MDP ou MDF? Veja qual tipo de madeira não estraga os móveis

A madeira é um dos materiais mais queridos quando falamos de decoração e revestimento de interiores.

Ela começou a ser utilizada em grande escala a partir do século XVIII, com a revolução industrial.

Mas com a produção lenta e a matéria prima escassa, foi necessário adaptar a sua fabricação. Foi aí que surgiram as madeiras de chapa reconstituída, que conhecemos popularmente como MDP e MDF.

Além de ajudar na preservação do meio ambiente, esses materiais têm um custo mais acessível e uma variedade de cores e acabamentos.

Na hora de criar um projeto de design de interiores, sempre surge a dúvida sobre qual material é melhor: MDP ou MDF?

Neste post, vamos explicar qual é a composição de cada material, suas diferenças e como fazer a melhor escolha. Acompanhe!

Leia mais sobre projetos com madeira:

O que é MDF?

 

MDP ou MDF: placa de madeira MDF

MDP ou MDF: placa de madeira MDF

O termo MDF é a sigla de Medium Density Fiberboard, em português, placa de fibra de média densidade. Esse material é resultado da mistura da fibra da madeira com resinas sintéticas.

Ele costuma ser utilizado em artesanato, decoração, construção civil e fabricação de móveis – seu principal uso no Brasil.

MDP ou MDF: artesanato com MDF

MDP ou MDF: artesanato com MDF

MDP ou MDF: móveis de MDF

MDP ou MDF: móveis de MDF

O MDF é comercializado de duas formas: ao natural e com revestimentos.

É comum encontrar no mercado móveis de MDF de diversas cores.

Nesse caso, o painel de madeira foi revestido com BP, um material tratado com tecnologias específicas para dar mais resistência ao objeto.

O que é MDP?

 

MDP ou MDF: placa de madeira MDP

MDP ou MDF: placa de madeira MDP

O termo MDP é a sigla de Medium Density Particleboard, em português, painel de partículas de baixa densidade.

Trata-se de um painel formado por três camadas de partículas de madeira, uma grossa no miolo e duas finas na superfície.

Assim como o MDF, o material é criado a partir de uma alta temperatura e pressão.

Devido a sua alta resistência, ele é utilizado na parte estrutural de móveis, como portas, gavetas, prateleiras, além de ser útil também para painéis tamburatos (conhecidos popularmente como painéis de TV).

MDP ou MDF: painel de TV de MDP

MDP ou MDF: painel de TV de MDP

Muitas pessoas confundem o MDP com o compensado.

A verdade é que o MDP é uma evolução desse material, que foi o primeiro painel de madeira industrializado.

Apesar da sua fama ser negativa, existem vários tipos de compensado que podem atender perfeitamente às necessidades de móveis ou revestimentos de madeira.

Qual é a diferença entre MDP e MDF?

 

A principal diferença entre o MDP e o MDF está na sua estrutura interna.

Por conta da sua composição, o MDF é um material mais maleável, que permite a manipulação sem o estrago do material. Por esse motivo ele costuma ser utilizado em artesanato e na fabricação de móveis com acabamentos mais elaborados, como curvas e contornos.

Já o MDP, devido às 3 camadas internas, tem uma maior resistência estrutural. Ou seja, ele não oferece tanta maleabilidade e funciona melhor em superfícies planas, como portas, prateleiras, painéis, fundos de gaveta, entre outras.

MDP ou MDF: afinal, qual é o melhor?

 

Para responder essa pergunta, é necessário analisar caso a caso, começando pelo local onde o móvel será utilizado.

Vamos começar falando sobre o uso dos materiais em ambientes abertos e úmidos. Na teoria, nenhum dos dois é indicado para essa situação, pois ambos absorvem umidade.

Mas o MDP apresenta uma vantagem. Por ser composto de partículas de madeira e ser menos denso, o material tem espaço vazio entre as fibras.

Dessa forma, quando ele absorve a umidade essas partículas incham primeiro, o que faz com que a espessura do material demore a aumentar.

Já o MDF, quando passa pela mesma situação, incha mais facilmente. Isso acontece porque ele é composto de uma camada maciça de fibra de madeira, que em contato com a umidade apresenta uma expansão mais rápida.

Vale destacar que existe alguns tipos de painel de madeira que têm mais resistência à umidade, mas que apresentam o custo mais elevado.

Outro ponto a ser considerado é o peso que será colocado sobre o objeto. Os painéis de madeira MDP costumam suportar uma carga maior. Por isso eles são indicados para gavetas, prateleiras e painéis que precisam suportar itens mais pesados.

MDP ou MDF: prateleira de MDP

MDP ou MDF: prateleira de MDP

Outro fator que define qual é a melhor escolha entre MDP ou MDF é em relação à pintura do material.

O MDP apresenta uma melhor absorção de tinta, o que é uma vantagem na hora de fazer um acabamento final diferenciado.

Sua superfície permite que o resultado fique mais homogêneo e sem irregularidades.

Por exemplo: caso a pessoa queria fazer uma pintura laca, que dá uma aparência mais bonita e sofisticada ao objeto, o MDP torna-se mais vantajoso.

MDP ou MDF: pintura laca

MDP ou MDF: pintura laca

Já se o objetivo é fazer uma pintura mais simples, o MDF é indicado. O fato de absorver menos tinta faz com que haja uma economia de material no acabamento.

Em relação à durabilidade do MDP ou MDF, os dois são bem semelhantes. O que vai diferenciar, nesse caso, é o cuidado com o objeto e uso correto de acordo com as suas limitações.

Diante dessa realidade, afinal, qual é o melhor: MDP ou MDF?

Como você pôde perceber, não existe uma particularidade que defina qual é o melhor material. Para fazer a escolha certa é necessário analisar o contexto da situação.

Os problemas de um móvel podem ser evitados se houver um cuidado e planejamento na sua compra.

Por isso, antes de comprá-lo, é importante analisar se existe alguma expectativa de mudança nos próximos anos, seja na pintura ou no local onde ele será utilizado.

Também fique atento em relação a quantidade de objetos que serão colocados sob ele, para que a carga não seja superior a sua limitação.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!