Madeira de Reflorestamento: Tudo Que Você Precisa Saber Sobre o Material!

A madeira de reflorestamento é obtida por meio de árvores que são plantadas já com a função de serem extraídas posteriormente. Ou seja: ela não é criada a partir de árvores nativas, e sim de espécies escolhidas especificamente para reflorestar determinada região.

Trata-se de uma das matérias-primas essenciais da construção civil, por isso é importante que a madeira de reflorestamento seja extraída e comercializada de acordo com as normas vigentes para preservação do meio ambiente.

O clima no Brasil favorece o crescimento das árvores e apresenta um bom clima para o reflorestamento, mas, infelizmente, o desmatamento continua crescendo a cada ano.

Cabe ao arquiteto certificar-se que seus fornecedores utilizam madeira de reflorestamento na fabricação de móveis, revestimentos e outros tipos de materiais. Quer aprender mais sobre o assunto?

No post de hoje, vamos detalhar o que é madeira de reflorestamento e como comprar o material certificado. Acompanhe!

O que é madeira de reflorestamento?

A madeira de reflorestamento é obtida por meio de árvores que são plantadas já com a função de serem extraídas posteriormente. Ou seja: ela não é criada a partir de árvores nativas, e sim de espécies escolhidas especificamente para reflorestar determinada região.

O que é madeira de reflorestamento: toras na floresta (foto: Potencial Florestal)

O que é madeira de reflorestamento: toras na floresta (foto: Potencial Florestal)

Trata-se de um material resistente, bonito e de muita qualidade. A madeira de reflorestamento pode ser usada em estruturas, pisos, móveis, entre várias outras finalidades.

Além de contribuir com a beleza e durabilidade do seu projeto, o uso da madeira de reflorestamento também colabora com a preservação do meio ambiente.

Veja também: Encante-se com as 5 espécies de madeira de lei mais incríveis!

Quais são os tipos de reflorestamento?

Existem dois tipos de reflorestamento: com foco em fins comerciais (florestas plantadas) e com foco em fins ecológicos (mata nativa).

No primeiro caso, o plantio é feito para obter madeira de reflorestamento voltada à produção de móveis, objetos de decoração, revestimentos, portas, janelas, papel, entre outros produtos que utilizam essa matéria-prima.

Já o reflorestamento com fins ecológicos é feito com o objetivo de devolver a vegetação nativa para um determinado lugar.

Qual é a importância da madeira de reflorestamento?

A extração de madeira nativa é um processo que deve ser combatido, já que retira árvores surgidas naturalmente na floresta e deixa o local vazio. Por esse motivo, o reflorestamento é uma prática necessária, pois permite obter madeira de forma sustentável.

Além de contribuir com a preservação do meio ambiente, já que evita o desmatamento das árvores nativas, o reflorestamento também recupera solos inutilizados.

Outro benefício gerado pela madeira de reflorestamento é a diminuição do gás carbônico (que causa o efeito estufa).

Madeira de reflorestamento: floresta (foto: Potencial Florestal)

Madeira de reflorestamento: floresta (foto: Potencial Florestal)

Agora, uma curiosidade: você sabia que a extração da madeira reflorestada causa menos impacto ambiental do que a produção de ferro e alumínio? Sendo assim, vemos que o problema não é o uso da madeira para a construção civil, e sim o desmatamento que só favorece as madereiras que trabalham ilegalmente.

Quando extraída de forma responsável, a madeira de reflorestamento é um recurso rico, resistente e com menor custo ambiental. Por esse motivo, é obrigação do profissional que trabalha com construção ou reforma procurar sempre materiais certificados para garantir a renovação da madeira em nosso país.

Veja também: O que são Pisos Ecológicos? Conheça 7 Tipos e Vantagens de Usar no Projeto

Madeira reflorestada: Quais são as espécies mais usadas no Brasil?

Quando falamos de madeira de reflorestamento no Brasil, as espécies mais utilizadas são:

  • eucalipto
  • pinus
  • aroeira
  • macaúba
  • itaúba
  • champanhe
  • peroba
  • ipê
  • teca
  • garapeira
  • maçaranduba
  • sucupira

O crescimento dessas espécies é mais rápido se compararmos às árvores nativas. Em relação à durabilidade e resistência contra cupins (e outras pragas), a madeira reflorestada recebe um tratamento industrial que prolonga o tempo de vida do material.

Dependendo da espécie da madeira de reflorestamento e da manutenção correta, uma peça pode durar até 30 anos. Sendo assim, essa opção é bastante vantajosa e traz inúmeros benefícios tanto para o meio ambiente quanto para os consumidores finais.

