Programa de Necessidades: Veja Como Fazer do Jeito Certo!

Programa de necessidades é um documento com todos os ambientes, metragens e requisitos para a criação de um projeto de arquitetura. Ele é feito a partir das informações passadas pelo cliente e tem como objetivo registrar quais são as necessidades específicas de cada projeto.

Essa etapa do projeto de arquitetura exige bastante observação e sensibilidade do arquiteto. Muitas vezes, o próprio cliente tem dúvidas do que incluir em sua obra, por isso é importante identificar quais são suas necessidades para fazer as melhores sugestões.

Pensando nisso, preparamos um post especial mostrando com detalhes o que é um programa de necessidades e como criar um programa de necessidades residencial. Acompanhe!

O que é programa de necessidades?

Programa de necessidades é um documento com todos os ambientes, metragens e requisitos para a criação de um projeto de arquitetura. Ele é feito a partir das informações passadas pelo cliente e tem como objetivo registrar quais são as necessidades específicas de cada projeto.

Programa de necessidades de um projeto arquitetônico (foto: Docsity)

Programa de necessidades de um projeto arquitetônico (foto: Docsity)

Vale lembrar que o programa de necessidades muda de acordo com o tipo de projeto. Por exemplo, as informações de um programa de necessidades residencial são diferentes de um comercial.

Agora que você já sabe o que é um programa de necessidades, confira com mais detalhes sua importância.

Qual a importância do programa de necessidades?

O programa de necessidades na arquitetura é o pontapé inicial de um projeto. A partir dessa coleta de informações, é possível iniciar o anteprojeto com sugestões que vão ao encontro do estilo de vida do cliente e do orçamento disponível.

Trata-se de uma etapa decisiva para o andamento da obra. O arquiteto precisa captar todas as exigências do cliente e oferecer soluções que atendam aos gostos pessoais sem comprometer o orçamento.

Programa de necessidades: casal sonhando com a casa nova (foto: Inov Empreendimentos)

Programa de necessidades: casal sonhando com a casa nova (foto: Inov Empreendimentos)

Um programa de necessidades bem feito facilita o encaminhamento do projeto e ajuda a garantir um resultado satisfatório. Em contrapartida, caso o programa de necessidades seja feito de forma incompleta, há o risco de terminar a obra com um cliente insatisfeito e frustrado.

Para evitar essa situação, é importante criar um questionário completo para ter uma visão geral do que o cliente precisa. Veja agora como montar um programa de necessidades residencial.

Como montar um programa de necessidades residencial? Veja o que incluir no briefing

Quando falamos sobre como montar um programa de necessidades, cada profissional tem seu método para identificar o que o cliente precisa. De modo geral, existem algumas informações básicas que não podem ficar de fora do seu briefing. Confira quais são elas:

Orçamento

Essa é uma das informações mais importantes para dar andamento ao seu programa de necessidades. Com o orçamento em mãos, o arquiteto pode ser transparente com o cliente e indicar o que pode ser feito (ou não).

Prazos

Saber os prazos do cliente é outra informação indispensável para criar um programa de necessidades adequado.

Dados sobre o terreno

Caso a construção da casa seja feita do zero, essas informações são essenciais para o programa de necessidades. O profissional deve visitar o terreno pessoalmente e fazer registros do clima, da vegetação, da topografia, do entorno, de dimensões, entre outros.

Programa de necessidades: terreno em declive (foto: Escritório de Arquitetura 8HAUS)

Programa de necessidades: terreno em declive (foto: Escritório de Arquitetura 8HAUS)

Quais ambientes serão trabalhados

Outro passo fundamental do programa de necessidades é identificar quais serão os ambientes trabalhados. Eles são registrados em uma planilha com informações de metragem e indicações do que será incluso em cada um.

Quantas pessoas moram na casa

Outra informação essencial para um programa de necessidades é a quantidade de pessoas que moram na casa e qual é a frequência que o morador recebe visitas. Dessa forma, é possível organizar o espaço para que ele fique confortável e acolhedor, independentemente da quantidade de usuários.

Faixa etária das pessoas

O ambiente será usado apenas por adultos ou também por crianças e/ou idosos? Cada grupo tem necessidades específicas que também devem ser atendidas.

Programa de necessidades: projeto para idosos

Programa de necessidades: projeto para idosos

Atividades do dia a dia dos moradores

Essa é uma das informações mais importantes em um programa de necessidades residencial. De acordo com a rotina do morador, é possível planejar um espaço sob medida com as melhores escolhas de marcenaria, revestimentos e eletrodomésticos.

Quer um exemplo? Imagine a seguinte situação: o cliente é solteiro e trabalha o dia inteiro no escritório. Nos fins de semana, ele costuma viajar ou sair com os amigos. Diante desse contexto, ele quase não cozinha em casa, já que prefere a praticidade do delivery.

Nesse caso, seria interessante incluir no programa de necessidades um fogão de 4 bocas e uma sala de jantar? Provavelmente não, pois seu uso seria quase inexistente. Essa parte do orçamento poderia ser realocada para outros elementos da reforma, como a marcenaria ou revestimentos.

Móveis e revestimentos que devem ser mantidos

É comum que os clientes queiram manter algumas características do ambiente, seja pela questão financeira ou valor sentimental. O programa de necessidades deve registrar esse desejo para evitar mudanças não aprovadas durante a obra.

O que precisa ser alterado

Aqui fica registrado tudo o que o cliente quer mudar no ambiente, seja referente à marcenaria, revestimentos, iluminação, decoração, entre outros pontos.

Quais são os hobbies do cliente

Incluir os hobbies do cliente no programa de necessidades ajuda a trazer ideias para a decoração. Por exemplo, se o morador pratica algum esporte, é possível usar elementos decorativos que remetem à ele.

Programa de necessidades: sala de estar com bicicleta na decoração (foto: Brasil Storage)

Programa de necessidades: sala de estar com bicicleta na decoração (foto: Brasil Storage)

Qual a cor favorita do cliente

Nem sempre a cor favorita do cliente é favorável à decoração do ambiente, não é mesmo? Por isso, é importante saber quais são as tonalidades favoritas para criar uma paleta de cores harmoniosa e, ao mesmo tempo, com a cara do cliente.

O que é Programa de Necessidades? (foto: iStock)

O que é Programa de Necessidades? (foto: iStock)

Com essas informações em mãos você finalmente consegue fazer uma tabela que contenha os nomes dos ambientes, dimensões, áreas e anotações, separados também por categorias para facilitar a leitura.

É comum que ele seja criado em formato de planilha, mas cada profissional pode adaptar o formato. O importante é que ela consiga sintetizar todas informações obtidas e que seja de fácil compreensão.

Gostou de aprender mais sobre o programa de necessidades? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!