Por que a calçada de pedra portuguesa está com os dias contados? Entenda!

A pedra portuguesa é um revestimento utilizado em áreas internas e externas como fachadas, muros, banheiros e outros ambientes. Ela também está presente nos centros históricos de várias cidades brasileiras.

A pedra portuguesa se destaca pela versatilidade que permite criar lindos desenhos em mosaico nas calçadas.

Mas devido a modernização dos centros urbanos, as calçadas de pedra portuguesa estão com os dias contados. Quer descobrir o porquê?

No post de hoje, vamos responder essa pergunta e contar a história da pedra portuguesa. Confira!

O que é Pedra Portuguesa?

Pedra portuguesa é uma pedra em formato irregular que tem origem no calcário e basalto. Ela é usada no revestimento de calçadas, jardins, escadas e paredes e tem fácil manutenção. Como o próprio nome sugere, a pedra portuguesa teve origem em Portugal.

O basalto presente nas Pedras Portuguesas, também conhecido como “pedra-ferro”, é uma rocha de granulação fina, de cor acinzentada escura, que pertence ao grupo das rochas ígneas.

Pedra portuguesa branca e marrom

Pedra portuguesa branca e marrom

Trata-se de umas das rochas mais abundantes na terra, e por isso é usada na construção civil há séculos.

As cores tradicionais das pedras portuguesas são o preto e o branco, mas também é possível encontrar outras tonalidades como o castanho, vermelho, azul cinza e amarelo.

Quando usar Pedra Portuguesa em um projeto?

 

Área externa

Projetos de jardim sempre apostam em elementos naturais para compor o espaço e um dos mais utilizados são as pedras portuguesas.

Como elas têm vários formatos e tamanhos, é possível criar uma infinidade de desenhos que se adaptam a todos os estilos de paisagismo.

As pedras portuguesas ajudam a delimitar os espaços, montar caminhos, reduzir o gramado, entre outras utilidades.

No exemplo abaixo, as pedras portuguesas foram usadas para compor o caminho da entrada. Os tons neutros trazem acolhimento e leveza para quem chega na casa.

Pedra portuguesa: caminho com tons neutros traz acolhimento e leveza

Pedra portuguesa: caminho com tons neutros traz acolhimento e leveza

Nesses outros belos exemplos, a pedra portuguesa branca foi o revestimento escolhido para a entrada da casa.

Pedra Portuguesa de tom neutro deixa entrada marcante e charmosa

Pedra portuguesa de tom neutro deixa entrada marcante e charmosa

Pedra Portuguesa branca na entrada da casa (foto: História de Casa)

Pedra portuguesa branca na entrada da casa (foto: História de Casa)

Veja também: Confira 9 tipos de iluminação de jardim e crie uma área externa surpreendente!

Área interna

A pedra portuguesa também é usada nos revestimentos internos, principalmente no banheiro e sala de estar.

O material traz um efeito incrível, ideal para quem quer uma decoração rústica e, ao mesmo tempo, charmosa.

As cores escolhidas costumam ser o branco ou preto.

No exemplo abaixo, o banheiro de decoração simples ganhou um charme com o revestimento de pedras portuguesas pretas e brancas.

Uma das principais vantagens da pedra portuguesa em banheiro é que o material é antiderrapante, o que evita escorregões e quedas.

Pedra Portuguesa: banheiro com piso de pedras portuguesas pretas e brancas (projeto: Cristina Reyes)

Pedra portuguesa: banheiro com piso de pedras portuguesas pretas e brancas (projeto: Cristina Reyes)

Nesse outro exemplo, a mistura da pedra portuguesa, móvel de madeira e plantas criou um clima de natureza no ambiente.

Pedra Portuguesa branca na sala (projeto: Letícia de Nóbrega)

Pedra portuguesa branca na sala (projeto: Letícia de Nóbrega)

Veja outros exemplos de pedras portuguesas em área interna:

Pedra Portuguesa: Varanda Gourmet com revestimento de pedra portuguesa (projeto: Liliana Zenaro)

Pedra portuguesa: Varanda Gourmet com revestimento de pedra portuguesa (projeto: Liliana Zenaro)

Pedra Portuguesa na lareira e plantas na decoração (projeto: Rodrigo Becker Arquiteto)

Pedra portuguesa na lareira e plantas na decoração (projeto: Rodrigo Becker Arquiteto)

Pedra Portuguesa fica perfeita em sala com decoração rústica (projeto: Rê Matheus Estúdio)

Pedra portuguesa fica perfeita em sala com decoração rústica (projeto: Rê Matheus Estúdio)

Pedra Portuguesa combina com escada de madeira e metal (foto: CasaNovah)

Pedra portuguesa combina com escada de madeira e metal (foto: CasaNovah)

Pedra Portuguesa branca na bancada do banheiro (foto: archduo arquitetura)

Pedra portuguesa branca na bancada do banheiro (foto: Archduo Arquitetura)

Muros e Fachadas

Revestimentos naturais são indicados para muros e fachadas pela alta resistência. Diante desse contexto, usar pedra portuguesa é uma opção que une beleza e praticidade.

Sua aplicação é simples, semelhante a de outros tipos de revestimento como o porcelanato e a cerâmica.