Madeira de reflorestamento ajuda a preservação ambiental (foto: Instituto Agro)

Madeira de reflorestamento ajuda na preservação ambiental (foto: Instituto Agro)

E como escolher o tipo certo de madeira de reflorestamento para seu projeto? Cada espécie tem uma característica específica que é ideal para uma finalidade.

Madeira de reflorestamento: deck de madeira (foto: Macal Madeiras)

Madeira de reflorestamento: deck de madeira (foto: Macal Madeiras)

Por exemplo: quando o objetivo é criar decks, pilares ou outras estruturas em ambientes externos, é necessário que o material seja mais denso e duradouro. Diante desse contexto, as madeiras de reflorestamento mais indicadas são a champanhe, peroba, ipê e teca.

Já as madeiras de reflorestamento pinus e eucalipto são ótimas opções para a fabricação de móveis ou assoalho de madeira. Uma curiosidade é que o eucalipto é a árvore de reflorestamento mais plantada do Brasil devido a sua velocidade de crescimento.

Mesa de madeira de reflorestamento (foto: Westwing)

Mesa de madeira de reflorestamento (foto: Westwing)

Madeira de reflorestamento: mesa e cadeiras com peroba-rosa (foto: Revista Habitare)

Madeira de reflorestamento: mesa e cadeiras com peroba-rosa (foto: Revista Habitare)

Madeira de reflorestamento pinus: assoalho de pinus (foto: Doce Obra)

Madeira de reflorestamento pinus: assoalho (foto: Doce Obra)

Madeira de reflorestamento: estante de Pinus tratado (foto: Lanna Gabrielly Souza Torres)

Madeira de reflorestamento: estante de Pinus tratado (foto: Lanna Gabrielly Souza Torres)

Veja também: Ecogranito – Veja Como Aplicar o Revestimento Sustentável em Seu Projeto

Como saber quando a madeira é reflorestada?

Na hora de buscar fornecedores, é importante informar-se se a madeira que eles utilizam é de origem legal. Essa é uma forma de criar um projeto sustentável e garantir que o seu trabalho foi feito de acordo com as normas regulamentadoras do Brasil.

Existem algumas maneiras seguras de saber se a madeira na construção ou reforma é de reflorestamento. A mais comum é verificar se o material tem o selo FSC (Forest Stewardship Council, em inglês). Caso contrário, pode-se solicitar para o comerciante o Documento de Origem Florestal (DOF) ou a Guia Florestal (GF) – uma espécie de RG da madeira.

Madeira de reflorestamento: selo FSC (Forest Stewardship Council) - (foto: Móveis de Valor)

Madeira de reflorestamento: selo FSC (Forest Stewardship Council) – (foto: Móveis de Valor)

Trata-se de um documento que permite saber o histórico de venda da madeira reflorestada e até de qual floresta ela foi retirada.

Outra forma de obter essa informação é perguntando se a madeira tem a Certificação do Manejo Florestal pelo Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor).

Se você mora em São Paulo, também pode buscar os materiais que tenham o selo de “Madeira Legal”. Ele é emitido pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado e garante que a madeira foi vistoriada e verificada.

Independentemente da certificação, é muito importante solicitar a Nota Fiscal sempre que você comprar uma madeira reflorestada.

Madeira de reflorestamento é essencial pedir nota fiscal (foto: Capital Social Contabilidade e Gestão)

Madeira de reflorestamento é essencial pedir nota fiscal (foto: Capital Social Contabilidade e Gestão)

Veja mais 5 ideias lindas com madeira de reflorestamento

Madeira de reflorestamento em centro de mesa (foto: Juliana Pippi)

Madeira de reflorestamento em centro de mesa (foto: Juliana Pippi)

Madeira de reflorestamento em móveis para área externa (foto: Tria Arquitetura)

Madeira de reflorestamento em móveis para área externa (foto: Tria Arquitetura)

Madeira de reflorestamento mesa redonda com banquetas (foto: Luiza Altman)

Madeira de reflorestamento mesa redonda com banquetas (foto: Luiza Altman)

Madeira de reflorestamento: porta revistas (foto: Luiza Altman)

Madeira de reflorestamento: porta revistas (foto: Luiza Altman)

Madeira de reflorestamento tratada em mesa de centro (foto: Bender Arquitetura)

Madeira de reflorestamento tratada em mesa de centro (foto: Bender Arquitetura)

Qual a sua opinião sobre a madeira de reflorestamento? Compartilhe com a gente nos comentários!