Escada em Leque? Veja Quando Usar, Vantagens +21 Modelos

O andaime multidirecional é indicado para locais mais complexos com muitas interferências

8. O andaime multidirecional é indicado para locais mais complexos com muitas interferências. Fonte: AB5 Indústria e Comércio Ltda

7. Andaime industrial

O andaime industrial apresenta sistema de travas em X ao qual proporciona aos trabalhadores maior segurança durante a realização das atividades.

O andaime industrial apresenta sistema de travas em X

9. O andaime industrial apresenta sistema de travas em X. Fonte: Reframax Engenharia

Como montar corretamente um andaime?

A montagem correta do andaime é fundamental para garantir a segurança dos trabalhadores. Por isso, essa atividade exige que o projeto e a instalação dessas plataformas sejam realizadas e acompanhadas por um profissional habilitado, ao qual está ciente das normas que devem ser seguidas com base na NR 18 e na NBR 6.494. Confira abaixo alguns fatores que devem ser levados em consideração na hora de realizar a montagem do andaime.

Profissional qualificado para montagem

É fundamental a presença de um profissional durante a montagem e a desmontagem das plataformas de andaime. Além disso, é solicitado o treinamento de NR35 trabalho em altura para quem for montar e utilizar a plataforma acima de 2 metros.

Avalie a condição do terreno

Fique atento quanto ao tipo de solo do terreno do canteiro de obras. O terreno precisa ser preparado para receber a estrutura do andaime, por isso é fundamental que o solo esteja reto e compacto, de maneira a aguentar o peso do andaime, dos trabalhadores e das ferramentas que serão utilizados no local. Além disso, o piso de trabalho dos andaimes deve ter forração completa, ser antiderrapante, nivelado e fixado ou
travado de modo seguro e resistente.

Verifique a qualidade das estruturas do andaime

É fundamental realizar a verificação na qualidade das estruturas do andaime para que os trabalhadores possam realizar suas atividades com segurança. Dessa forma, além de fazer uma inspeção visual e tátil dos componentes que forma sua estrutura, durante a montagem deve-se analisar o prumo e o alinhamento das plataformas. Segundo a NR 18, os fabricantes dos andaimes devem ser identificados e fornecer instruções técnicas por meio de manuais que contenham, dentre outras informações: especificação de materiais, dimensões e posições de ancoragens e estroncamentos, bem como, detalhes dos procedimentos sequenciais para as operações de montagem e desmontagem.

Forneça e fiscalize o uso de EPIs nos canteiros de obras

Os EPIs (equipamentos de proteção individual) são obrigatórios para todos os profissionais que trabalham montando e desmontando os andaimes e os que executarão as atividades. Por isso, é essencial que você forneça esses EPIs(capacete, luvas, botas, óculos, protetores auriculares, uso do cinturão de segurança com duplo talabarte…) e fiscalize se os funcionários estão fazendo uso correto deles.

Veja também: Topografia: Tudo Que Você Precisa Saber Para Ter Uma Obra Sem Imprevistos

Avalie a qualidade das estruturas do andaime para que os trabalhadores possam realizar suas atividades com segurança.

10. Avalie a qualidade das estruturas do andaime para que os trabalhadores possam realizar suas atividades com segurança. Fonte Pixabay

Quais os riscos na montagem de andaime?

Além da montagem incorreta, o mau estado do andaime também pode resultar em consequenciais graves para a saúde e segurança dos trabalhadores da obra. Dentre elas, podemos destacar:

  • Desabamento do andaime;
  • Desabamento ou queda de materiais de construção (ferramentas, cabos, componentes do andaime, etc);
  • Choque elétrico;
  • Entalamento ou esmagamento dos trabalhadores;
  • Queda dos trabalhadores.
A instalação do andaime deve ser feito em local apropriado terreno reto e compacto

11. A instalação do andaime deve ser feito em local apropriado terreno reto e compacto. Fonte: Pixabay

E aí, gostou desse post sobre diferentes tipos de andaime? Sim? ! Então, aproveite sua visita em nosso blog e leia agora mesmo o texto “EPIs e a Segurança no Trabalho: Como Evitar Acidentes no Canteiro de Obras” e entenda como é possível garantir a segurança dos trabalhadores no canteiro de obras e como aumentar a conscientização sobre a importância dos EPIs.

Comentários

comentários em "Andaime: 7 Tipos Mais Usados e Cuidados Para Se Ter Na Obra"