Pedra Portuguesa: aplicação em fachada (foto: Minasit)

Pedra portuguesa: aplicação em fachada (foto: Minasit)

Se o cliente quer uma fachada marcante, uma dica é criar mosaicos com desenhos criativos.

Veja alguns exemplos de pedra portuguesa em fachadas e muros:

Pedra Portuguesa: fachada de tom neutro com abertura vertical (foto: studio arquitetônico)

Pedra portuguesa: fachada de tom neutro com abertura vertical (foto: Studio Arquitetônico)

Pedra portuguesa: fachada com pedra portuguesa dá destaque para a entrada

Pedra portuguesa: fachada com pedra portuguesa dá destaque para a entrada

Pedra portuguesa acinzentada na fachada combina com portão branco

Pedra portuguesa acinzentada na fachada combina com portão branco

Veja também: Aprenda a criar fachadas de casas térreas e inspire-se com 15 exemplos!

Qual é o preço da pedra portuguesa?

Quer usar o revestimento no seu projeto?

Então é importante que você saiba que o preço da pedra portuguesa varia de acordo com a cor. No geral, o preço do m² varia entre R$ 35,00 e R$ 50,00.

Quando surgiram as famosas calçadas de Pedra Portuguesa?

É impossível falar sobre esse tipo de revestimento sem destacar as famosas calçadas de Pedra Portuguesa, conhecidas também como petit-pavé.

Elas surgiram em Portugal, em meados do século XIX, mais precisamente em 1842. A mando do Governador de armas da época, presidiários, chamados de “grilhetas” , criaram um desenho simples nas calçadas de Lisboa que lembravam um zig e zag.

Após esse primeiro trabalho, foi solicitado que as pedras também fossem utilizadas em outras cidades, se espalhando rapidamente também nas colônias portuguesas, incluindo o Brasil.

O sucesso foi tanto que foi criado o ofício de mestre calceteiro, que é a pessoa responsável por fazer o assentamento e desenhos com as pedras portuguesas.

Veja belos exemplos de calçada de pedra portuguesa:

Calçada de Pedra Portuguesa em Copacabana inspirada no Largo do Rossio, em Portugal

Calçada de pedra portuguesa em Copacabana inspirada no Largo do Rossio, em Portugal

Pedra Portuguesa: largo do Rossio em Portugal

Pedra portuguesa: largo do Rossio, em Portugal

Calçada de Pedra Portuguesa em Curitiba (foto: Daniel Castellano AGP Agencia de Noticias Gazeta do Povo)

Calçada de pedra portuguesa em Curitiba (foto: Daniel Castellano AGP Agência de Notícias Gazeta do Povo)

Calçada de Pedra Portuguesa com formato circular em Salvador

Calçada de pedra portuguesa com formato circular em Salvador

Calçada de pedra portuguesa com desenho em Lisboa, Portugal (foto: Marialba Gaspar)

Calçada de pedra portuguesa com desenho em Lisboa, Portugal (foto: Marialba Gaspar)

Veja também: Por que o Minhocão ainda existe? Veja 5 curiosidades sobre a polêmica obra

As calçadas portuguesas estão com os dias contados?

A calçada de pedra portuguesa é uma tradição que vem sendo ameaçada nos últimos anos.

Em Portugal, elas correm o risco de desaparecer por falta de profissionais dispostos a conservá-las, os chamados calceteiros.

Outra justificativa dada pelo governo das cidades é que as pedras portuguesas dificultam a locomoção de idosos e deficientes físicos.

Diante dessa realidade, em 2018 foi criada a Associação da Calçada Portuguesa. Seu objetivo é proteger, promover e valorizar as calçadas portuguesas enquanto patrimônio cultural do país.

Calçada de Pedra Portuguesa com desenho geométrico em São Miguel, Portugal

Calçada de pedra portuguesa com desenho geométrico em São Miguel, Portugal

Mas não é só em Portugal que a calçada de pedra portuguesa vem perdendo espaço. No Brasil, grandes cidades também estão removendo o revestimento das ruas.

Um exemplo é a cidade de São Paulo. Em 2017, foi anunciado um projeto que tem como objetivo revitalizar o centro histórico. Entre as mudanças anunciadas, está a substituição das pedras portuguesas por placas de concreto.

O motivo alegado para a troca é que as pedras portuguesas não aguentam mais o fluxo de pessoas e de veículos pesados que passam pela região, o que causa buracos no revestimento.

Além disso, o custo para manutenção é até seis vezes maior do que o do concreto.

Calçada de Pedra Portuguesa no Centro de São Paulo

Calçada de pedra portuguesa no Centro de São Paulo

O projeto causou polêmica, já que a retirada da calçada com pedra portuguesa prejudica o valor histórico da região.

Quem é contra a substituição afirma que a calçada de pedra portuguesa ajuda na permeabilidade do solo, retém menos calor e evita escorregões, já que é antiderrapante.

Defensores da calçada de pedra portuguesa também alegam que a falta de investimento no patrimônio histórico da cidade é o que causa os problemas citados pela Prefeitura.

Sem dúvida, a questão da conservação das calçadas de pedra portuguesa é muito polêmica. E você, o que pensa sobre o assunto? Compartilhe com a gente nos comentários!