Arquitetura corporativa: veja mais sobre a área que veio reestruturar os tradicionais escritórios

arquitetura-corporativa-escritorio-branco

arquitetura corporativa: escritório branco

A arquitetura corporativa é uma área de atuação para profissionais de arquitetura e design de interiores que estuda de forma minuciosa as maneiras de se organizar e compor ambientes profissionais de forma prática e inspiradora para funcionários, proporcionando maior bem-estar e produtividade.

Arquitetos e designers de interiores que desejam atuar neste segmento devem ter em mente que além do lado estético e de aproveitamento do espaço, ambientes corporativos bem desenhados e planejados podem ter grande influência na produtividade e no rendimento dos funcionários.

Além disso, em alguns casos, a interação com o público também deve ser levada em conta, levando a uma melhor interação com os funcionários da empresa, um atendimento de qualidade e, consequentemente, à satisfação dos clientes.

Portanto, um profissional que se especializar em arquitetura corporativa e que consiga não apenas aumentar a produtividade dos funcionários, como também proporcionar mais satisfação aos clientes, terá grandes chances de se destacar nesse mercado.

Nesta postagem, você vai ver algumas dicas de como proporcionar esses benefícios às empresas, além de alguns exemplos de projetos corporativos de sucesso.

Pensando em montar seu negócio ou mudar o foco de seu escritório de arquitetura ou design de interiores? Confira estas postagens de nosso blog:

Benefícios da arquitetura corporativa para empresas

arquitetura-corporativa-escritorio-lego

arquitetura corporativa: escritório lego

O profissional que trabalha com arquitetura corporativa deve primeiramente demonstrar ao seu cliente que a organização estratégica do ambiente de trabalho é uma fator importante para o empreendimento.

Um projeto de arquitetura corporativa bem-sucedido deve mostrar que os custos de sua realização serão compensados pelos resultados alcançados ao se trabalhar em um ambiente mais produtivo e, além disso, econômico.

A utilização de materiais que ofereçam o melhor custo benefício não apenas no valor de aquisição, mas também na facilidade de manutenção, o aproveitamento da luz ambiente, o uso de tecnologias inteligentes para economia de energia, climatização adequada e para a otimização do fluxo de pessoas e veículos, assim como do uso de elevadores e escadas rolantes, podem trazer reduções significativas de custos.

Confira algumas dicas sobre sustentabilidade na arquitetura: Veja 7 dicas incríveis para promover a arquitetura sustentável e decolar nesse novo nicho de mercado

Avaliação e planejamentos de acordo com o espaço

 

arquitetura-corporativa-escritorio-justgiving

arquitetura corporativa: escritório justgiving

A arquitetura corporativa avalia diversos fatores para começar a pensar em como aplicar projetos eficientes e sustentáveis nos diferentes ambientes de uma empresa. Um dos principais desafios é adequar o tamanho do espaço disponível ao o número de pessoas que trabalham no local.

Nestas considerações, deve-se levar em conta que existe uma população fixa de usuários, aqueles que efetivamente trabalham no local, e outra flutuante, composta por visitantes como entregadores, fornecedores, clientes, autoridades e outros indivíduos que frequentam o local durante a jornada de trabalho dos funcionários.

arquitetura-corporativa-escritorio-foodco

arquitetura corporativa: escritório foodco

Esta relação entre espaço e fluxo de pessoas vai determinar diversos aspectos do projeto, como a disposição dos ambientes, a largura de corredores, a amplitude das áreas de distribuição e a quantidade dos móveis e as funcionalidades que devem atender para proporcionar um melhor uso dos espaço corporativo.

Saiba mais sobre a escolha de mobiliário em ambientes corporativos: As maiores tendências para acertar na escolha dos móveis para escritório de arquitetura

A influência das cores nos ambientes corporativos

 

arquitetura-corporativa-escritorio-favor

arquitetura corporativa: escritório favor

As cores utilizadas em um projeto são elementos muito importantes na arquitetura corporativa e fazem toda a diferença. O foco deve estar não só na combinação de cores, mas também na identidade visual que a empresa já possui.

É fundamental estudar quais são as cores do logo ou do produto principal da marca ou empresa e se existem outros elementos cromáticos que remetem àquela companhia. Estas são características que devem ser muito bem avaliadas na hora de definir a paleta de cores a ser usada na decoração de ambientes corporativos.

arquitetura-corporativa-escritorio-favor-cores

arquitetura corporativa: escritório favor cores

Após fazer uma análise de tudo que diz respeito às cores, outros elementos e a identidade visual da empresa, é importante pensar em como essa combinação de cores pode influenciar no estado de espírito, na motivação e concentração dos funcionários.

O amarelo, por exemplo, é associado à intelectualidade e ao pensamento claro e há psicólogos que dizem que esta cor ajuda as pessoas a memorizarem dados, o azul claro pode sugerir otimismo e assim por diante.

Entenda bem a importância das cores na arquitetura e crie um ambiente de trabalho agradável e produtivo para os funcionários.

Criatividade

 

arquitetura-corporativa-escritorio-outbrain

arquitetura corporativa: escritório outbrain

Ao reunir todos esses elementos, o maior diferencial da arquitetura corporativa é a criatividade. Afinal, ambientes corporativos não precisam ser necessariamente sóbrios. É possível projetar ambientes adequados para o trabalho sem que necessariamente sejam monótonos e neutros.

Buscar um espaço dinâmico e bem iluminado, com móveis que sejam ergonômicos e tragam uma boa acessibilidade é uma das principais funções do projetista da arquitetura corporativa, além de unir tudo isso a uma estética agradável.

Alguns exemplos de arquitetura corporativa de sucesso

 

arquitetura-corporativa-escritorio-google-dublin

arquitetura corporativa: escritório google dublin

Na arquitetura corporativa existe espaço para ousar! Por isso, podem servir de inspiração escritórios como os do Google, por exemplo, que são conhecidos no mundo todo por fugir completamente do modelo arquitetônico tradicional de locais de trabalho.

Veja aqui 25 escritórios do Google ao redor do mundo.

Os projetos do Google buscam na inovação de suas instalações um grande ponto de apoio para a gestão de seus funcionários e para agradar os visitantes.

arquitetura-corporativa-escritorio-google-budapeste

arquitetura corporativa: escritório google budapeste

Em muitas de suas sedes é possível encontrar cafeterias, salas de jogos, quadras de esportes, locais para apresentações de música e performances, entre outros elementos pouco tradicionais em escritórios.

Percebe-se que o convencional não tem mais tanto espaço no mundo corporativo moderno. É preciso inovar sempre para uma melhorar a performance, por isso, a funcionalidade de espaços também entrou como elemento de inspiração para os profissionais.

Existem alguns outros bons exemplos de projetos bem-sucedidos na organização de espaços corporativos, como o Edifício TEOEMP, a Sede da OLX e o CO.W Coworking Space.

arquitetura-corporativa-co-w-coworking-sp

arquitetura corporativa: co.w. coworking sp

Um arquiteto famoso por seus projetos de arquitetura corporativa é Normam Foster, com edifícios como o 30 St Mary Axe e o HSBC Hong Kong. Conheça mais sobre a carreira de Foster: Norman Foster, o arquiteto high-tech.