Projeto de Iluminação: Veja 6 Dicas Essenciais + Inspirações Modernas

Um projeto de iluminação, ou projeto luminotécnico, tem como objetivo usar a iluminação artificial para valorizar a arquitetura do espaço e identificar quais são as melhores soluções de acordo com a necessidade do cliente.

Todo ambiente pode ser valorizado com uma boa iluminação, não é mesmo? Essa etapa do projeto de arquitetura exige que o profissional conheça os melhores tipos de iluminação, cálculos, plantas, lâmpadas, entre outros elementos.

Para te ajudar a criar um projeto de iluminação de cair o queixo, no post de hoje trouxemos 6 dicas essenciais e inspirações que vão estimular sua criatividade. Acompanhe!

O que é um projeto de iluminação?

Um projeto de iluminação, ou projeto luminotécnico, tem como objetivo usar a iluminação artificial para valorizar a arquitetura do espaço e identificar quais são as melhores soluções de acordo com a necessidade do cliente.

Esse trabalho pode ser feito por arquitetos, designers de interiores ou por um lighting designer, que é o profissional especializado em projeto de iluminação.

Projeto de iluminação: sala de estar com sanca com LED (foto: Iara Kilaris)

1. Projeto de iluminação: sala de estar com sanca e LED (foto: Iara Kilaris)

Qual é a importância de um bom projeto de iluminação?

Já entrou em um ambiente muito escuro ou iluminado demais? Em ambos os casos, a sensação de desconforto está presente. Diante desse contexto, um projeto de iluminação tem um papel fundamental na concepção de um ambiente comercial ou residencial.

A escolha da lâmpada, temperatura de cor, tipo de iluminação e intensidade da luz são fatores que influenciam diretamente a percepção que temos de um ambiente. Um projeto de iluminação deve levar em conta como o espaço vai ser utilizado para proporcionar beleza e funcionalidade.

Uma sala pequena, por exemplo, pode ficar mais aconchegante com uma luz quente e luminárias bem posicionadas. Já em um ambiente comercial, como uma loja de roupa, a iluminação fria pode ajudar o cliente a visualizar melhor os detalhes das peças.

Projeto de iluminação com trilhos: iluminação direta em quadros decorativos (foto: Bruno Sgrillo Arquitetura)

2. Projeto de iluminação com trilhos: iluminação direta em quadros decorativos (foto: Bruno Sgrillo Arquitetura)

Quais são as vantagens de um projeto de iluminação?

  • gera economia de energia
  • valoriza a decoração do ambiente
  • traz funcionalidade
  • cria um clima agradável
  • proporciona relaxamento
  • aumenta ou diminui a percepção do espaço (de acordo com a necessidade)

Agora que você já sabe a importância dessa etapa do projeto, veja como fazer um projeto de iluminação residencial.

Como fazer um projeto de iluminação residencial?

Entender a finalidade de cada ambiente é uma das principais etapas de um projeto de iluminação residencial. Dessa forma, é possível criar um espaço bonito e, ao mesmo tempo, funcional.

A iluminação da cozinha é bem diferente da iluminação do quarto, por exemplo. Para calcular a intensidade adequada de luz em cada ambiente, é necessário fazer o cálculo luminotécnico.

Quando falamos sobre como fazer um projeto de iluminação residencial, vale destacar que o ideal é criá-lo no momento da construção do imóvel devido à flexibilidade de mudanças (caso seja necessário).

Em imóveis prontos ou antigos, mudar a instalação elétrica e os pontos de iluminação é mais trabalhoso. Quem trabalha com projeto de iluminação sabe que esse cenário é o mais comum.

Em relação à planta do projeto de iluminação, ela deve conter as especificações elétricas que indiquem o posicionamento das lâmpadas, luminárias e outros pontos elétricos.

Projeto de iluminação na planta (foto: Blog Decor Watts)

Projeto de iluminação na planta (foto: Blog Decor Watts)

Abaixo, temos um exemplo de planta de forro. Ela serve para indicar tudo que deve ser incluído no forro de um ambiente como sancas, tabicas, instalações embutidas, pontos de iluminação, cortineiro de gesso, entre outros elementos.

Projeto de iluminação: planta de forro (foto: indagacao.com.br)

Projeto de iluminação: planta de forro (foto: indagacao.com.br)

6 dicas para criar um projeto de iluminação impecável

  1. Combine luz natural com luz artificial
  2. Escolha luminárias com tamanhos proporcionais
  3. Harmonize a paleta de cores do ambiente com as luminárias
  4. Use lâmpadas de LED, fluorescentes e halógenas para economizar energia
  5. Conte com dimmers (dispositivos que variam a intensidade da corrente, alterando a intensidade da luz)
  6. identifique pontos que precisam de mais iluminação

Projeto de iluminação residencial: confira dicas para cada ambiente

 

Cozinha

A iluminação de cozinha traz segurança para o manuseio de alimentos e utensílios. É necessário iluminar bem a bancada e outras superfícies onde são preparadas as refeições. Nesse caso, a iluminação direta é a melhor opção.

Vale destacar que um projeto de iluminação de cozinha também deve priorizar a luz fria, que traz mais precisão ao manipular os utensílios.

Projeto de iluminação com trilhos em mesa de jantar (foto: Maria Laura Coelho)

3. Projeto de iluminação com trilhos em mesa de jantar (foto: Maria Laura Coelho)

Sala de Estar

Para projeto de iluminação de sala de estar, o indicado é utilizar uma luz difusa que espalha e suaviza a intensidade por todo o ambiente. Trata-se de uma iluminação mais confortável, ideal para locais de maior permanência.

A luz quente também é indicada nesse tipo de projeto de iluminação, pois torna o espaço mais acolhedor e agradável.

Projeto de iluminação com trilhos em sala de estar com parede de cimento queimado (foto: Henrique Yokoyama Ortis)

4. Projeto de iluminação com trilhos em sala de estar com parede de cimento queimado (foto: Henrique Yokoyama Ortis)

Sala de Jantar

A iluminação de sala de jantar precisa ser aconchegante e confortável para proporcionar refeições agradáveis. O indicado para esse tipo de projeto de iluminação é o uso de uma luminária no centro da mesa.

Para acertar na escolha da peça, fique atento ao estilo de decoração do ambiente e o tipo de mesa. Luminárias no estilo pendente, por exemplo, são mais indicadas para mesas retangulares ou quadradas. Já os lustres ficam ótimos com qualquer tipo de mesa.

Projeto de iluminação: sala de jantar com pendentes metálicos (foto: KZ arquitetura e interiores)

5. Projeto de iluminação: sala de jantar com pendentes metálicos (foto: KZ arquitetura e interiores)

Banheiro

Esse ambiente pede um clima mais relaxante e intimista, por isso a iluminação difusa é uma opção interessante. O projeto de iluminação de banheiro também precisa dar destaque para a bancada e o espelho, já que o cliente precisa de um local bem iluminado para fazer os cuidados pessoais.

Projeto de iluminação: banheiro com spots (foto: Lucia Stuhlberger Wjuniski)

6. Projeto de iluminação: banheiro com spots (foto: Lucia Stuhlberger Wjuniski)

Quarto

A luz quente (ou amarela) é a mais indicada para o projeto de iluminação de quarto, pois transmite a sensação de conforto e acolhimento. Uma dica é aplicar a iluminação LED em prateleiras para trazer charme à decoração. O uso de abajures, spots e plafons também é muito bem-vindo.

Projeto de iluminação de quarto de casal com abajur e cortineiro com LED (foto: SQ+ Arquitetos Associados)

7. Projeto de iluminação de quarto de casal com abajur e cortineiro com LED (foto: SQ+ Arquitetos Associados)

Gostou de aprender mais sobre projeto de iluminação? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Comentários

comentários em "Projeto de Iluminação: Veja 6 Dicas Essenciais + Inspirações Modernas"